quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Prefeito entrega projeto de revisão do PDE à Câmara Municipal de São Paulo

Acompanhei na tarde de hoje (26) o prefeito Fernando Haddad na cerimônia de entrega do projeto de revisão do Plano Diretor Estratégico (PDE) à Câmara Municipal de São Paulo. Em sua fala, Haddad destacou o caráter inovador da proposta - "que incorpora o termo 'estratégico' por pensar a cidade para o futuro".

O prefeito entregou ao presidente da Câmara Municipal, José Américo, a proposta e todas as contribuições da sociedade colhidas por meio de consulta pública à qual foi submetida durante 30 dias na internet. A sessão solene foi prestigiada por grande número de vereadores, vereadoras, urbanistas, movimentos sociais e especialistas no plenário da Câmara.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Moradores pedem ligação da Raimundo Pereira de Magalhães com Marginal do Tietê

PONTE NA RAIMUNDO PEREIRA DE MAGALHÃES (PIRITUBA)

Entidades querem recursos da Operação Água Branca para ponte em Pirituba

Entidades de representantes dos moradores de Pirituba se reúnem nesta quarta-feira (25) com o prefeito Fernando Haddad para reivindicar a alocação de recursos da futura Operação Água Branca para a construção de uma ponte ligando a Avenida Raimundo Pereira de Magalhães aos dois lados da Marginal do Tietê.

Esta é uma luta histórica dessas comunidades para tirar a região do isolamento. No encontro, diversas entidades de moradores de Pirituba e adjacências entregarão ao prefeito um abaixo-assinado com o pedido de construção da ponte.

A reunião acontecerá às 14h do dia 25/9, no 7º andar do edifício Matarazzo, sede da Prefeitura de São Paulo.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Mestrado na PUC- mais uma conquista!

Defendi na manhã desta sexta-feira a minha dissertação de Mestrado em Filosofia do Direito na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo. A pesquisa abordou o universo da democracia na visão do pensador italiano Norberto Bobbio (1909-2004) sob o título "A democracia em Norberto Bobbio".

A banca examinadora foi presidida pelo professor Gabriel Chalita e composta pela professora Márcia Alvim e pelo desembargador Renato Nalini. A banca explorou os principais pontos da dissertação, o processo de construção da democracia ao longo da história, os modelos democráticos, a visão de Bobbio sobre o Estado, as forças intermediárias no processo de "vigilância popular" sobre o Estado e a tese do pensador sobre "O poder público em público", dentre outros.

Agradeço a colaboração de diversas pessoas, colaboradores, amigos, familiares, professores, professoras, colegas e equipe da PUC pelo sucesso do nosso evento nesta sexta. Abaixo, veja um álbum de fotos da defesa da dissertação.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Faixas exclusivas: compromisso cumprido!

O Estadão Online dá conta do cumprimento de um compromisso de campanha do prefeito Fernando Haddad: a implantação de pelo menos 150 km de faixas exclusivas de ônibus em São Paulo. Veja um trecho da matéria abaixo:

DO ESTADÃO ONLINE

SP atinge marca de 150 km de faixas exclusivas na 2ª

Caio do Valle - O Estado de S. Paulo - SÃO PAULO - "A cidade de São Paulo deve alcançar, na semana que vem, a marca de 150 km de faixas exclusivas de ônibus à direita, uma meta de campanha do prefeito Fernando Haddad (PT), informou nesta sexta-feira, 6, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Com a inauguração desse mecanismo em mais sete avenidas das zonas leste, norte e sul, mais 9,9 quilômetros de faixas só para os coletivos começam a funcionar na segunda-feira, 9".

COMENTÁRIO - Até o final de 2013, a cidade deve contar com 230 km de faixas exclusivas para os ônibus, aumentando ainda mais a velocidade do transporte coletivo. Isso atenderá a uma necessidade para diminuir o tempo gasto no transporte e sinaliza uma mudança de rumo nessa área.

COMENTÁRIO 2 - Outro ponto importante é a decisão do governo Haddad de colocar 140 linhas de ônibus para rodar durante a madrugada. E também a criação de uma empresa municipal que cobrirá falta de ônibus toda vez que as concessionárias enfrentarem problemas.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Direitos das pessoas com deficiência em debate em São Paulo

A agenda desta terça-feira (3) com o prefeito Fernando Haddad incluiu um encontro na sede da Prefeitura de São Paulo com diversas entidades de defesa dos direitos da pessoa com deficiência. Participei da reunião ao lado do prefeito e da secretária Marianne Pinotti, da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, e do adjunto do gabinete de SMPD, Tuca Munhoz. A conversa girou em torno do Manifesto Paulista Pelos Direitos da Pessoa Com Deficiência.

Os representantes do setor detalharam as metas e lutas desenvolvidas em São Paulo, de acordo com o referido manifesto, com destaque para cinco reivindicações apresentadas hoje ao prefeito Haddad: o acesso à educação, o protagonismo no Sistema Único de Assistência Social, o acesso ao mundo do trabalho, o acesso à mobilidade urbana e o acesso às tecnologias assistivas.

Participaram da reunião Adelino Ozores (Rede Atitude), Cassio Santos Clemente e Aracélia Lúcia Costa (Apae-SP), Flávio Henrique e Valdeci Candido da Silva (Sindicato dos Metalúrgicos do ABC), Rosemeire Andrade (Nurap), Ademir Ramos da Silva Filho (Fundação Dorina Norwil), Eliana Ormelezi e Lara Siaulys (Laramara), Clovis Alberto Pereira (UNCB), Carlos Ferrari (Avape)e Jose Vicente de Paula (Amigos Pra Valer).

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Respeito à soberania nacional

O ministro-chefe da da Secretaria-Geral, Gilberto Carvalho, afirmou na manhã desta segunda-feira, 2, que o governo está em "situação de emergência" em razão das denúncias de espionagem à presidente Dilma Rousseff e a seus assessores pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. Carvalho foi um dos assessores convocados por Dilma para uma reunião nesta manhã. O encontro não estava previsto na agenda oficial da presidente.

Comentário: o intervencionismo americano parece não conhecer limites. São constantes suas investidas contra a soberania de povos livres. Inventam motivos, e como se fossem guardiões do mundo, se utilizam de tecnologias avançadas para invadir sistemas de comunicação, viola-los e se apropriar de informações sigilosas de outros governos. A soberania, em se tratando de direito internacional, pressupõe relações eqüitativas entre as nações. O Brasil não é a primeira vítima deste golpe! O mundo precisa reagir a esta postura intervencionista do Estado Americano!