sexta-feira, 30 de novembro de 2012

As parciais na OAB-SP

Do UOL Notícias

Apuração provisória indica vitória de candidato da situação na OAB-SP

"O candidato apoiado pela atual direção da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de São Paulo), Marcos da Costa, lidera a disputa pela sucessão na ordem, de acordo com resultados parciais". Leia mais.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Novo modelo para as subprefeituras

Do portal G1

Subprefeituras

Haddad disse que pretende descentralizar o comando das subprefeituras e vai adotar um modelo “sem precedentes”. “Nós nos comprometemos a reverter a política de concentração das subprefeituras. Pretendemos retomar a descentralização das atividades das subprefeituras e seu consequente fortalecimento”, afirmou Haddad. Hoje, a secretaria é coordenada por Ronaldo Camargo, que centraliza todas as decisões. As 31 subprefeituras têm função apenas de zeladoria da cidade.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Haddad anunciará mais nomes do secretariado

Da Folha Online

Haddad escolhe Netinho e Tripoli para o secretariado

"O secretariado do prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), contará com os vereadores reeleitos Netinho de Paula (PC do B) e Roberto Tripoli (PV). Ele estão na lista dos sete nomes que o petista vai anunciar hoje". Leia mais.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Amigos de Torrinha e Iperó na Assembleia de SP

THIAGO, PREFEITO DE TORRINHA, EM ENCONTRO NO GABINETE

Hoje (27) recebi no meu gabinete na Assembleia Legislativa a visita de três amigos do meu mandato no Estado - representantes das cidades de Torrinha e Iperó. Vieram falar sobre seus municípios o prefeito de Torrinha Thiago Rodrigo e os vereadores Guilherme Betti e Sérgio - este último de Iperó.

GUILHERME BETTI É UMA JOVEM LIDERANÇA DE TORRINHA

REPRESENTANTE DO POVO DE IPERÓ, SÉRGIO, NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Longa conversa sobre política e ações para qualificar a vida dos moradores do interior do Estado de São Paulo.

Convite do prefeito eleito

Do Terra Magazine

Haddad nomeará João Antonio como secretário de Relações Governamentais

POR MARINA DIAS

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), nomeará o deputado estadual João Antonio (PT-SP) para a Secretaria Especial de Relações Governamentais. Ex-líder do governo Marta Suplicy (2003-2004), o advogado deve ser indicado para o cargo nesta quarta-feira (28), quando Haddad oficializará outros nomes para o seu secretariado.

Na quarta-feira (28), além de João Antonio, devem ser nomeados na sede do governo de transição, região central da capital paulista, os vereadores Roberto Tripoli (PV) como secretário do Verde e Meio Ambiente; Chico Macena (PT) como secretário das Subprefeituras, e Eliseu Gabriel (PSB) como secretário da fusão das secretarias do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho com a do Microempreendedor individual, como revelou Terra Magazine. Haddad ainda estuda se anunciará outros nomes na quarta-feira (28).

Efeito colateral

Do Estadão Online

Trânsito de SP já causa perdas de R$ 50 bi por ano

"Os transtornos do trânsito na cidade São Paulo custam cada vez mais caro. Os prejuízos com os congestionamentos na capital paulista têm praticamente dobrado a cada quatro anos, como mostra levantamento da Fundação Getulio Vargas. Dados preliminares apurados pelo economista Marcos Cintra, vice-presidente da FGV-SP, apontam que já passa dos R$ 50 bilhões o montante que a cidade perde, ou deixa de ganhar, por ano. Tudo por culpa dos congestionamentos". Leia mais.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Fumo 'apodrece' cérebro, diz estudo britânico

Do estado.com.br

"O cigarro 'apodrece' o cérebro ao danificar a memória, o aprendizado e o raciocínio lógico, aponta um estudo feito por pesquisadores da universidade King's College London.

foto:Arquivo/Estadão

A pesquisa feita com 8,8 mil pessoas com mais de 50 anos mostrou que alta pressão sanguínea e estar acima do peso também afetam o cérebro, mas não na mesma medida.

Cientistas envolvidos na pesquisa afirmam que as pessoas precisam perceber que o seu estilo de vida afeta tanto a mente quanto o corpo. A pesquisa foi publicada na revista científica Age and Being. Os pesquisadores estudaram o elo entre o cérebro e as probabilidades de ataque cardíaco e derrame.

Os voluntários da pesquisa - todos com mais de 50 anos - participaram de testes de memorização de novas palavras. Eles também eram instigados a dizer o maior número de nomes de animais em um minuto. Os mesmos testes foram realizados após quatro anos e depois oito anos.

Os resultados mostraram que o risco de ataque cardíaco e derrame "estão associados de forma significativa com o declínio cognitivo". As pessoas com maior risco foram as que mostraram maior declínio. Também foi identificada uma "associação consistente" entre fumo e baixos resultados no teste.

"O declínio cognitivo fica mais comum com o envelhecimento e para um número cada vez maior de pessoas interfere com o seu funcionamento diário e bem-estar", diz Alex Dregan, pesquisador que trabalhou no estudo". Leia mais

SP promete se adaptar às cotas nas universidades

Do Estadão Online

Universidades públicas de São Paulo vão propor cotas de 50% a partir de 2016

"As três universidades públicas paulistas, USP, Unesp e Unicamp, fecharam na quinta-feira proposta que será apresentada nesta semana ao governador Geraldo Alckmin para adoção de um programa de cotas que destinará 50% das vagas a alunos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. O objetivo é igualar os porcentuais estabelecidos pelo governo Dilma Rousseff para as universidades federais na Lei de Cotas". Leia mais.

Mudanças avançam no Aeroporto de Guarulhos

Da Folha Online

Aeroporto de Cumbica poderá ter pousos e decolagens simultâneos

"A Aeronáutica prepara a liberação, pela primeira vez, de pousos e decolagens simultâneos em aeroportos com pistas paralelas onde hoje há restrições a esse tipo de operação. É exatamente a situação de Cumbica, em Guarulhos (Grande São Paulo), mais movimentado aeroporto nacional e porta de entrada de estrangeiros no país". Leia mais.

domingo, 25 de novembro de 2012

Datafolha: violência aumenta rejeição a Alckmin

Do portal Terra

SP: onda de violência derruba aprovação de Alckmin, diz pesquisa

"Uma pesquisa do Datafolha apontou que o índice de paulistanos que consideram o governo ótimo ou bom caiu de 40% em setembro de 2012 para 29% na última quinta-feira, 22 de novembro. No mesmo período, o percentual dos que avaliam a gestão como ruim ou péssima subiu de 17% para 25%. Há dois meses, o índice de quem acha o governo regular era de 40%. Agora, subiu para 42%. A derrubada da aprovação do governador Geraldo Alckmin (PSDB), de acordo com o estudo, é a onda de violência que atinge São Paulo. As informações são do jornal Folha de S. Paulo".

Socorro Lira: um talento nascido do meio popular!

Maria do Socorro Pereira nasceu no Sítio Silva, Município de Brejo do Cruz, sertão da Paraíba, em 30 de Janeiro de 1974. Filha da artesã Benedita Pereira e do comerciante José Cassimiro Neto, adotou o nome Socorro Lira por causa do pai, conhecido por Zé Lira. Tem 6 irmãos e 3 irmãs.

Morou na zona rural até os 14 anos, com a mãe, onde cursou a primeira fase do primeiro grau. Quando criança, ocupava seu tempo livre, junto às demais crianças do lugar onde morava, inclusive os irmãos e irmãs, com banho de açude e de riachos, caça, pesca e brincadeiras.

Sempre teve uma grande identificação com a vida simples do campo, traço que ainda conserva com muito zelo. Desde cedo queria ser cantora. Ouvia, pelo rádio, (rádios AM da região, única fonte de informação de que dispunha) Luiz Gonzaga, Jakson do Pandeiro, Clara Nunes, Marinês, as cantorias de viola.

Aprendeu com a família, que gostava de ouvir, no rádio ou nos "forrós" que aconteciam nas redondezas, a gostar das expressões culturais do lugar e da região.

Em 1985 foi morar na cidade (Brejo do Cruz), com o pai, para continuar os estudos. Desde cedo também trabalhou como artesã (acabamento de rede, principal atividade econômica da região). Na cidade, integrou o movimento juvenil da igreja católica (Pastoral da Juventude do Meio Popular PJMP). Fundou, junto a outros colegas, o grêmio estudantil do colégio onde estudava, onde participou da política estudantil.

A cantora e compositora Socorro Lira lança, em janeiro de 2006, seu quarto CD autoral Intersecção – A Linha e o Ponto, produzido com patrocínio da Petrobrás, através da Lei de Incentivo à Cultura e do Ministério da Cultura. No repertório, canções inéditas como Palavras – faixa que abre o CD, Intersecção, Águas do Piranhas, Todas as Presenças, Amália e uma de domínio público: Senhora Santana. Leia mais

Muda cúpula da Segurança, mas violência segue

Do Estadão Online

Grande SP tem noite de violência; pelo menos 15 morreram

"Frequentadores de um bar localizado na esquina da rua Manaus com a rua Fortaleza, em Osasco, Grande São Paulo, foram atingidos por tiros por volta das 4h deste domingo, 25. Pelo menos 11 pessoas foram atingidas e quatro morreram, segundo o Copom da região. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Rochdalle. Ainda em Osasco, durante uma tentativa de roubo na Avenida Hildebrando de Lima, dois ladrões foram surpreendidos pela Polícia Militar (PM). Houve resistência e um policial acabou baleando dois suspeitos, dos quais um morreu". Leia mais.

sábado, 24 de novembro de 2012

Discutindo política no Vale do Paraíba

Na manhã deste sábado (24) dediquei agenda para visitar a região do Vale do Paraíba, em São Paulo. Ao participar de encontro da Macrorregião do PT/Vale, falei sobre conjuntura política para representantes e dirigentes partidários de diversos municípios da região. Participação de grande número de lideranças regionais.

O papel do Estado, as propostas de ação dos novos governos conquistados e os caminhos do PT nestas cidades também fizeram parte das avaliações que fiz durante o encontro, em São José dos Campos - cidade-pólo que será governada pelo prefeito eleito Carlinhos Almeida (PT).

Um clássico do sertanejo brasileiro

O crescimento da renda nas áreas pobres

Trecho de reportagem da Agencia Carta Maior

RENDA CRESCE MAIS NAS ÁREAS POBRES RURAIS

"O setor rural brasileiro, no período entre 2003 e 2009, cresceu mais economicamente se comparado ao restante do pais. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a chamada “nova classe média”, que atingia 20,6% da população rural em 2003, chegou a 35,4% dessa população em 2009 e deverá atingir a casa dos 50% em 2014, mantida a tendência atual. A renda cresceu mais nas áreas pobres rurais do que nas cidades. Os dados são do livro ˜Superação da pobreza e a nova classe média no campo˜, lançado na VIII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária". Leia mais.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

O caso Rubens Paiva tem novos documentos

Do Estadão Online

Novos documentos jogam luz sobre caso Rubens Paiva

"Documentos entregues à polícia gaúcha pelas filhas do coronel reformado do Exército Júlio Miguel Molinas Dias, 78 anos, assassinado no dia 1.º de novembro quando chegava em casa, em Porto Alegre, devem trazer luz a dois episódios ainda não esclarecidos da ditadura militar brasileira: a morte do deputado cassado Rubens Paiva, em 1971, e o atentado ao Riocentro, durante a comemoração do Dia do Trabalhador, em 1981". Leia mais.

Que rumo vai tomar?

Notas da coluna Painel, da Folha de S. Paulo:

À flor... Sucessor de Antonio Ferreira Pinto na Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella entrou em choque com o ex-secretário em janeiro. À ocasião, Ferreira Pinto chamou de "oportunista e pirotécnica" ação do Ministério Público contra a operação na cracolândia.

... da pele Então procurador-geral de Justiça, Grella reagiu às críticas cobrando "serenidade, seriedade e trabalho conjunto" no combate ao crime. Agora, comandará a ação policial no centro.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Atraso em obra do Monotrilho

Da Folha Online

Governo de SP anuncia 4º atraso em obra e admite que monotrilho não fica pronto para Copa

"A Linha 17-Ouro do Metrô de São Paulo, um monotrilho que fará a ligação entre o aeroporto de Congonhas e a rede de trens metropolitanos da capital paulista, a única obra de responsabilidade do governo do Estado de São Paulo que consta na Matriz de Responsabilidades da Copa do Mundo de 2014, não irá ficar pronta a tempo do Mundial de futebol, de acordo com informação do gabinete do governo estadual passada ao UOL Esporte na última segunda-feira". Leia mais.

Sociólogo critica distorção de sua fala em jornal

A coluna Têndências/Debates, do jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira (22) traz artigo do sociólogo Cláudio Beato, Coordenador do Centro de Estudos em Criminalidade e Segurança Pública da UFMG, no qual critica distorção que a própria Folha teria feito ao publicar sua entrevista sobre segurança pública. Uma boa reflexão sobre como a imprensa analisa de forma superficial este assunto.

Leia abaixo um trecho do artigo dele:

JORNALISMO, ÉTICA E SEGURANÇA PÚBLICA

CLAUDIO BEATO

"Se por um lado a imprensa teve o importante papel de denunciar suas mazelas, acabou sendo contaminada pelo espetáculo e sensacionalismo de nossas misérias cotidianas Na última segunda-feira, dia 19, a Folha publicou uma entrevista comigo. A sua chamada na Primeira Página: "País deve negociar com criminosos, afirma sociólogo", atribuindo-me posições que me são completamente estranhas". Leia mais.

Desemprego menor em dez anos

Do Estadão Online

Taxa de desemprego em outubro fica em 5,3%, a mais baixa em 10 anos

"A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 5,3% em outubro". Leia mais.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Ação afirmativa para Quilombolas

Da Folha Online

Dilma estende ações do programa Brasil Sem Miséria a quilombolas

"Criticada por focar nos dois primeiros anos de governo ações para área econômica e de infraestrutura, a presidente Dilma Rousseff tenta retomar agenda social. Como parte dessa estratégia, ela estendeu ações do programa Brasil Sem Miséria a comunidades quilombolas". Leia mais.

Resultado de ação parlamentar na Pedreira

Uma das ações parlamentares do período em que exerci o mandato de vereador na cidade de São Paulo mostra resultado agora, no bairro da Pedreira, região da Subprefeitura de Cidade Ademar, Zona Sul da Capital. Trata-se de emenda que apresentei ao Orçamento Municipal que destinou recursos à construção de uma quadra poliesportiva naquele bairro.

O pedido da emenda foi feito pela Associação Novo Rumo de Ação e Cidadania do Jardim Monte Líbano e Adjacências, sob a liderança de Amilton Mineiro. A quadra será inaugurada no dia 24 deste mês, a partir das 15h, na Rua Josefina G. Elias Dona Bimba n° 8, bairro Pedreira.

Crise na Segurança provoca troca de secretário

Do Estadão Online

Secretário de Segurança Pública de SP deixa o cargo

"Em meio à onda de violência que atinge o Estado, o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, pediu exoneração do cargo nesta quarta-feira, 21. O ex-procurador-geral de Justiça de São Paulo, Fernando Grella Vieira, será o novo titular da pasta, confirmou nesta manhã o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ele será nomeado ainda nesta quarta e assumirá oficialmente nesta quinta, 22". Leia mais.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Só na promessa

Do Estadão Online

1º dia de bloqueio contra droga e arma em estradas de SP fica só na promessa

"Anunciados na semana passada como uma das principais ações para combater o crime no Estado, os bloqueios contra armas e drogas prometidos para começar ontem em estradas de São Paulo ficaram só na promessa - pelo menos nas estaduais, que representam 99% da malha". Leia mais.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Salve o dia da consciência negra

Denise Porfírio (Palmares - fundação cultural)

No Brasil, o dia 20 de novembro representa um importante momento da história, especialmente para 52% da população brasileira, que é representada por pretos e pardos. A data lembra a morte do líder Zumbi dos Palmares, que lutou pela libertação dos negros escravizados, durante o período colonial no país. Apesar da data ter sido instituída como o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra pela Lei 12.519/2011, ainda não é considerada feriado nacional.

Zumbi foi um dos principais líderes do Quilombo do Palmares, em Alagoas, área usada pelos escravos para fugir do domínio dos senhores de engenho. As primeiras referências à Palmares são de 1580, na região da Serra da Barriga, onde fica hoje o Parque Memorial Quilombo dos Palmares. Há estimativas de que o quilombo resistiu mais de 100 anos.

O líder do Quilombo dos Palmares, no final do século XV, era Ganga Zumba, tio de Zumbi. Em 1678, o governador da Capitania de Pernambuco ofereceu um acordo de paz a Ganga Zumba, que aceitou, mas nem todos concordaram. Aconteceu, então, uma rebelião, liderada por Zumbi, que governou o grupo por 15 anos. Foram necessárias 18 expedições do governo português, liderados por bandeirantes, para erradicar Palmares.

Zumbi adotou uma estratégia de defesa baseada em táticas de guerrilha. Os bandeirantes descobriram, através de um delator, o esconderijo do líder. E em 20 de novembro de 1695, eles mataram Zumbi em uma emboscada. Sem outra liderança, Palmares sobreviveu até 1710, quando se desfez. Desde 1995, Zumbi faz parte do panteão de Herois da Pátria.

Hoje, os quilombolas, nome dado aos descendentes dos moradores dos antigos quilombos, são reconhecidos e suas áreas são demarcadas, a fim de protegê-los, contribuindo para a manutenção das tradições e a ancestralidade da cultura negra. Atualmente, 2002 comunidades remanescentes dos quilombos estão certificadas pela Fundação Palmares e 1711 certidões foram emitidas. Leia mais

TRAÇOS DA CULTURA AFRICANA.

Ambulantes vencem na Justiça

Da Folha Online

STJ nega pedido da prefeitura e mantém decisão que libera ambulantes em SP

"O STJ (Superior Tribunal de Justiça) deu no último dia 5 uma decisão favorável aos vendedores ambulantes de São Paulo, em mais um capítulo da disputa jurídica envolvendo os comerciantes e a prefeitura da cidade.

O tribunal negou um pedido da prefeitura para suspender duas liminares (decisões provisórias) da Justiça paulista que liberavam os ambulantes regularizados para continuar atuando". Leia mais.

domingo, 18 de novembro de 2012

Mais verba federal para SP com Haddad

Do Estadão Online

Haddad terá ‘bônus’ de R$ 1 bi do governo federal

"Com o petista Fernando Haddad na Prefeitura de São Paulo, o orçamento municipal terá um bônus de cerca de R$ 1 bilhão em 2013. O recurso extra será previsto em novos repasses e convênios que devem ser celebrados com o governo federal, segundo calcula a equipe de transição. A previsão é de que a verba da União para a capital mais que dobre em relação a 2012. Quatro áreas essenciais serão contempladas: Saúde, Educação, Transportes e Habitação". Leia mais.

O aumento da renda entre a população negra

Da Folha Online

Renda 123% maior faz negro ganhar fatia na classe média

"A renda da população negra no Brasil cresceu em um ritmo cinco vezes maior do que a da não negra nos últimos dez anos. A soma de salários dos negros (inclui pardos) passou de R$ 158,1 bilhões em 2002 para R$ 352,9 bilhões em 2012 -incremento de 123,2%". Leia mais.

sábado, 17 de novembro de 2012

O romantismo de Ivan Lins

As mudanças em curso no Aeroporto de Guarulhos

Do Estadão Online

SP: Aeroporto de Cumbica terá megaterminal para trem e metrô

"O Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, vai ganhar um terminal ferroviário para abrigar três linhas de trem e uma de metrô. O primeiro a chegar será o da Linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em 2014. Depois, um trem expresso vindo do centro de São Paulo, em 2016. O metrô é prometido para o ano seguinte e o Trem de Alta Velocidade (TAV), o trem-bala, para 2019". Leia mais.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Violência também no interior

"A onda de violência atribuída ao enfrentamento entre forças policiais e o Primeiro Comando da Capital (PCC) já se espalha pelo interior. No final da noite de quarta-feira (14), cinco pessoas foram executadas em Araraquara, a 288 km de São Paulo, cuja penitenciária abriga líderes da organização criminosa". Leia mais.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

A imprensa e a análise da violência em SP

Do site Observatório da Imprensa

O Brasil precisa de mãos limpas

Por Luciano Martins Costa

"A observação cotidiana da imprensa, ao longo de alguns anos, pode provocar alucinações. Esse fenômeno pode ser causado pela exposição contínua a frações da realidade selecionadas de maneira a produzir opiniões simplistas e interpretações lineares para problemas complexos.

Deve haver por aí algum estudo sobre o efeito da fragmentação da informação no surgimento da esquizofrenia, por exemplo, o que serviria para dar algum fundamento à percepção de que a leitura crítica de jornais pode fazer mal à saúde mental.

Vejamos, por exemplo, o caso da Folha de S. Paulo, edição de quinta-feira (15/11): o debate promovido pelo próprio jornal com especialistas em criminalidade concluiu que as principais causas da recente onda de violência no estado de São Paulo são falta de inteligência e integração entre as polícias, erros da cúpula da segurança pública e falhas da legislação. No entanto, o jornal puxa as manchetes para a questão da histórica deficiência do sistema prisional, procurando fechar o foco nos baixos investimentos do atual governo federal em construção de penitenciárias". Leia mais.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Em nota, Executiva do PT condena 'ação política' no julgamento da Ação Penal 470

Leia abaixo nota da Executiva do PT Nacional acerca do julgamento da Ação Penal 470 (o dito "mensalão"):

O PT E O JULGAMENTO DA AÇÃO PENAL 470

"O PT, amparado no princípio da liberdade de expressão, critica e torna pública sua discordância da decisão do Supremo Tribunal Federal que, no julgamento da Ação Penal 470, condenou e imputou penas desproporcionais a alguns de seus filiados". Leia mais.

Sem mudança na Segurança de SP...

Do Estadão Online

Alckmin diz que não vai mudar cúpula da segurança pública em SP

"O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou há pouco que não irá fazer alterações na cúpula da secretaria de Segurança Pública em São Paulo, em razão da onda de violência que está ocorrendo na capital paulista. O governador afirmou também, ao sair do evento de abertura da 7ª Olimpíada do Conhecimento, no pavilhão do Anhembi, que a parceria com o governo federal está em plena execução". Leia mais.

Tatto nos Transportes e Filippi na Saúde

Do portal IG

Haddad nomeia Jilmar Tatto para Secretaria dos Transportes

"O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), vai anunciar os nomes de mais dois secretários hoje à tarde, na sede do governo de transição. Os anunciados são os deputados federais José de Filippi Jr. (PT), para a pasta da Saúde , e Jilmar Tatto (PT), para os Transportes". Leia mais.

Votuporanga e Sagres discutem apoio do mandato

PREFEITO ELEITO BRANDINHO, DE SAGRES (1ª `DIR.) E LIDERANÇAS

Lideranças políticas das cidades de Sagres e Votuporanga, no Noroeste paulista, estiveram comigo na Assembleia Legislativa para discutir ações de apoio do meu mandato para seus municípios. Recebi a visita do prefeito eleito de Sagres, Brandio Pereira, o Brandinho, e do vereador eleito Jurandir Benedito, o Jura, de Votuporanga, além do vereador Ademir (PT), de Sagres e assessoria.

JURANDIR BENEDITO, O JURA (PT), VEREADOR ELEITO EM VOTUPORANGA

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Constituição da Internet em votação hoje

Do portal UOL

Marco civil: regulação da internet no Brasil deve ser votada nesta terça-feira

"A Câmara dos Deputados deverá votar nesta terça-feira (13) o marco civil, uma espécie de ''Constituição" da internet. A sessão está marcada para começar às 9h, mas é possível que a votação atrase, até que sejam feitos os ajustes finais no texto". Leia mais.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Haddad e o futuro secretariado

Do portal da Revista Brasileiros

Haddad deve anunciar secretários hoje

"O petista deverá anunciar alguns de seus secretários justamente hoje. A economista Leda Paulani, da USP, deverá ser confirmada como Secretária do Planejamento. Também da USP, o arquiteto Fernando Mello Franco, que trabalhou na elaboração do programa de governo do PT, será anunciado como novo secretário do Desenvolvimento Urbano. Para a Secretária de Finanças, Haddad deve convocar o economista Marcos Cruz, da empresa McKinsey & Company, que terá como grande desafio tentar renegociar a dívida da cidade.

Além das novidades, Fernando Haddad irá contar também com a experiência de dois secretários que já exerceram essas funções durante o governo de Marta Suplicy em São Paulo. O vereador Antonio Donato, coordenador da campanha e Secretário das Subprefeituras durante a gestão de Marta, deverá ser o novo Secretário de Governo. Já Luís Fernando Massonetto, braço direito de Haddad no MEC, é o mais cotado para ocupar a Secretaria de Negócios Jurídicos, cargo que já foi seu durante um curto período do mandato de Marta Suplicy".

Mino Carta e o "mensalão" tucano

Da revista CartaCapital

O “mensalão” tucano

Por Mino Carta

"A mídia nativa entende que o processo do “mensalão” petista provou finalmente que a Justiça brasileira tarda, mas não falha. Tarda, sim, e a tal ponto que conseguiu antecipar o julgamento de José Dirceu e companhia a um escândalo bem anterior e de complexidade e gravidade bastante maiores. Falemos então daquilo que poderíamos definir genericamente como “mensalão” tucano. Trata-se de um compromisso de CartaCapital insistir para que, se for verdadeira a inauguração de um tempo novo e justo, também o pássaro incapaz de voar compareça ao banco dos réus". Leia mais.

O Estado perdeu totalmente o controle?

Do jornal Agora SP

Fim de semana violento deixa 31 mortos na Grande São Paulo

"Com um saldo de 31 pessoas mortas, a região metropolitana de São Paulo teve o fim de semana mais violento desde que se iniciou a onda de crimes, em outubro". Leia mais.

domingo, 11 de novembro de 2012

Jurista alemão reforça necessidade de provas para condenar usando a Teoria do Domínio do Fato

Da Folha de S. Paulo

ENTREVISTA CLAUS ROXIN

Participação no comando de esquema tem de ser provada

Um dos responsáveis por teoria citada no julgamento do STF, jurista alemão diz que juiz não deve ceder a clamor popular

"Insatisfeito com a jurisprudência alemã -que até meados dos anos 1960 via como participante, e não como autor de um crime, aquele que ocupando posição de comando dava a ordem para a execução de um delito-, o jurista alemão Claus Roxin, 81, decidiu estudar o tema. Aprimorou a teoria do domínio do fato, segundo a qual autor não é só quem executa o crime, mas quem tem o poder de decidir sua realização e faz o planejamento estratégico para que ele aconteça.

Roxin diz que essa decisão precisa ser provada, não basta que haja indícios de que ela possa ter ocorrido.

Nas últimas semanas, sua teoria foi citada por ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) no julgamento do mensalão. Foi um dos fundamentos usados por Joaquim Barbosa na condenação do ex-ministro José Dirceu.

"Quem ocupa posição de comando tem que ter, de fato, emitido a ordem. E isso deve ser provado", diz Roxin. Ele esteve no Rio há duas semanas participando de seminário sobre direito penal.

Folha - O que o levou ao estudo da teoria do domínio do fato?

Claus Roxin - O que me perturbava eram os crimes do nacional socialismo. Achava que quem ocupa posição dentro de um chamado aparato organizado de poder e dá o comando para que se execute um delito, tem de responder como autor e não só como partícipe, como queria a doutrina da época. Na época, a jurisprudência alemã ignorou minha teoria. Mas conseguimos alguns êxitos. Na Argentina, o processo contra a junta militar de Videla [Jorge Rafael Videla, presidente da Junta Militar que governou o país de 1976 a 1981] aplicou a teoria, considerando culpados os comandantes da junta pelo desaparecimento de pessoas. Está no estatuto do Tribunal Penal Internacional e no equivalente ao STJ alemão, que a adotou para julgar crimes na Alemanha Oriental. A Corte Suprema do Peru também usou a teoria para julgar Fujimori [presidente entre 1990 e 2000].

Folha - É possível usar a teoria para fundamentar a condenação de um acusado supondo sua participação apenas pelo fato de sua posição hierárquica?

Roxin - Não, em absoluto. A pessoa que ocupa a posição no topo de uma organização tem também que ter comandado esse fato, emitido uma ordem. Isso seria um mau uso. Leia mais.

sábado, 10 de novembro de 2012

Lideranças de todo o Estado discutem o PT e as prioridades do mandato de João Antonio

Cerca de 150 lideranças do PT de várias regiões do Estado de São Paulo e da capítal participaram de um seminário organizado pelo mandato do deputado estadual João Antonio na manhã e tarde deste sábado na sede do Diretório do PT paulista. O debate girou em torno das ações do PT, proporcionou uma avaliação das estratégias do partido e do parlamentar e discutiu os rumos do mandato para o próximo período.

Ampliando seu raio de ação nas diferentes regiões, o mandato de João Antonio ouviu críticas, sugestões, colheu informes regionais e abriu mais uma frente de compartilhamento da ação política. A assessoria, seus apoiadores diretos e indiretos e simpatizantes opinaram sobre o trabalho parlamentar e se comprometeram com a ideia de propor iniciativas que reforcem a presença de João Antonio na capital e nas regiões do Estado onde o PT ainda precisa se firmar e crescer.

Ao final do encontro, João Antonio reafirmou o compromisso de fortalecer os laços históricos com suas bases de sustentação política nos movimentos sociais, no PT, nos bairros da capital e no interior. A estratégia agora é afinar as ações com esse coletivo para produzir resultados positivos para a sociedade e para o mandato.

REPRESENTATIVIDADE - O evento deste sábado (10) teve como marca a grande representatividade do mandato de João Antonio. Participaram do seminário petistas de cidades da região de Campinas, de Votuporanga e outros municípios do Noroeste, do Vale do Ribeira, da região Mogiana, da Baixada Santista, do Alto Tietê, do Pontal do Paranapanema, do ABCD e de outras regiões metropolitanas do Estado, além de militantes do PT e assessoria de vários bairros da capital paulista.

VEJA AQUI MAIS FOTOS DO SEMINÁRIO DO MANDATO NO FACEBOOK DO JOÃO ANTONIO.

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Seminário do mandato acontece amanhã em SP

C O N V I T E

Atividade inclui debate sobre ações, avaliação e perspectivas

O mandato do deputado estadual João Antonio realiza na manhã e tarde deste sábado (10) um seminário com a participação da assessoria, de apoiadores e lideranças políticas da capital, Grande São Paulo, interior e litoral.

No encontro será apresentado um balanço eleitoral deste ano, um debate sobre o crescimento do PT e discutidas as estratégias do mandato para 2013

Uma das estratégias do parlamentar é aproveitar a capilaridade política ampliada nas eleições recentes para traçar novas ações nos bairros da capital e em cidades do Estado onde as atividades das lideranças políticas já estão consolidadas. Ao mesmo tempo, mostrar como o PT é um importante canal de acúmulo político para agregar lideranças e fortalecer sua presença na sociedade.

O Seminário do Mandato será realizado na sede do PT Estadual de SP, localizado na Rua Abolição, 297, Bela Vista, centro da capital, a partir das 10h. A recepção e café começam às 9h.

Audiência das Comissões da Verdade em SP

Comissões da Verdade realizam 1ª Audiência Pública em São Paulo

De Imprensa PT ALESP

"Na próxima segunda-feira, 12 de novembro, a Comissão Nacional da Verdade e a Comissão Estadual da Verdade de São Paulo “Rubens Paiva” realizarão a 1ª Audiência Pública em São Paulo para coleta de depoimentos de casos de mortos e desaparecidos". Leia mais.

Yamandu: bela versão instrumental de Disparada

Crime organizado: MP recomenda prisões federais

Do UOL/BBC Brasil

Promotores pedem isolamento de cúpula do PCC em prisões federais

"Um grupo de 12 promotores de Justiça elaborou um documento defendendo o isolamento da cúpula do PCC (Primeiro Comando da Capital) e a transferência dos líderes da facção criminosa de presídios do Estado de São Paulo para unidades federais.

"O sistema prisional do Estado (de São Paulo) não tem condições de assegurar o isolamento de líderes das organizações criminosas e impedir (...) que exerçam influência e liderança", diz o documento, ao qual a BBC Brasil teve acesso". Leia mais.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Representantes de Santa Fé do Sul na ALESP

OS PETISTAS GILBERTO E ORTÊNCIO COMIGO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Dois membros do PT de Santa Fé do Sul, no Noroeste paulista, estiveram na tarde de hoje (8) no meu gabinete na Assembleia Legislativa de São Paulo. Recebi para uma conversa sobre política o vereador Ortêncio Ramos e o advogado Gilberto Antonio Luiz. Falamos sobre o futuro da cidade, as ações do PT para ampliar seu raio de atuação no município e como meu mandato ajudará para levar benefícios à população.

O clima no STF

O jornalista Kennedy Alencar analisa na CBN o clima tenso que toma conta do Supremo Tribunal Federal. Ouça o comentário dele sobre o assunto. Clique aqui para ouvir.

O aumento da poupança

Nota do jornal Valor Econômico

Poupança em alta

"Os depósitos em caderneta de poupança em outubro superaram os saques em aproximadamente R$ 3,24 bilhões, segundo o Banco Central (BC). Incluindo os créditos de rendimento, o saldo das cadernetas fechou o mês em R$ 478,665 bilhões".

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Veja a entrevista de Rafael Agostini à TV Prevê

Transparência no Tribunal de Contas do Estado

O secretário da Casa Civil, Sidney Beraldo, foi ouvido na tarde de hoje (7) pelos deputados estaduais acerca de sua indicação para vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na sessão em que Beraldo apresentou sua proposta de trabalho àquele órgão, cobrei em nome da Bancada do PT na Assembleia Legislativa que o TCE adote medidas de transparência e se aproxime do poder legislativo.

Ainda durante a minha fala, reforcei a necessidade de uniformização das decisões do TCE. Frisei que é comum a ocorrência de processos analisados por aquele tribunal receberem pareceres diferentes, mesmo quando se trata de casos iguais. A medida evitaria eventual desconfiança de ação de caráter político do TCE.

Outro ponto importante foi a aproximação do TCE dos trabalhos de fiscalização da Assembleia Legislativa para que este tribunal cumpra melhor seu papel de órgão auxiliar do legislativo.

DESCONTENTAMENTO - Por último, fiz referências ao processo de indicação do governador à vaga ora em discussão. É consenso entre os parlamentares não-alinhados à base governista que o Palácio dos Bandeirantes "atropelou" a discussão realizada na Casa para a ocupação da vaga do conselheiro Cláudio Alvarenga.

Região do ABCD terá injeção de R$ 2,3 bi

Com informações do jornal ABCD Maior

A região do ABCD paulista terá sua economia movimentada com o pagamento do 13º salário aos trabalhadores com carteira assinada, aos aposentados e aos pensionistas. Segundo dados do jornal ABCD Maior, os municípios que integram a região terão um total de R$ 2,3 bilhões circulando com esses pagamentos.

Valdeci de Jesus em visita ao meu gabinete

VALDECI DE JESUS, ELEITO VEREADOR EM HORTOLÂNDIA EM 2012

O vereador eleito pela cidade de Hortolândia, Valdeci de Jesus (PRP), esteve comigo na manhã desta quarta-feira (7) na Assembleia Legislativa de São Paulo. Conversamos sobre o futuro da cidade, cuja prefeitura foi conquistada nas urnas por Antônio Meira (PT). O partido de Valdeci integrou a coligação do prefeito eleito.

O diálogo entre nós foi produtivo, pois apontou para projetos que devem melhorar a vida da maioria da população da cidade, levando-se em conta a aplicação do método petista de governar. Meu mandato apoiará integralmente a nova administração e os trabalhos na Câmara Municipal de Hortolândia.

Repórter relata manipulação de textos na Veja

Do blog do jornalista Luís Nassif

Como a Veja distorce o texto de seus repórteres

Por Inforo

"Em revista, mais do que em jornal, pode acontecer de o redator-chefe modificar um pouco seu texto, isso não é incomum. Mas o difícil de tolerar em Veja, para mim, além de eles mexerem no texto todo, eram as torcidas de raciocínio. Certa vez, fui convocada a colaborar em uma reportagem sobre educação e me pediram alguém para falar sobre cotas. Lembrei de um antigo colega da faculdade que era do movimento negro, liguei para ele e peguei uma frase favorável às cotas. Qual não foi a minha surpresa quando a autora do texto simplesmente transformou a frase dele em contrária às cotas! Fiquei furiosa e felizmente, neste caso, consegui reverter. Mas o pior estava por vir." Leia mais.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Site 247 questiona Alckmin por mortes de PMs

Do jornal digital Brasil 247

ATÉ QUANDO PMS MORRERÃO, DR. GERALDO ALCKMIN?

"Na gestão Alckmin, todos os números que envolvem policiais militares em ocorrências violentas aumentaram em 2012 sobre 2011; para cada cinco suspeitos mortos a tiros por homens da corporação de janeiro até agora, um integrante da PM foi abatido por criminosos; já são 92 PMs mortos em ação ou em dias de folga desde janeiro; até o número de suicídios entre policiais militares é recorde; isso é normal, dr. Geraldo?". Leia mais.

Emenda online ao Orçamento vai até amanhã

Do portal da Assembleia Legislativa de SP

População pode apresentar emendas online ao Orçamento 2013

"Os cidadãos do Estado de São Paulo também poderão apresentar emendas ao Orçamento estadual 2013 (PL 589/2012), através do Portal da Assembleia, até 7/11, período em que o projeto ficará em pauta". Leia mais.

PSDB: gastar menos com saúde e privatizar

Os governos do PSDB de São Paulo e de Minas Gerais têm algo em comum: investir o mínimo possível na área de saúde. No caso paulista, o tucano Geraldo Alckmin tentou - mas foi barrado pela Justiça - a privatização de 25% dos leitos dos hospitais públicos para os planos de saúde. A regra de passar à iniciativa privada a administração hospitalar para gastar menos. Em Minas, seu colega de partido Antonio Anastasia acaba de ser obrigado pelo judiciário a investir no setor de saúde exatamente o que prevê a Constituição, conforme relata matéria do jornal O Estado de S. Paulo de hoje (6). Leia um trecho:

Justiça manda Anastasia gastar mais com saúde

"A Justiça de Minas derrubou em 4 de outubro um dispositivo que desobrigava o governo Antonio Anastasia (PSDB) de investir ao menos 12% do orçamento em saúde e 25% em educação, conforme determina a Constituição.

Tratava-se de um Termo de Ajustamento de Gestão concedido pelo Tribunal de Contas do Estado ao governador tucano.

Pelo termo, firmado em fevereiro, o Executivo mineiro ficaria obrigado a investir em 2012 apenas 9,68% da receita na saúde e 22,82% em educação. O acordo foi relatado pelo conselheiro do TCE Mauri Torres, ex-deputado do PSDB de Anastasia.

O termo previa que em 2013 deveria haver aumento do investimento para 10,84% na saúde e 23,91% em educação, porcentuais ainda abaixo do estipulado constitucionalmente. Minas ficaria de acordo com a lei só em 2014.

O pedido de liminar para derrubar o acordo entre TCE e governo foi feito pelo Ministério Público Estadual. O juiz Adriano de Mesquita Carneiro, da 5.ª Vara da Fazenda Pública Estadual, concordou com o argumento de que a medida era inconstitucional". Leia mais.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Mandato promove seminário neste sábado

O mandato do deputado estadual João Antonio realiza no próximo sábado (10) um seminário com a participação da assessoria, de apoiadores e lideranças políticas da capital, Grande São Paulo, interior e litoral. No encontro será apresentado um balanço eleitoral deste ano, um debate sobre o crescimento do PT e discutidas as estratégias do mandato para 2013

Uma das estratégias do parlamentar é aproveitar a capilaridade política ampliada nas eleições recentes para traçar novas ações nos bairros da capital e em cidades do Estado onde as atividades das lideranças políticas já estão consolidadas. Ao mesmo tempo, mostrar como o PT é um importante canal de acúmulo político para agregar lideranças e fortalecer sua presença na sociedade.

Lideranças políticas ligadas ao mandato de João Antonio devem convidar amigos e simpatizantes para participar da atividade. O Seminário do Mandato será realizado na sede do PT Estadual de SP, localizado na Rua Abolição, 297, Bela Vista, centro da capital. As atividades começam às 9h com recepção e café e devem se estender até as 14h do sábado.

Candidatos à OAB-SP participam de debate

Da Folha Online

Candidatos à presidência da OAB-SP participam de debate na Folha

"A Folha promove hoje, às 15h, um debate com os candidatos à presidência da seção paulista da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Disputam o cargo os advogados Marcos da Costa, 48, Ricardo Sayeg, 45, e Alberto Toron, 54. A votação está agendada para 29 de novembro, uma quinta-feira". Leia mais.

Renda maior no setor formal

Do jornal Valor Econômico

Renda do trabalhador volta a crescer mais no setor formal

"Pela primeira vez desde 2008, o rendimento real dos trabalhadores com carteira assinada na iniciativa privada cresce com mais força do que no setor informal. Entre janeiro e setembro de 2012, o ganho médio dos profissionais formalizados nas seis principais regiões metropolitanas do país foi de 3,5% sobre o mesmo período do ano passado, descontada a inflação". Leia mais.

domingo, 4 de novembro de 2012

O Caderno - Toquinho

Temer propõe repetir aliança PT- PMDB em 2014

‘A Dilma ainda é uma novidade na política brasileira’, diz Temer

Do jornal O Estado de São Paulo

BRASÍLIA - Mesmo com a onda de renovação se espalhando em muitas disputas municipais, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) se sente confortável para defender a repetição da chapa com a presidente Dilma Rousseff em 2014, preservando seu espaço como vice e procurando espantar a sombra do fortalecido PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Na opinião de Temer, o PMDB se mantém extremamente forte e credenciado pela eleição de mais de mil prefeitos. Reconhece que a renovação foi uma realidade na campanha, mas avalia que a dupla formada por Dilma e ele ainda representa uma novidade para os eleitores. “A presidente Dilma é uma coisa nova. Na política brasileira, ela ainda é uma novidade. Ela traz isso e a ideia de um governo muito produtivo”, diz.

Como o sr. avalia o desempenho do PMDB no 1º turno? Acho que foi muito positivo. Nossa meta era fazer mais de mil prefeitos. Acabamos fazendo 1.031 em todo o Brasil. Só em São Paulo tivemos um acréscimo substancial. Basta dizer que na Câmara dos Vereadores não tínhamos nenhum e passamos a ter quatro. Gabriel Chalita teve um desempenho extraordinário como candidato a prefeito. E o próprio lançamento de uma candidatura em São Paulo influencia também no interior. Aumentamos em 21 municípios. Saímos de 70 e fomos para 91. Estou dando o quadro de São Paulo porque retrata um pouco o quadro do Brasil. Muitas vezes vejo alguma afirmação dizendo que o PMDB caiu em relação à última eleição. Diminuiu o número, é verdade. Mas ainda é o maior partido. O segundo tem 700 e poucas prefeituras. Atingimos a meta de manter o maior número de prefeitos, quase 8 mil vereadores. O desempenho do PMDB foi muito grande.

Um dos recados dados pelo eleitor foi a renovação. O sr. acha que o eleitor disse aos políticos “quero coisa nova”? Acho que houve esse recado. Principalmente quando o nome novo sensibilizou o eleitorado. Porque, às vezes, pode ter um nome novo, inexperiente que não sensibiliza o eleitorado. Acho que houve em todo o Brasil um pouco essa coisa da novidade. O que é uma coisa útil. Não acho que seja uma coisa a ser criticada. É algo a ser elogiável. Acho que a renovação não foi num partido só, mas de maneira geral.

Essa renovação pode servir como recado para uma eventual candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição? A presidente Dilma é uma coisa nova. Na política brasileira, ela ainda é uma novidade. Ela traz isso e a ideia de um governo muito produtivo. Ela está fazendo um governo muito fértil para o povo brasileiro, que aplaude a presidente. Veja que ela tem um índice de aprovação de 70%. Não estou dizendo aqui que ela vai ou não para a reeleição. Isso é uma questão que ela decidirá, o partido dela decidirá. Mas que ela continua sendo uma novidade não tenho a menor dúvida disso.

O tema renovação não anima o PMDB a lançar um candidato à Presidência? O que se discute muito é uma possibilidade de candidatura em 2018. No presente momento, a tendência natural, especialmente em face do entrosamento que houve entre PMDB e PT, é manter a aliança para 2014. Você vê que o PMDB fez o maior número de prefeituras e o PT ficou em terceiro lugar. Mas, somando os dois dá um total de quase 1.800 prefeituras. Incluindo duas cidades fundamentais como São Paulo e Rio de Janeiro. Muito naturalmente, houve uma integração entre os dois. Por isso acredito que no PMDB é mais ou menos unânime a ideia de que em 2014 devamos repetir a aliança.

O sr. fala em 2018, que está bem distante. Nas últimas eleições, o PMDB só teve candidatura própria em 1994, com Orestes Quércia. Pelo tamanho do partido, não é pouco? Pode haver alguma pressão interna para ter um candidato? Acho pouco provável. Agora, reconheço que há sempre nos partidos uma tendência a dizer “puxa, um dia podemos ter candidato próprio”. Mas tivemos candidaturas próprias para governo em vários Estados. Um dos objetivos em 2014 será fazer uma base parlamentar forte. Todas as vezes dizem: agora o PMDB vai diminuir. Agora o PMDB vai desaparecer. E o partido continua muito grande. Acho que essa parceria com o PT foi proveitosa.

O PSB cresceu expressivamente nesta eleição. E se fala muito que o partido tem um pé em cada canoa. Para neutralizar um eventual apoio à oposição, o sr. teme que o governo decida dar ao PSB a vaga de vice que hoje é do PMDB? Não penso dessa maneira. O PSB teve um bom desempenho, mas os desempenhos são muito em função das pessoas e das localidades. Sempre disse que as divergências existentes nos municípios não podem contaminar a aliança nacional. E essa aliança hoje é do PT, PMDB, PSB, vários partidos. A eleição municipal já passou. Agora, vamos olhar 2014. E em 2014 penso que o PSB, liderado pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos, pode vir com esta aliança que foi vitoriosa em 2010.

Em 2014, é mais fácil o PSB ser aliado do governo ou da oposição? A tendência é a aliança com o governo.

É possível para o governo abrir mão do PMDB numa chapa presidencial? Se perguntar para mim, que sou do PMDB, digo que não. Mas não sei dizer o que se passa na cabeça da presidente Dilma. Os indicativos levam a uma conclusão que haverá a repetição da aliança e, consequentemente, da chapa. Mas 2014 se decide em 2013.

sábado, 3 de novembro de 2012

O samba de Martnália e do Moska

PMs sob risco em SP

Do UOL Notícias

PMs de São Paulo têm de fazer "rodízio" de coletes à prova de bala

"Os policiais militares do Estado de São Paulo estão sendo obrigados a fazer um "rodízio" no uso de coletes à prova de balas no horário de serviço. Isso ocorre porque o equipamento de proteção individual está em falta e o comando da PM ainda não conseguiu fazer a reposição das peças. Uma licitação em andamento prevê a entrega de 35 mil peças --60% na região de Araçatuba (a 527 km da capital paulista)". Leia mais.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

O Partido dos Trabalhadores não está na encruzilhada e seguirá seu caminho reto

Com o título "PT na encruzilhada", o jornal Folha de São Paulo traz hoje (2) em seu editorial seu verdadeiro posicionamento sobre o Partido dos Trabalhadores. Definitivamente, este jornal, que sempre posou de imparcial, assume o campo de combate político: o antipetismo. Nada contra, afinal quem o lê com frequência já sabe. Pelo contrário, no regime democrático a liberdade de opinião é um dos pilares de sua sustentação.

Em relação ao julgamento da Ação Penal 470, o PT não está na encruzilhada como aponta o jornal. Só quem não quer é que não constata a profunda evolução programática deste que está entre os mais fortes partidos de esquerda do mundo. O PT continua sendo um partido socialista, porém crítico das experiências de regimes "comunistas" de partido único e economia planifica nos moldes do que foi vivido por países do Leste Europeu, Cuba e outros. O partido sabe que a igualdade não se conquista por "decreto", muito menos será resultante da "mão pesada" do Estado. Sabe que a diversidade e a diferença são inerentes a pessoa humana e são marcas de uma sociedade de massas. Por isso defende a democracia como um fim e não como um meio para se implantar no Brasil a "ditadura do proletariado" (conceito leninista), como querem insinuar algumas forças conservadoras que atuam no país.

É possível falar da reconstrução da democracia brasileira sem falar do PT? Foram os deputados constituintes petistas quem mais lutaram em 1988 pelo fortalecimento de um ministério público independente. O presidente Lula foi quem melhor equipou a Polícia Federal, dando-lhe autonomia para investigar e combater todo e qualquer tipo de criminosos. E foram os governos Lula/Dilma que nomearam 9 dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) sem nenhuma exigência em troca, a não ser a defesa de um judiciário fortalecido e autônomo. Ora! É impossível contar a história da democracia recente no Brasil sem falar da firme atuação do Partido dos Trabalhadores na defesa de instituições sólidas, autônomas, eficientes e eficazes.

Qualquer cidadão ou instituição tem o direito de discordar das decisões do STF. Por que não? Respeitar suas sentenças não implica em dizer amém a toda e qualquer opinião de seus ministros! Na minha opinião, o PT deve respeitar a decisão do Supremo Tribunal Federal sempre, mas o partido, qualquer petista ou não, tem o direito democrático de discordar de qualquer decisão ou sentença proferido pelos seus ministros. Aliás, em relação à ação penal 470, poucas foram as sentenças proferidas por unanimidade por aquele colegiado.

O PT não tem motivos para estar na encruzilhada. Prosseguiremos defendendo o fortalecimento de nossas instituições democráticas, fazendo um firme combate pela transparência do Estado em todas as suas dimensões, defendendo a conduta ética de todos, principalmente dos agentes públicos e no firme propósito de diminuir as desigualdades sociais ainda existentes no Brasil.

Quanto ao jornal Folha de São Paulo, afora seu ferrenho combate ao PT, continua sendo uma excelente fonte de informação. Faz parte da minha leitura diária, mas nem por isso abro mão do direito democrático de discordar de determinadas posições editoriais desta publicação.

João Antonio é deputado estadual e secretário de Organização do PT estadual de SP

PR na base de apoio de Haddad em SP

Do Estadão Online

PR fará parte da base de apoio de Haddad na Prefeitura

"Parte da coligação do candidato derrotado do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, o PR decidiu nesta quinta-feira, 1, que será parte da base de apoio do governo do prefeito eleito Fernando Haddad (PT) na capital paulista. De acordo com o senador Antônio Carlos Rodrigues (PR), que reuniu-se na tarde desta quinta com o presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão, essa aliança é "normal", já que o partido faz parte da base de apoio de Dilma Rousseff". Leia mais.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Finalmente governo de SP aceita parceria

Do site da BBC Brasil

SP terá ajuda federal para combater onda de violência

"O governo de São Paulo e o governo federal anunciaram nesta quinta-feira um acordo para combater a violência no Estado. Segundo informações da Agência Brasil, a presidente Dilma Rousseff telefonou ao governador Geraldo Alckmin para oferecer ajuda. Os detalhes da parceria serão definidos na próxima semana, em reunião com a participação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Nesta semana, o Ministério da Justiça havia divulgado nota rebatendo acusações de que não teria oferecido auxílio ao governo de São Paulo para combater a recente onda de violência, que já deixou 88 policiais mortos no Estado neste ano".

Governador deveria abandonar disputa partidária para controlar crise na segurança pública!

Veja a matéria abaixo, do UOL Notícias

Homicídio cresce 86% em outubro em São Paulo e bate recorde

"As mortes envolvendo policiais militares e as execuções suspeitas de civis continuam contribuindo para a explosão dos homicídios em São Paulo. Até a tarde de quarta-feira (31), a capital já havia registrado 145 homicídios em outubro, crescimento de 86% em relação ao mesmo mês do ano passado, que teve 78 ocorrências". Leia mais.

Fagner e Zeca Baleiro

PT quer raio-x da cidade

Da Folha Online

Equipe de Haddad quer dados sobre lixo, ônibus e finanças em SP

"Lixo, ônibus, enchentes, finanças e Carnaval estarão em pauta hoje, na primeira reunião de trabalho entre os representantes do atual prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), e do prefeito eleito, Fernando Haddad (PT)". Leia mais.