quarta-feira, 31 de outubro de 2012

110 anos do nascimento de Drummond

Do site Releituras

"Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira do Mato Dentro - MG, em 31 de outubro de 1902. De uma família de fazendeiros em decadência, estudou na cidade de Belo Horizonte e com os jesuítas no Colégio Anchieta de Nova Friburgo RJ, de onde foi expulso por "insubordinação mental". De novo em Belo Horizonte, começou a carreira de escritor como colaborador do Diário de Minas, que aglutinava os adeptos locais do incipiente movimento modernista mineiro.

Ante a insistência familiar para que obtivesse um diploma, formou-se em farmácia na cidade de Ouro Preto em 1925. Fundou com outros escritores A Revista, que, apesar da vida breve, foi importante veículo de afirmação do modernismo em Minas. Ingressou no serviço público e, em 1934, transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde foi chefe de gabinete de Gustavo Capanema, ministro da Educação, até 1945. Passou depois a trabalhar no Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e se aposentou em 1962. Desde 1954 colaborou como cronista no Correio da Manhã e, a partir do início de 1969, no Jornal do Brasil". Leia mais.

Sobre a nova crise na segurança em SP

No Bom Dia Brasil de hoje, da Rede Globo, o comentarista de segurança Rodrigo Pimentel, analisou a demora do governo de São Paulo para reconhecer que existe uma grave crise na segurança pública em nosso Estado - que se agrava mais a cada dia.

O analista reforçou a ideia da cooperação entre Estado e governo federal para combater o crime organizado que tira o sossego da população.

Veja aqui a análise de Rodrigo Pimentel na Globo.

Criação do DEM, prefeita é afastada em Natal

A vitória da prefeita de Natal, Micarla de Souza (PV), foi comemorada em 2008 pela cúpula do DEM, em particular pelo senador José Agripino Maia (DEM). Depois de rejeitada por 92% da população natalense, a prefeita agora é alvo de afastamento por denúncia de por suposta prática de corrupção. Veja trecho de matéria abaixo, do UOL:

Justiça acata pedido do MP e prefeita de Natal é afastada

"O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) acatou o pedido de afastamento da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), por suposto envolvimento no esquema de corrupção no sistema de Saúde do Município investigado pela Operação Assepsia. O pedido foi feito procurador geral de Justiça do Ministério Público Estadual (MPRE), Manoel Onofre Neto, no último dia 18 de outubro e deferido pelo desembargador Amaury Moura, em sessão ordinária, na manhã desta quarta-feira (31), segundo informações da Assessoria do TJRN". Leia mais.

Prazo para começo de tratamento

Do portal UOL

SUS terá que iniciar tratamento de câncer 60 dias após diagnóstico

"Os senadores aprovaram nesta terça-feira (30) e agora segue para sanção presidencial o substitutivo da Câmara dos Deputados ao projeto de lei que estabelece o prazo máximo de 60 dias, contados na data do diagnóstico, para o início do tratamento de pacientes com câncer pelo Sistema único de Saúde (SUS)". Leia mais.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

STF ficará com quadro completo outra vez

Do UOL Notícias

Senado aprova indicação de ministro Teori Zavascki ao STF

"O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (30) a nomeação do ministro Teori Zavascki, indicado para ocupar uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal). A aprovação dele dependia da maioria absoluta no Senado, ou seja, 41 votos. A votação foi secreta. Ele recebeu 57 votos favoráveis e 4 contrários. Não houve abstenção". Leia mais.

Emir Sader: governo federal foi o vencedor

Um balanço das eleições municipais

Por Emir Sader, do Blog do Emir - Carta Maior

"O maior vencedor foi o governo federal, que ampliou o numero de prefeituras conquistadas pelos partidos que o apoiam, mas principalmente conquistou cidades importantes como São Paulo e Curitiba, arrebatadas ao eixo central da oposição. Os tucanos não elegeram nenhum prefeito nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste". Leia mais.

Prefeito eleito trata da dívida paulistana

Do Estadão Online

Dilma dá aval a negociação de dívida de São Paulo com União

"Na primeira agenda no dia seguinte à sua eleição em São Paulo, Fernando Haddad (PT) foi recebido na segunda-feira, 29, no Palácio do Planalto pela presidente Dilma Rousseff a fim de acertar parcerias e iniciar a discussão a respeito de uma possível renegociação da dívida paulistana com a União, hoje em R$ 52 bilhões". Leia mais.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

PT representará 45,2% da população de SP

Trecho de reportagem do Estadão Online que traz dados inequívocos do crescimento do PT no Estado:

"PT elegeu 68 prefeitos em São Paulo, 55 vices e 675 vereadores. Para a executiva estadual da sigla, isso representa 18,6 milhões de habitantes, ou 45,2% de todo o Estado".

Jornalista aponta 'nova derrota da mídia'

Do blog Balaio do Kotscho, do jornalista Ricardo Kotscho

Mídia derrotada mais uma vez pelo PT de Lula

"Perderam para Lula em 2002.

Perderam para Lula em 2006.

Perderam para Lula e Dilma em 2010.

Perderam para Lula e Haddad em 2012.

A aliança contra Lula e o PT montada pelos barões da mídia reunidos no Instituto Millenium sofreu no domingo mais uma severa derrota". Leia mais.

Tucano no espeto, segundo Ique

SP terá interlocução com o governo federal

Da Folha Online

Haddad e Dilma criarão grupo de interlocução de SP com governo federal

"O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), acertou com a presidente Dilma Rousseff, nesta segunda-feira (29), a criação de um grupo de trabalho que servirá para a interlocução entre o governo federal e a equipe de transição da prefeitura paulistana. O encontro, no Palácio do Planalto, durou cerca de 45 minutos". Leia mais.

Prefeito eleito vai conversar com a Presidenta

Do site da Revista Brasileiros

Haddad vai a Brasília para encontrar Dilma

"Prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad (PT) viajou na manhã desta segunda-feira, dia 29, para Brasília, onde se encontrará a presidenta Dilma Rousseff. Após a reunião com a chefe de Estado, Haddad voltará para a capital paulista ainda hoje". Leia mais.

PT vence em São Paulo e Haddad faz história

domingo, 28 de outubro de 2012

Eleitor paulistano enterra projeto pessoal de Serra

Da Folha Online

Haddad supera Serra, e PT volta a governar São Paulo após oito anos

"Após oito anos, o PT volta ao poder na maior cidade do país com o triunfo de Fernando Haddad, 49, eleito prefeito de São Paulo após vencer José Serra (PSDB) no segundo turno. A conquista da prefeitura paulistana representa uma vitória pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que bancou a candidatura de Haddad, e, mesmo entrando tardiamente na campanha por conta da recuperação de um câncer na laringe, ajudou o ex-ministro da Educação a sair de patamares de 3% nas primeiras pesquisas de intenção de voto e chegar à reta final da disputa na liderança". Leia mais.

Por que Lula escolheu Haddad

O 'legado' de Serra: entre o nada e o quase nada

Reproduzo abaixo um trecho de postagem do blog Diário do Centro do Mundo, do jornalista Paulo Nogueira. Ele passa a limpo a tal carreira de "realizador" do tucano José Serra:

O que Serra fez, concretamente, por São Paulo?

"Serra deveria mostrar o que fez por São Paulo quando governador e prefeito. Não é um homem preparadíssimo?

Façamos o abc dos dramas urbanos paulistanos.

a) A quantidade inaceitável de favelas e favelados;

b) A vulnerabilidade patética da cidade a chuvas fortes;

c) O trânsito caótico, fruto de um transporte público cheio de falhas.

O que Serra fez, concretamente, para melhorar – não estamos falando eliminar — tudo aquilo? A resposta esta em algum ponto entre o nada e o abaixo do esperado.

Na falta de realizações, e também de argumentos, Serra se desconecta dos limites da ética e do pudor". Leia mais.

Integrante do Sou da Paz questiona repetição do discurso do governo diante da crescente violência

Reproduzo um trecho de matéria do jornal Folha de S. Paulo que aborda o crescimento da violência em São Paulo nas últimas semanas e o modo como o governo estadual encara o problema. O jornal publicou opinião de integrante do Instituto Sou da Paz, que fez observações como esta abaixo:

Governo repete discurso desde que indicadores de violência cresceram

LIGIA RECHENBERG - ESPECIAL PARA A FOLHA

"Desde que os indicadores começaram a subir, as autoridades têm adotado um discurso que ora exime a polícia de suas responsabilidades na contenção dos crimes (clamando mudanças na legislação penal), ora contribui para os confrontos ao apoiar uma atuação mais "enérgica" por parte da polícia, ora minimiza o problema, negando a suposta guerra entre PM e PCC e tratando com naturalidade o fato de que quatro pessoas morrem assassinadas por dia na cidade - isso sem contar os mortos pelas polícias". Leia mais.

sábado, 27 de outubro de 2012

Haddad será eleito prefeito de SP neste domingo, mostra Datafolha

Do portal UOL

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, deve vencer a eleição neste domingo (28). Pesquisa Datafolha concluída hoje, véspera da votação, mostra o petista 16 pontos à frente, com 58% dos votos válidos, ante 42% do tucano.

O cálculo dos votos válidos são excluídas as respostas de quem diz que votará em branco, nulou e eleitores indecidos. Esta é a forma que a Justiça Eleitoral divulga o resultado final da eleição.

A pesquisa, à véspera da eleição, mostra uma pequena variação em relação ao levantamento anterior, divulgado na quarta-feira (24) --Haddad tinha 60% dos votos válido e Serra aparecia com 40%.

No total de votos --considerando brancos, nulos e indecisos--, Haddad tem 48% e Serra tem 34%. Os brancos ou nulos somam 11% e 7% ainda não decidiram em quem vão votar amanhã.

No primeiro turno, Serra terminou à frente com 30,75% dos votos válidos. Haddad seguiu ao segundo turno após obter 28,98% dos votos.

O levantamento realizado ontem e hoje pelo Datafolha ouviu 3.992 eleitores e foi feito em parceria com a TV Globo. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número SP-01928 / 2012.

Governo de SP recusa ajuda federal na Segurança

Reproduzo abaixo nota da Coluna Painel - Folha de S. Paulo:

"Canal interrompido Diante da escalada na criminalidade em São Paulo, Dilma Rousseff enviou emissários para conversas com o secretário de Segurança do Estado, Antonio Ferreira Pinto, há cerca de 40 dias. Segundo interlocutores do Planalto, foi oferecida ajuda na capital, além de informações de inteligência, mas o diálogo não prosperou. Representantes de Geraldo Alckmin acusam o governo federal de omissão no combate ao narcotráfico e contrabando de armas nas fronteiras, suas prerrogativas".

COMENTÁRIO - De olho no calendário eleitoral, a decisão do governador Geraldo Alckmin (PSDB) apenas reforça o discurso belicista do candidato tucano José Serra, cuja tônica é atribuir ao governo federal os problemas que o Estado enfrenta na segurança pública. É uma omissão que custa vidas, custa caro e não faz sentido. Reforça um discurso surrado, que beira o separatismo, como se existisse um Estado fora do Brasil "que faz tudo sozinho". Esta é uma postura eleitoreira, de ocasião, pois sabemos que não existe melhor caminho do que o reforço ao republicanismo e a cooperação, o que é recusado por conveniência e teimosia de uma candidatura que vai de mal a pior.

Surto de violência em SP

Da Folha Online

Em 24 horas, 20 pessoas são mortas em SP; Osasco tem toque de recolher

"Um dia após anunciar o aumento de homicídios no Estado e depois de uma noite sangrenta na capital e na Grande São Paulo, o secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, disse que a alta da violência é uma "onda". Leia mais.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Dinheiro de campanha para jogo sujo

Da Agência Estado

Site falso de Haddad foi criado por campanha de Serra

"A provedora de internet GVT informou nesta sexta-feira que o site apócrifo "Propostas Haddad 13", que imitava a linguagem visual usada pela campanha do candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, mas desferia críticas ao petista, foi criado na sede da Soda Virtual, empresa contratada pela campanha do candidato tucano, José Serra, por R$ 250 mil reais, para prestar serviços de "criação e inclusão de páginas na internet". Leia mais.

Serra pode ficar menor, prevê Gabriel Chalita

Do portal Estadão Online

Tucano sairá da eleição 'menor do que entrou', afirma Chalita

JOÃO VILLAVERDE / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo

"O candidato derrotado à Prefeitura de São Paulo e deputado federal Gabriel Chalita (PMDB) afirmou ontem em entrevista ao Estado que o tucano José Serra, candidato no 2.º turno, "sairá menor do que entrou na campanha", em especial porque insistiu em "temas lamentáveis" para uma eleição. "Ficou discutindo kit gay, ou então a falácia de que o (Fernando) Haddad (candidato do PT à Prefeitura paulistana) vai acabar o convênio com as creches." Leia mais.

Os 67 anos do presidente Lula

Do Estadão Online/Agência Estado

Ex-presidente Lula faz festa e recebe Dilma

"A presidente Dilma Rousseff desembarca nesta sexta-feira em São Paulo para se encontrar, à noite, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que comemora 67 anos amanhã". Leia mais.

Por que Haddad é o melhor para São Paulo

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A vergonhosa fábrica tucana de boatos

Na reta final da campanha eleitoral em São Paulo, grupos alinhados à candidatura de José Serra (PSDB) instalaram, principalmente via internet, uma vergonhosa fábrica de boatos. Seguiram os passos do candidato, que usou e abusou desses recursos em seu programa de TV nos últimos dias.

A boataria serrista tenta amedrontar o eleitorado e ganhou até uma força do jornal O GLOBO, que hoje embarcou na onda e acabou divulgando um boato que dominou a rede de microblogs Twitter - ao publicar em sua página na web que "o Enem estava cancelado" (leia aqui matéria desmentindo este boato).

Foi preciso o Ministério da Educação falar com todas as letras que tal notícia é FALSA e que, portanto, O ENEM ESTÁ MANTIDO. Tudo por conta da rede de boatos irresponsável, usada para tentar influenciar o resultado eleitoral. A estratégia coincide com as pesquisas eleitorais que apontam a tendência da eleição de Fernando Haddad (PT) no próximo domingo (28).

Trata-se de uma campanha dominada pela desonestidade eleitoral, com claras tentativas de influenciar a população a partir do medo e da pressão. Reflexo de um candidato que apela a toda sorte de recursos, inclusive aos mais sórdidos métodos de difamação do adversário para tentar conquistar o poder. As pesquisas apontam que José Serra corre o risco de ter sua vida política nas disputas majoritárias abreviada depois deste pleito.

A vontade soberana do eleitor, do cidadão e da cidadã não pode ser refém de truques, mentiras e manipulações, seja de um candidato e seu grupo de apoio, seja de órgãos de imprensa. Afinal, um dos princípios basilares da democracia é o respeito à vontade do eleitor!

Não tem como o PSDB esconder a realidade!

Da Folha Online

Casos de homicídios sobem 96% em setembro em SP

"O número de casos de homicídios dolosos, aqueles com intenção de matar, praticamente dobrou em setembro na cidade de São Paulo em relação ao mesmo mês do ano passado. Em setembro deste ano ocorreram 135 casos, com 144 mortos, contra 69 casos e 71 mortes no mesmo mês de 2011 --altas de 96% e 102,8%, respectivamente". Leia mais.

Eleitos em Patrocínio visitam meu gabinete

VICE-PREFEITA ELEITA NÉRIA E O FUTURO PREFEITO MARCOS

O prefeito eleito de Patrocínio Paulista, Marcos Ferreira, e a vereadora Néria Buzatto, eleita vice-prefeita na chapa do PT, visitaram na tarde de hoje o meu gabinete na Assembleia Legislativa de São Paulo. Vieram buscar apoio do mandato para melhorar a infra-estrutura naquele município, localizado na região de Franca.

Na ocasião, lembrei que as portas do gabinete estão abertas à população da cidade por meio dos seus representantes. Também ressaltei que os futuros dirigentes têm uma tarefa importante - que é direcionar as ações políticas e administrativas para melhorar a vida de todos. Isso tem tudo a ver com o sucesso do PT nas cidades em que somos governo!

Contra o jogo sujo

Da seção Tiroteio (coluna Painel Folha de S. Paulo):

"Já tentaram com o sequestro de Abílio Diniz e até com a edição do debate com Collor, mas não vão conseguir nos derrotar".

A frase acima é do secretário de Comunicação do PT, André Vargas (PR), sobre o espaço dedicado na TV para a veiculação de retrospectivas do julgamento do mensalão.

Falhas diárias prejudicam vida dos trabalhadores

Da Folha Online

Problema prejudica circulação de trens na linha 9 da CPTM em SP

"Uma falha no sistema de tração de um trem afetou a circulação em toda a linha 9-esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) na manhã desta quinta-feira". Leia mais.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Haddad: 14 pontos de vantagem nos votos válidos

Do Estadão Online

Ibope: Haddad mantém 49%; Serra vai a 36%

"A vantagem de Fernando Haddad (PT) sobre José Serra (PSDB) oscilou de 16 para 13 pontos porcentuais desde a semana passada, segundo a pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo. O petista continua com 49% das intenções de voto dos paulistanos, enquanto o tucano recuperou três dos quatro pontos que havia perdido e tem agora 36%. Em taxa de votos válidos, que é como a Justiça eleitoral divulga os resultados da urna, Haddad tem 57%, e Serra, 43%". Leia mais.

Datafolha também mostra Haddad na frente

Da Folha Online

Haddad tem 15 pontos de vantagem sobre Serra, mostra Datafolha

"A quatro dias da eleição municipal, o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, segue liderando a disputa com 49% das intenções totais de voto. Ele tem 15 pontos vantagem em relação a José Serra (PSDB).

Na pesquisa Datafolha finalizada hoje, o cenário é praticamente idêntico ao do levantamento da semana passada. Em 17 e 18 de outubro, Haddad já tinha os mesmos 49% de agora. Serra, que antes aparecia com 32%, oscilou dois pontos para cima e agora aparece com 34%.

Na conta dos votos válidos (que exclui brancos e nulos), Haddad alcança 60%; Serra, 40%. São exatamente os mesmo índices da semana passada". Leia mais.

Amir Khair vota Haddad e desbanca Serra na CBN

Da Rádio CBN

Voto Declarado: economistas contam por que votam em Haddad ou Serra

Debate com Amir Khair e Maria Lúcia Mantovanini Pádua Lima.

Em uma posição marcada por declarações de apoio partidário, o especialista em contas públicas Amir Khair, ex-secretário municipal de Finanças, considera que o principal problema de São Paulo hoje é o tempo gasto pelas pessoas nos deslocamentos diários. Ele declara voto em Fernando Haddad (PT) porque acredita que programa de governo do candidato petista é o que melhor lida com a questão.

Já Maria Lúcia Mantovanini Pádua Lima, coordenadora do programa de Relações Internacionais da Direito GV, acredita que o principal desafio para a cidade atualmente é a transição de economia industrial para economia de serviços. Ela diz que vota em José Serra (PSDB) por vê-lo como o candidato mais capacitado para conduzir esta transição.

A Teoria do Domínio do Fato não pode ser vista como um fim em si e não invalida provas concretas

Em novo artigo, discuto a aplicação da Teoria do Domínio do Fato no julgamento da Ação Penal 470 e suas implicações quando são super valorizadas as provas testemunhais, o que acarreta riscos a qualquer processo em julgamento. Leia um trecho abaixo:

A lei, provas e a Teoria do Domínio do Fato

Por João Antonio

O julgamento da Ação Penal 470 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que em sua função típica é um tribunal guardião da autoridade constitucional, e que nesta ação atua como instância de competência original, suscitou um debate que merece a atenção de todos os operadores do direito. Trata-se da relação entre lei, provas no processo penal e a Teoria do Domínio do Fato.

A Teoria do Domínio do Fato teve sua origem na Alemanha a partir dos estudos do filósofo Hans Welzel que, em 1939, ao criar o finalismo, introduziu a idéia da teoria em estudo no concurso de pessoas, adotando como autor aquele que tem o controle final do fato. No Brasil, esta teoria está disciplinada em nosso ordenamento jurídico no Código Penal, artigos 29 a 31 e 62. O artigo 29 do Código Penal prevê: “Quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este cominadas, na medida de sua culpabilidade".

Damásio de Jesus, analisando os crimes praticados em concurso de pessoas, afirma que “o Código Penal adotou a teoria restritiva, já que os artigos 29 e 62 fazem distinção entre autor e partícipe”. Assim, o artigo 62,lV agrava a pena em relação ao agente que "executa o crime, ou nele participa, mediante paga ou promessa de recompensa. Quem executa o crime é autor; quem induz, instiga ou auxilia considera-se partícipe. Isso, entretanto, não resolve certos problemas, como o da autoria mediata, em que o sujeito se vale de outrem para cometer o delito”.

É aí que se coloca a necessidade da Teoria do Domínio do Fato, que complementa a Teoria Restritiva na busca de solução adequada para os casos concretos. Assim, a Teoria do Domínio do Fato emprega critério objetivo-subjetivo, amplia o conceito de autoria e define que autor é quem detém o controle final do fato criminoso, o domínio finalístico do decurso do crime, bem como o poder de decidir sobre sua prática, sua interrupção e circunstância (tempo, local, forma etc).

Para melhor atender ao jus puniendi (direito de punir) do Estado, surge a Teoria do Domínio do Fato, que passa a aferir a conduta do indivíduo não apenas sob o aspecto objetivo, mas dando valor à sua contribuição subjetiva para a ofensa ao bem, uma teoria que se relaciona à conduta e não ao resultado e visa punir aquele que está "por trás", ou seja, o autor intelectual do crime.

Leia o artigo completo aqui.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Uso eleitoreiro da TV Cultura para ajudar o Serra

Seguindo a linha editorial da TV Globo - que nesta terça-feira (23) exibiu pela primeira vez o Jornal Nacional de uma única pauta -, a TV Cultura começou a exibir hoje uma série de "reportagens especiais" intitulada "Especial Mensalão".

Trata-se de mais um caso de uso político-eleitoral de uma emissora de TV controlada pelo governo do Estado para tentar alavancar a candidatura do ex-governador tucano José Serra. O "especial, com duração de 20 minutos, " será exibido até a sexta-feira (26), após o Jornal da Cultura - bem perto do segundo turno da campanha eleitoral deste ano. Na campanha eleitoral de 2010, por diversas vezes a pauta da Cultura seguiu a linha da campanha de Serra - derrotado por Dilma Rousseff na disputa pela Presidência da República.

O que chama a atenção é que as tais "reportagens" estão sendo levadas ao ar no momento em que Serra e sua equipe de marketing apostam tudo na exploração do julgamento do chamado "mensalão" no Supremo Tribunal Federal (STF). A campanha serrista usa seu tempo de televisão no horário eleitoral para falar do tema em julgamento - coincidindo com a pauta da TV Cultura, esta paga com recursos do contribuinte paulista. Nesta linha, a Cultura flerta com a campanha daquele que um dia foi seu dirigente máximo.

É lamentável que uma emissora pública que já teve o peso que teve a Cultura seja usada para fins eleitoreiros! A sociedade precisa saber como os tucanos confundem o público com o privado neste episódio!

Assassinatos voltam a crescer na Capital

Do jornal Agora SP

Assassinatos passam de 65 para 120 em setembro em SP

"A capital registrou, no mês passado, a segunda explosão de homicídios dolosos (com intenção) em quatro meses. O mês contabilizou 120 assassinatos, 55 casos (84,61%) a mais do que a quantidade de mortes intencionais registradas na cidade em setembro de 2011 (65)". Leia mais.

Injeção de R$ 131 bilhões na economia

Do jornal Valor Econômico

Pagamento de 13º injetará R$ 131 bi na economia

"O pagamento do 13º salário a cerca de 80 milhões de empregados do mercado de trabalho formal, aposentados e pensionistas deve adicionar R$ 131 bilhões à economia do país até dezembro, de acordo com estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Os R$ 131 bilhões correspondem a 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para este ano. O total é 10,5% maior que o pago em 2011, segundo o Dieese. O número de pessoas que receberá benefício é cerca de 2,5% superior ao calculado em 2011". Leia mais.

Amanhã tem debate entre Haddad e Serra

Do portal UOL

"Na próxima quarta (24/10), a partir das 18h10, o SBT e o UOL transmitem ao vivo o debate entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo que disputam o segundo turno na maior cidade do país".

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Campinas: o programa de TV de Marcio Pochmann

Belas pinturas em exposição na ALESP

Obras do falecido pintor japonês naturalizado brasileiro Iwao Nakajima (1934-2011) em exposição no Espaço Cultural da Assembleia Legislativa de São Paulo atraem a atenção de quem trabalha ou frequenta a Casa. São trabalhos que retratam a imigração, o interior, os canaviais, as vilas de São Paulo e do interior de Minas Gerais, além de edifícios conhecidos da capital.

Os destaques ficam por conta da reprodução perfeita - com toques pessoais do pintor - dos prédios do Teatro Municipal e do Mercado Municipal (reproduzidos abaixo). A exposição é aberta a todos os interessados.

Jornal fala em mudança de estratégia sindical

Do Valor Econômico

Metalúrgicos mudam estratégia de negociação

"A campanha salarial dos metalúrgicos do Estado de São Paulo filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT) perdeu força neste ano e se pulverizou em acordos fechados diretamente por empresas e sindicatos, entre eles, o do ABC - o mais forte do país. Em 2012, os sindicatos não conseguiram unificar a negociação de reajuste salarial com os setores patronais e recorreram a acordos bilaterais. Essa fragmentação aponta para um novo modelo de luta sindical da categoria". Leia mais.

O Metrô e o sossego da população

Da Folha Online/Agência Estado

Obra do metrô vara madrugada e vai parar no MP

"Da janela do seu quarto, o analista de marketing Felipe de Andrade da Silva pode ver as obras de expansão da Linha-5 Lilás do Metrô. E ouvir, mesmo no meio da noite. O problema, sobretudo entre 22h e 7h, afeta o entorno de pelo menos seis das 11 estações que devem ser entregues até 2015. O Metrô admite a necessidade dos três turnos, mas o Ministério Público do Estado já abriu investigação para verificar se há alguma irregularidade". Leia mais.

domingo, 21 de outubro de 2012

Curiosidade sobre a música Súplica Cearense

Súplica Cearense é uma canção do cantor e radialista e humorista e artista de circo baiano Waldeck Artur de Macedo, mais conhecido como Gordurinha, em parceria com o compositor Nelinho, lançada em 1960 e gravada pelo próprio gordurinha.

A canção, conhecida pela gravação original em 1960 , chegando a vender naquela época sem internet 400 mil cópias.

A musica foi composta em um programa de tv . que arrecadava dinheiro para ajudar a população do nordeste que acabava de sofrer um enchente destruindo os lares.

Gordurinha E Nelinho com seus talentos unidois , fizeram a música no camarim e apresentaram ao vivo.

Súplica Cearense

Jornalista explica a 'fúria' de Soninha (PPS)

Do blog Diário do Centro do Mundo, do jornalista Paulo Nogueira

O caso Soninha mostra a falta de transparência do governo de São Paulo

"Soninha tem interesse pessoal na permanência do PSDB no poder em São Paulo. Mãe e filhas têm bons empregos públicos no governo paulista conquistados sem concurso. Ela própria também tem vantagens concretas. Recebe dinheiro para participar de reuniões de diretoria na Cetesb, da qual é conselheira". Leia mais.

O eleitor quer o novo

Da Folha Online

Mauro Paulino: Mensagens do eleitor paulistano

"Ao final da eleição, há diversas mensagens enviadas pelos eleitores. A principal delas, que pautou os movimentos das campanhas e das intenções de voto, é a insatisfação demonstrada com o estado atual da cidade de São Paulo. Perto da totalidade dos que aqui vivem --88%-- anseiam que as ações do próximo prefeito sejam, de um modo geral, diferentes das do atual, cuja administração é aprovada por apenas 19%". Leia mais.

sábado, 20 de outubro de 2012

Serristas criam blog falso contra Haddad

Do portal Comunique-se

Justiça manda Google tirar do ar blog com falsas propostas de Haddad

"O blog que aparentava divulgar as propostas do candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, poderá sair do ar. De acordo com as informações da Justiça Eleitoral, a decisão foi tomada porque, na verdade, tratava-se de uma série de críticas ao político. Como a página é hospedada por um serviço do Google (blogspot), a medida foi direcionada ao gigante das buscas.

Com as cores e fontes utilizadas pela campanha do petista, o blog denominado 'Propostas Haddad 13' apresentava referências negativas ao candidato por meio de propostas falsas. Para o juiz eleitoral, Henrique Harris Júnior, a página deve ser retirada do ar e o Google deve informar quem são os responsáveis pela administração".

Tornar transparente a gestão da Saúde em SP

Da Folha Online

Haddad diz que proposta é aumentar fiscalização de parcerias na saúde

"O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, disse nesta sexta-feira (19) que a parte de seu programa de governo que fala em retomar a "direção pública" da gestão do sistema de saúde da cidade não significa que ele tenha a intenção de pôr fim às parcerias com organizações sociais que atuam na área". Leia mais.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

O fracasso do jeito espertalhão de fazer política

Por João Antonio

O debate realizado ontem pela Rede de Rádio e Televisão Bandeirantes com os candidatos que disputam a Prefeitura de São Paulo neste segundo turno, frente a frente, Fernando Haddad do PT e José Serra do PSDB, propiciou aos que  assistiram uma excelente oportunidade para comparar programas, estilos e, principalmente, conferir os métodos de cada um para alcançar o objetivo de comandar a prefeitura de maior importância econômica, política e social da República.

Foi um bom debate. No confronto, a razão foi tônica, e se em algum momento algum deles se utilizou  da emoção para tocar os corações dos eleitores, foi de "caso pensado". Nada de intuição. Nada de deixar a emoção falar mais alto. Foi um confronto que agregou valor para todos os que querem ver a democracia fortalecida.

Não há dúvida de que os dois candidatos tem preparo intelectual. No mais, em nada se assemelham, a começar pela decisão de serem candidatos. Haddad, depois da sua passagem bem avaliada pelo Ministério da Educação, foi convencido pelo ex-presidente Lula a enfrentar o desafio de convencer e unificar o PT da viabilidade do seu nome, construir um programa de governo viável para a cidade e disputar as eleições com força. E, ganhando as eleições, fazer um governo de quatro anos pensando essencialmente nos interesses dos paulistanos.

Serra, disputou em 2004 a prefeitura de São Paulo para se cacifar no partido e na sociedade e venceu. Um ano e três meses depois renunciou ao mandato para disputar o governo do Estado de São Paulo e venceu. Renunciou ao governo paulista três anos e seis meses depois para disputar a Presidência da República e perdeu.

Enfraquecido politicamente no seu partido e sem perspectivas políticas de futuro, impôs novamente seu nome ao PSDB para disputar a prefeitura, apenas como um instrumento para se colocar em evidência e não perder sua perspectiva de poder. Esta decisão acabou levando-o para uma espécie de "tudo ou nada", em suas pretensões obsessivas pelo poder.

Preterido pela imensa maioria dos paulistanos e com uma rejeição de 52% do eleitorado, desesperado ao ver seu projeto pessoal de poder ruir, Serra baixa o nível da campanha com ataques pessoais a adversários, denúncias infundadas, e o pior: se alia a forças políticas conservadoras com práticas preconceituosas e intolerantes, repetindo o malfadado método de campanha que utilizou na sua mal-sucedida campanha presidencial, método que só contribui para desarranjar a harmoniosa convivência social, valor primordial do povo brasileiro.

A democracia brasileira já está bastante amadurecida. Nem mesmo poderosos órgãos da imprensa com suas posições parciais conseguem impor sua opinião ao povo. Até porque o povo não vive de ilusões e sabe muito bem discernir aqueles que governam com espírito público, cujo centro das preocupações é desenvolvimento humano, daqueles que fazem política para satisfazer seu ego e/ou reduzidos grupos econômicos poderosos que aparelham o Estado com finalidades meramente patrimoniais.

Que a provável derrota do Serra sirva de lição para todos aqueles que fazem política. Os cidadãos exigem propostas qualificadas e pessoas preparadas para o debate de idéias.

Diga não às baixarias nas disputas eleitorais!

João Antonio é advogado e deputado estadual (PT)

Datafolha: Haddad 17 pontos à frente de Serra

Da Folha Online

Haddad abre 17 pontos de vantagem sobre Serra

"A dez dias do segundo turno das eleições municipais, o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, abriu 17 pontos de vantagem em relação ao seu adversário, o tucano José Serra. Pesquisa Datafolha finalizada ontem mostra Haddad com 49% das intenções de voto totais contra 32% de Serra. Brancos e nulos somam 10%. Outros 9% dizem que não sabem em quem votar. Na conta dos votos válidos (sem brancos e nulos), Haddad tem 60%; Serra, 40%". Leia mais.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Verba federal para ampliar aeroporto de Guarulhos

Da Folha Online

BNDES aprova R$ 1,2 bi para ampliação de aeroporto de Guarulhos (SP)

"O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) aprovou um empréstimo de R$ 1,2 bilhão para a ampliação, modernização e exploração do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP)". Leia mais.

O uso da máquina a favor de Serra?

Da Folha Online

Sem-teto ganha benefício para apoiar Serra em São Paulo

"Uma associação que ajuda sem-teto a ter acesso a programas habitacionais da Prefeitura de São Paulo dá preferência a militantes que participam da campanha do candidato do PSDB, José Serra". Leia mais.

SP consegue autorização para tomar empréstimos federais para Metrô e duplicação de rodovia

Os deputados estaduais aprovaram na tarde de ontem (17) o projeto de lei 554/2012, de autoria do Executivo, que autoriza o governo do Estado a realizar operações de crédito junto a instituições federais de crédito. Os recursos - da ordem de R$ 1,958 bilhões - serão utilizados para a expansão da Linha 5 - Lilás do Metrô e na duplicação da Rodovia dos Tamoios.

São mais recursos federais para ajudar São Paulo a gerar emprego, melhorar a infra-estrutura e ampliar a capacidade de mobilidade urbana. Por este motivo, a Bancada do PT na Assembleia Legislativa votou favorável ao projeto, provando que nossa oposição é propositiva e a favor do que é melhor para a população paulista. As ressalvas feitas pelos deputados foram no sentido de melhorar o projeto.

Ampliação do parque automobilístico no Brasil

Do jornal O DIA

Brasil terá pelo menos cinco novas montadoras de automóveis nos próximos três anos

"O Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto) ajudará o Brasil a ampliar as exportações, em especial para mercados que prezam por tecnologia de ponta. Além disso, vai melhorar a qualidade e diminuir o preço dos veículos produzidos para o mercado interno. De acordo com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, a competitividade no setor será ampliada com a chegada de cinco ou seis novas montadoras ao país nos próximos três anos". Leia mais.

Um candidato hostil até a si mesmo

Do portal da Agência Carta Maior

SERRA SABOTA O PRÓPRIO PASSADO E AFUNDA

"Em meio ao contravapor das pesquisas (o Ibope desta 4ª feira amplia a vantagem de Haddad para 16 pontos, ou 20 pontos no cômputo dos votos válidos), o tucano José Serra enfrenta um desgaste de fundo. Quanto mais se expõe, mais se configura uma trajetória em que as dissimulações caem, como cascas de uma cebola. Serra diz e se desdiz com desenvoltura vertiginosa. O acúmulo consolida a imagem de um político que sabota o próprio passado na busca desastrada pelo poder. Resta saber se ainda há espaço para acionar o freio de arrumação numa candidatura que imbicou no plano inclinado e se ressente do essencial para mudar, a credibilidade. Parece difícil. O tucano poderia ter feito uma correção de rumos no lançamento tardio de seu programa de governo esta semana. Mas o que se viu foi mais uma encenação filmada para o horário eleitoral, que pouco ajuda a retificar a percepção crescente de um blefe, cuja única cartada é dobrar a aposta no vale tudo".

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Ibope mostra Haddad com 60% dos votos válidos

Do portal G1

Haddad tem 49%, e Serra, 33%, diz Ibope

"O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (17), a segunda pesquisa de intenção de voto sobre o segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Paulo neste ano. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo.

Em relação à pesquisa anterior, Haddad foi de 48% para 49%, e Serra, de 37% para 33%.Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada: Fernando Haddad (PT) – 49% das intenções de voto; José Serra (PSDB) – 33%; Em branco/nulo – 13%; Não sabe – 5%

A pesquisa foi realizada de 15 a 17 de outubro. Foram entrevistadas 1.204 pessoas na cidade de São Paulo. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), sob o número SP-01864/ 2012.

Veja os números do Ibope, considerando os votos válidos:

Fernando Haddad (PT) - 60%

José Serra (PSDB) - 40%

A intervenção de Alckmin no futuro do TCE

Em nota que publiquei ontem à noite no blog (leia aqui), comentei sobre a intervenção direta do governador Geraldo Alckmin (PSDB) no processo de escolha do futuro integrante do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ao falar sobre o secretário Sidney Beraldo, lembrei que este é um dos colaboradores mais próximos do governador, e que o chefe do Executivo está atropelando uma discussão interna da Assembleia Legislativa para garantir seus interesses no tribunal que tem como tarefa fiscalizar o governo.

Sobre a indicação de Beraldo por Alckmin, a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, deu as seguintes notas hoje (17):

Dança... Chefe da Casa Civil de Alckmin, Sidney Beraldo deve deixar o governo. Ele pretende se candidatar ao TCE. O secretário, que presidiu a Assembleia e cumpriu quatro mandatos na Casa, obteve o aval da bancada governista para postular a vaga de Cláudio Alvarenga, que se aposenta semana que vem.

... das cadeiras A iminente saída de Beraldo dará início à minirreforma que o tucano, pré-candidato à reeleição, deve fazer em seu secretariado após o segundo turno da eleição municipal.

O baixo nível da campanha tucana

Da Folha Online

Ministro da Justiça diz que Serra faz política de 'baixo nível'

"O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) acusou nesta terça-feira (16) José Serra (PSDB), candidato à Prefeitura de São Paulo, de fazer política de "baixo nível" na tentativa de vencer a disputa com o petista Fernando Haddad no segundo turno". Leia mais.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

PDT nacional sela apoio a Haddad

Da Folha Online

PDT nacional contraria Paulinho e declara apoio a Haddad

"A Direção Nacional do PDT declarou nesta terça-feira (16) apoio ao petista Fernando Haddad na disputa pela Prefeitura de São Paulo.

A declaração contraria o apoio dado pelo deputado Paulinho da Força ao tucano José Serra. Paulinho foi candidato pelo partido a prefeitura e é presidente estadual da sigla.

A direção nacional afirma, em nota, "apoiar a candidatura do professor Fernando Haddad, por ele representar na cidade de São Paulo, os compromissos com as conquistas sociais e com a escola de horário integral, que são as principais bandeiras do trabalhismo". Leia mais.

Alckmin tenta impor aos deputados de SP o futuro conselheiro do Tribunal de Contas do Estado

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) já discute a composição para indicar o próximo integrante do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com a proximidade da aposentadoria do conselheiro Cláudio Alvarenga. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) decidiu interferir novamente no processo.

Conforme apurado na Casa, mais de 60 deputados deputados estaduais apoiam Jorge Caruso (PMDB) para a futura vaga. Desconsiderando o entendimento da maioria dos parlamentares e dos partidos, o governador decidiu lançar para a disputa o secretário da Casa Civil, Sidney Beraldo. Mais uma vez, o chefe do Executivo paulista tenta atropelar o Legislativo e eleger um conselheiro afinado com seus interesses.

Não contente com o controle que tenta exercer sobre a maioria dos deputados paulistas, o governador agora quer impor um dos seus auxiliares mais próximos para defender os interesses do seu governo no Tribunal de Contas do Estado.

No semestre passado - com a intervenção direta do governador -, a disputa entre Caruso e Dimas Ramalho terminou com a indicação deste último para o lugar de Eduardo Bittencourt de Carvalho, aposentado compulsoriamente aos 70 anos.

Mais brasileiros no ensino superior

Do portal UOL Educação

Matrículas no ensino superior sobem 5,65% entre 2010 e 2011

"O número de matrículas no ensino superior brasileiro subiu 5,65% entre 2010 e 2011, segundo o Ministério da Educação, que divulgou o censo da área nesta terça-feira (16). De acordo com o órgão, no ano passado foram registradas 6.739.689 matrículas. Dessas, 4,96 milhões foram na rede particular". Leia mais.

Refrescando a memória: A Privataria Tucana

A intolerância sem limites do Serra

O candidato do PSDB, José Serra, perdeu as estribeiras mais uma vez quando confrontado com perguntas que considera "incômodas", tal como no início da entrevista abaixo dada por ele na manhã de hoje (16) à Rádio CBN.

Serra perdeu o respeito, a compostura e a chance de mostrar que tem condições de manter o debate democrático. Ouça os primeiros minutos da entrevista e comprove o discurso intolerante do tucano.

Projeto de Serra: "continuar Kassab"

Do Estadão Online

Plano de governo de Serra defende continuidade

"O candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra, lançou nessa segunda-feira, 15, um plano de governo que propõe a continuidade de projetos em andamento, defende o legado que será deixado pela gestão de Gilberto Kassab (PSD) e apresenta novos programas, classificados como inovadores. O material foi elaborado com o auxílio de funcionários de alto escalão da Prefeitura, com o objetivo de adequar as propostas ao orçamento de 2013". Leia mais.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

PSB afasta especulações

Da Rede Brasil Atual

PSB reafirma aliança com Dilma em 2014: 'A direita não vai nos usar!'

"Entre os principais partidos do Brasil, o PSB está entre os que experimentaram maior crescimento nestas eleições municipais, passando de 310 para 433 prefeituras em todo o país (aumento de 39,68%). Vencedor no primeiro turno em capitais importantes como Belo Horizonte e Recife, disputará o segundo turno em Fortaleza, Cuiabá e Porto Velho, entre outras, fato que coloca os socialistas na linha de frente das especulações sobre um eventual reordenamento das forças políticas brasileiras com vistas a 2014". Leia mais.

Dilma volta ao palanque de Haddad em SP

Da Folha Online

Dilma vai participar de comício de Haddad nesta sexta

"A presidente Dilma Rousseff participará de comício na capital paulista na sexta-feira à noite ao lado do candidato à Prefeitura em São Paulo Fernando Haddad (PT). Esta será a segunda vez na disputa municipal que a presidente estará na cidade para apoiar o petista". Leia mais. PS - O comício foi adiado para o sábado.

Um direito das famílias de PMs

Da Folha Online

Famílias de PMs mortos vão à Justiça para receber seguro

"Após 42 disparos de fuzil, o PM Carlos da Silva Cardoso, 31, tombou em frente à padaria no bairro do Limão (zona norte de São Paulo), perto de casa, em abril de 2006. O assassinato, cometido por traficantes, precedeu a onda de ataques que matou dezenas de agentes de segurança do Estado. O crime também deu início a uma ação na Justiça para que sua família receba o seguro de vida previsto pela corporação.

Advogados ouvidos pela Folha dizem que ações como essa são cada vez mais frequentes devido a ondas de ataques contra policiais. O benefício de cerca de R$ 100 mil é concedido apenas nos casos em que as vítimas foram mortas em serviço ou no caminho do trabalho". Leia mais.

domingo, 14 de outubro de 2012

Sobre o fim do pesadelo Serra/Kassab

Do Estadão Online

Faltam 15 dias para São Paulo 'acordar de pesadelo', diz Haddad

"No segundo evento de campanha do dia, o candidato do PT para a Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, participou de um comício no Jardim Macedônia, periferia da zona sul da cidade, onde defendeu seu plano de governo e elevou o tom contra seu adversário na eleição municipal, José Serra (PSDB). "Faltam 15 dias para São Paulo acordar do maior pesadelo da história dessa cidade, que foram os oito anos de Serra e (Gilberto) Kassab", afirmou o petista, referindo-se a proximidade do segundo turno". Leia mais.

sábado, 13 de outubro de 2012

A expansão brasileira na produção de petróleo

Do Estadão Online

Produção de petróleo crescerá 40% no Brasil

"A produção brasileira de petróleo deve crescer 800 mil barris por dia até 2017. A projeção foi anunciada ontem em Paris pela Agência Internacional de Energia (AIE). Segundo o "Relatório de Mercado de Médio Prazo 2012", o avanço do Brasil será o terceiro mais expressivo entre os países de fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep)". Leia mais.

É preciso investir na carreira docente

Da Folha Online

Trecho da coluna do jornalista Héio Schwartsman, na Folha de SP de hoje (13):

Encrenca educacional

"Pesquisa da Faculdade de Educação da USP mostrou que quase metade dos alunos que ingressam nos cursos de licenciatura em física e matemática da universidade não estão dispostos a tornar-se professores. O detalhe inquietante é que licenciaturas foram criadas exatamente para formar docentes". Leia mais.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Serra, o rei das trevas da política

Serra vai mobilizar as trevas para vencer, diz Haddad

Da Agência Estado

"O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, disse hoje que seu adversário, José Serra (PSDB), está fora de si e que o tucano vai "mobilizar as trevas" para tentar vencer a eleição municipal. "Acho que ele está fora de si, ele vai mobilizar as trevas como ele fez em 2010. Tudo que ele pode fazer para ofender a presidente Dilma (Rousseff) ele fez. É uma pessoa que está completamente fora do tom e isso não é o que a cidade quer", disse o petista em resposta às críticas que Serra vem fazendo contra sua campanha e ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado pelo Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão".

Sindicalistas com Haddad

Nota da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo:

Rebelião sindical - Contrariados com o apoio do PDT paulistano a José Serra no segundo turno, dirigentes de seis centrais sindicais marcaram para quarta-feira ato no qual expressarão repúdio ao candidato tucano e embarcarão na campanha de Fernando Haddad. Articulado ontem, o movimento é liderado pela CTB e CUT e terá reforço de alas dissidentes da Força Sindical, UGT, Nova Central e CSB. O manifesto dos sindicalistas pró-Haddad será lido pelo pedetista Brizola Neto, ministro do Trabalho.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

TSE barra Giglio, e petista pode ser proclamado prefeito de Osasco

Do portal G1

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve na noite desta quinta-feira (11), por unanimidade (sete votos a zero) o indeferimento ao registro da candidatura de Celso Giglio (PSDB), que concorreu à Prefeitura de Osasco, na região metropolitana de São Paulo. Giglio ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Apesar da decisão do TSE, cabe ao juiz eleitoral de Osasco –  segundo informou a assessoria do tribunal – decidir se proclama a vitória de Jorge Lapas ou se convoca segundo turno, caso Giglio apresente novo recurso.

Até o momento, a apuração dos votos dá vitória ao petista Jorge Lapas no primeiro turno. Segundo o TSE, Celso Giglio recebeu 149.579 votos, mais que Lapas (138.435). Se os ministros tivessem deferido o registro, haveria segundo turno na cidade.

A corte eleitoral entendeu que Celso Giglio não pode ser candidato porque feriu a Lei da Ficha Limpa quanto teve as contas de sua gestão como prefeito (2001-2004) rejeitadas pela Câmara de Vereadores de Osasco. É a primeira eleição com a vigência da Lei da Ficha Limpa, que estabelece que são inelegíveis os gestores com contas rejeitadas.

A relatora do pedido de Giglio no TSE, ministra Luciana Lóssio, negou o registro de candidatura e foi seguida pelos demais ministros. Ela citou que, entre as irregularidades verificadas pela Câmara de Osasco sobre a gestão de Giglio estão: déficit orçamentário, crescimento da dívida ativa, elevado déficit financeiro e falta de recolhimento de verbas previdenciárias.

Malvadeza lá, Privataria aqui

Abaixo, uma nota da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo:

"Cabeceira - Nelson Pelegrino (PT) prepara-se para encarar ACM Neto (DEM) em Salvador relendo livro cheio de acusações contra o avô do democrata: "Memória das Trevas; devassa na vida de Antonio Carlos Magalhães".

COMENTÁRIO - Na Bahia, o livro conta a história de ACM, conhecido como Toninho Malvadeza. Enquanto isso aqui em São Paulo, o tucano José Serra teme o conteúdo do livro A Privataria Tucana - que desnuda os esquemas de privatização do governo Fernando Henrique Cardoso, do qual Serra foi ministro do Planejamento e da Saúde. A obra, de autoria do jornalista Amaury Ribeiro Júnior, mostra documentos que atribuem a pessoas ligadas a Serra e outros tucanos o desvio de recursos da "privataria tucana".

Nota avalia crescimento do PT em São Paulo

Nota da Executiva Estadual do PT de São Paulo, que reproduzo abaixo:

A Executiva do Partido dos Trabalhadores de São Paulo reunida hoje, 11 de outubro de 2012, vem a público agradecer aos cidadãos e cidadãs, eleitores (as) paulistas pela expressiva votação obtida no último dia 7 de outubro. Respeitamos também os que não votaram no PT e preferiram com isso nos colocar na oposição. Entendemos que a democracia se constrói fortalecendo o contraditório.

Mas esperamos que os eleitores e eleitoras que não estiveram conosco no primeiro turno avaliem nossas propostas e reavaliem seus votos nas cidades em que disputamos o segundo turno.

O PT obteve 5.335.494 de votos (24,1% dos votos válidos). Em termos comparativos, o PSDB, PPS e DEM decresceram eleitoralmente, enquanto nós crescemos com solidez. O PSDB caiu de 32,4% dos votos válidos em 2008 para 25% e o PT cresceu de 17,3% para 24,1%, o que demonstra que com todos os ataques feitos ao PT por um setor da mídia continuamos crescendo em credibilidade junto à sociedade paulista.

Conquistamos 63 prefeituras e estamos disputando o segundo turno em sete cidades: São Paulo, Guarulhos, Santo André, Campinas, Mauá, Diadema, Taubaté e em Jundiaí, em aliança com o PCdoB, correspondente a 11 milhões de eleitores. Disputamos as eleições com chapa de vereadores em 604 municípios, elegemos 665 vereadores. Antes tínhamos 522. Das 300 Câmaras Municipais que tínhamos representantes, passamos para 380. Isso demonstra o aumento da força institucional do PT no estado mais importante do Brasil.

Esse crescimento, bastante positivo e consistente, por um lado, e o enfraquecimento dos nossos adversários de projeto, indica fadiga dos eleitores em relação o modo de governar do PSDB e seus aliados. Por outro, é um resultado da aceitação do modo petista de governar que trás na sua essência a promoção do desenvolvimento econômico com justiça social. É o resultado do balanço positivo dos governos Lula e Dilma que têm promovido a nossa economia, o respeito internacional do Brasil, mas tudo isso com a construção da dignidade de milhões de brasileiros.

Queremos agradecer também a mobilização dos movimentos popular e sindical e dos militantes do nosso partido, de todas as nossas lideranças, vitoriosas ou não, que defenderam com muita garra as bandeiras do Partido dos Trabalhadores, levando o nosso programa para os 604 municípios onde disputamos as eleições.

A Executiva do PT- SP orienta as direções municipais e a militância em cidades onde não fomos para o segundo turno para apoiar as seguintes candidaturas:

Franca - Delegada Graciela (PP)

Ribeirão Preto - Darcy Vera (PSD)

Sorocaba - Renato Amary (PMDB)

Guarujá – Antonieta (PMDB)

Por fim, conclamamos a nossa militância, os movimentos populares e sindicais para se mobilizarem, irem às ruas nos municípios onde estamos disputando o segundo turno para que possamos fazer nossas candidaturas vitoriosas.

Executiva Estadual do PT/SP

11 de Outubro de 2012

Juros básicos da economia continuam caindo

Do portal Terra

BC corta a Selic pela 10ª vez, e atinge novo patamar: 7,25%

"Com a décima redução seguida na taxa básica de juros (Selic) anunciada nesta quarta-feira pelo Banco Central, o índice atinge novo patamar histórico: 7,25% ao ano. A redução de 0,25 ponto percentual vem de encontro com parte das previsões do mercado, já que alguns especialistas acreditavam na manutenção da taxa, que estava em 7,5% ao ano desde a última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), no final de agosto". Leia mais.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Datafolha: Haddad na frente no 2º turno

Do Estadão Online

Primeira pesquisa do segundo turno mostra Haddad à frente com 47%, contra 37% de Serra

"A primeira pesquisa do instituto Datafolha no segundo turno da eleição em São Paulo mostra o petista Fernando Haddad à frente, com 47% das intenções de voto, contra 37% do tucano José Serra. No primeiro turno, Serra teve 30,75% dos votos válidos, e Haddad, 28,98%.

A rodada decisiva da eleição será realizada no dia 28. Na próxima segunda-feira, será reiniciada a campanha na televisão, com dois blocos diários de 20 minutos no horário eleitoral fixo, além das inserções distribuídas ao longo da programação das emissoras. Cada candidato terá direito a 50% do tempo de exposição.

O Datafolha ouviu 2.100 eleitores entre anteontem e ontem. A pesquisa, contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo SP-01851/2012. A margem de erro máxima do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos".

Líder pede "mesmas referências" do STF

Da Rede Brasil Atual

Líder do PT na Câmara pede que STF use mesmos critérios para julgar mensalão tucano

"O líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto, afirmou hoje (10) esperar que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) mantenham a linha de raciocínio adotada para o julgamento da Ação Penal 470, conhecida como mensalão, ao julgar o mensalão do PSDB em Minas Gerais e a compra de votos no Congresso para aprovar a emenda que possibilitou a reeleição de Fernando Henrique Cardoso". Leia mais.

Situação da segurança se agrava em SP

Da Folha Online

Só 3 dos 66 PMs mortos em SP no ano estavam em serviço

"Policiais de folga são as principais vítimas de criminosos que tentam intimidar agentes de segurança do Estado de São Paulo. Dos 66 PMs que estavam na ativa e foram mortos neste ano - até anteontem -, 63 estavam fora do horário de serviço". Leia mais.

O crescimento do turismo no Brasil

Do portal IG

Turismo gera renda de mais de R$ 100 bilhões ao ano no Brasil

"O turismo no Brasil já gera mais de R$ 100 bilhões em renda ao ano. A conclusão é do estudo Economia do Turismo – uma perspectiva macroeconômica – 2003-2009, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No período em questão, a expansão da renda no setor foi mais de dez pontos percentuais superior a alta da média nacional. Na comparação entre 2003 e 2009, foram 32,4%, contra 24,6% de expansão". Leia mais.

A volta do horário eleitoral

Da Folha Online

Horário eleitoral volta a ser veiculado em São Paulo na segunda-feira (15)

"O horário eleitoral gratuito na TV e no rádio voltará a ser veiculado em São Paulo na próxima segunda-feira (15) e segue até a sexta-feira (26), que antecede o segundo turno das eleições". Leia mais.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Resumo da ópera

Do jornalista Paulo Moreira Leite, da revista Época:

"PSDB encolheu 12% em prefeituras. PMDB perdeu 14%. PT cresceu 14%. Ponto final".

PMDB com Haddad em São Paulo

Do UOL Notícias

Lula e Temer selam apoio do PMDB a Haddad

"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve na manhã desta terça-feira (9) na casa do vice-presidente Michel Temer para fechar o apoio do PMDB à candidatura do petista Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. O encontro contou com a participação de Haddad e do candidato derrotado Gabriel Chalita (PMDB)". Leia mais.

O crescimento do PT nas maiores cidades

Da Folha Online

PT e PSDB têm melhores resultados no grupo das maiores cidades do país

"PT e PSDB saíram na frente na disputa pelo comando das 83 maiores cidades do país, aquelas com mais de 200 mil eleitores. Nesse grupo - que representa 1,5% das prefeituras, mas 36,5% do eleitorado--, o PT venceu 8 prefeituras no primeiro turno e disputará segundo turno em 22. O potencial do partido é de chegar ao comando de 30, contra 21 que administra hoje". Leia mais.

Paulo Preto e Serra: "Que nem abraço de gambá"

"Na altura de Osasco, Paulo Souza falou de José Serra. “Toda a campanha do Serra foi em cima do Rodoanel, da Marginal, da Jacu Pêssego, das pistas de ciclismo. E quem fez tudo isso?”, indagou. “Aí ele vem dizer que não sabe quem eu sou.” Depois de alguns segundos em silêncio, disse sem ironia. “Eu tenho que agradecer ao Serra. Não vou falar mal dele nunca como gestor porque ele me permitiu fazer essas obras para a MINHA biografia.” Em seguida, deu uma risada e disse: “Eu e ele somos que nem abraço de gambá: pode separar, mas fica o cheiro.”

O trecho da matéria acima que reproduzo é do perfil do engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, publicado pelo revista Piauí. Ele foi responsável pelas obras que movimentaram os maiores volumes de recursos nos governo tucanos em São Paulo nos últimos anos, especialmente na administração de José Serra.

Por ter sido "abandonado" por dirigentes do PSDB e acusado de sumir com dinheiro arrecadado para campanha, Paulo Preto tornou-se um incômodo para o partido. Quem mais teme suas aparições e falas é o candidato Serra, responsável por sua indicação, que tentou tratá-lo com desprezo quando seu nome veio à tona em 2010, na campanha eleitoral.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Boa notícia: mais mulheres na política

Do portal G1

Número de mulheres eleitas prefeitas no 1º turno aumenta 31,5% no país

"Com a quase totalidade de urnas apuradas, o número de mulheres eleitas para as prefeituras no 1º turno aumentou 31,5% nestas eleições em relação ao 1º turno de 2008, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)". Leia mais.

Oposição encolhe; PT e PSB crescem

Do portal G1

PMDB e PSDB encolhem, e PT e PSB avançam em número de prefeituras

"O PMDB e o PSDB tiveram menos prefeitos eleitos em todo o país no primeiro turno deste ano, em comparação com as eleições municipais de 2008, enquanto o PT e o PSB ampliaram o número de prefeituras". Clique no quadro abaixo para ampliar.

Reprodução do G1

Leia mais aqui.

Haddad: Serra não tem programa de governo

Do site da Rádio Jovem Pan

Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o candidato Fernando Haddad (PT) avaliou que a tentativa do tucano José Serra de nacionalizar a campanha. Ele tentará fazer isso para fugir do tema central: o programa de governo, "que não tem".

Veja aqui o link para ouvir a entrevista:

Renovação recorde na Câmara Municipal de SP

Da Folha Online

Câmara de São Paulo terá 40% de renovação

"A Câmara Municipal de São Paulo terá renovação de 40% no próximo ano -em 2008, a troca foi de apenas 29%, a menor em décadas. Dos 55 vereadores da próxima legislatura, 22 serão novos. Entre os atuais parlamentares, 18 não conseguiram se reeleger e quatro não eram candidatos". Leia mais.

PT cresce ainda mais nestas eleições

Do site 247

PT TEVE MAIOR NÚMERO DE VOTOS ABSOLUTOS

"Os rumores sobre a morte do PT, assim como do escritor Mark Twain, de fato eram precipitados. Computadas as urnas, o partido teve o maior número de votos absolutos: 17,25 milhões, contra 16,68 milhões do PMDB, 13,91 milhões do PSDB e 8,58 milhões do PSB". Leia mais.

SP terá disputa nacional contra tucanos

Do Estadão Online

Haddad diz que vitória é projeto nacional e busca PRB

"A campanha do candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad (PT), vai adquirir contornos nacionais no 2.º turno contra José Serra (PSDB). Minutos após ser confirmado na segunda rodada da disputa, o petista disse que buscará aliança com Celso Russomanno (PRB), que terminou em terceiro lugar, e com todos os partidos da base de sustentação do governo Dilma Rousseff". Leia mais.

domingo, 7 de outubro de 2012

Lula: Haddad no segundo turno

Da Folha Online

Lula diz que está otimista sobre ida de Haddad para 2º turno

"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se mostrou otimista sobre a ida de Fernando Haddad (PT), candidato à Prefeitura de São Paulo, ao segundo turno. O petista também disse na manhã deste domingo (7) que a população não está preocupada com o julgamento do mensalão".

sábado, 6 de outubro de 2012

Pesquisas: embolou de vez em SP

Do Estadão Online

Haddad, Russomanno e Serra aparecem empatados, revela Ibope

"Os três principais candidatos à Prefeitura de São Paulo aparecem empatados na última pesquisa Ibope/TV Globo/Estado, feita entre quinta-feira, 4, e este sábado, 6. Celso Russomanno (PRB), José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) teriam, cada um, 22% em votos totais. Se a eleição fosse hoje, os três candidatos teriam 26% em votos válidos. Gabriel Chalita (PMDB), em quarto lugar, teria 11% em votos totais e 13% dos votos válidos". Leia mais.

Disputa acirrada

Da Folha Online

PT e PSDB lideram nas grandes cidades

"Tucanos e petistas são os que estão com chances de vencer ou de ter votações expressivas na maior parte das cidades grandes do país.É o que mostram as pesquisas mais recentes no grupo de municípios que incluem 26 capitais e os 59 com mais de 200 mil eleitores --e por isso podem ter segundo turno". Leia mais.

Votar para fortalecer a democracia

Por João Antonio

Amanhã os brasileiros, mais um vez, estarão escolhendo seus representantes nas Câmaras Municipais e os chefes dos poderes executivos locais, responsáveis por cuidar do presente e do futuro em perspectiva em todos os municípios. Não é pouco. Trata-se de uma enorme responsabilidade, afinal é no município que vive o cidadão.

Nos tempos contemporâneos a vida acontece em sociedade, ou seja, há uma interdependência nas relações humanas. A associação de pessoas não é simplesmente um ato organizativo voluntário de alguns iluminados. É uma vontade de todos que percebem que a vida isolada é desvantajosa e que, associando-se, alcançarão melhor qualidade de vida com maior facilidade.

O Estado é produto do desejo humano de viver em sociedade. Como diziam alguns iluministas: "para alcançar a paz e evitar a guerra de todos contra todos, o ser humano abre mão de parte sua liberdade, pactua regra de conduta e atribui a um terceiro - o Estado - poderes para intervir, se necessário utilizando a força, para fazer valer as normas e regras pactuadas e aceitas por todos".

Note que a qualquer sociedade civil as pessoas se vinculam voluntariamente. No caso do Estado, a pessoa nasce pertencendo a um deles, e por toda a sua vida estará submetido às regras estabelecidas, sob pena de sofrer consequências punitivas para impedir as desavenças sociais.

A democracia, produto da evolução política da humanidade, é a forma de governo mais adequada para, na diversidade, respeitando características e anseios de cada indivíduo, todos possam buscar, no somatório de esforços coletivos, caminhos mais curtos para alcançar seus objetivos. É por isso que na hora de escolher aqueles que decidirão em seu nome, o cidadão-eleitor terá de ser muito criterioso. Não basta carisma. É preciso verificar se o candidato tem conduta reta, espírito público, determinação de propósitos, competência para realizar, em sintonia com a vontade popular, um programa de governo que atenda a expectativa social. E no caso destas eleições, projete para além do seu tempo, uma cidade que ofereça, progressivamente, qualidade de vida para todos os seus moradores.

Como vem afirmando a Justiça Eleitoral: "voto não tem preço, tem consequência". Portanto, eleitor, saiba escolher aqueles que o representarão nos próximos quatro anos. Fortalecer a democracia é escolher para conduzir os negócios do Estado pessoas conscientes de que cargo público é para vocacionados a se dedicarem às causas coletivas.

As eleições sempre são um bom momento para o eleitor excluir da política visões patrimonialistas ou personalistas. Um momento adequado para fortalecer representantes que vêem a política na proporção da grandeza de um povo e sua vontade. Representantes que façam da política um instrumento de encontro e reencontro constante com seus representados, uma via de mão dupla na relação com o povo.

Votar não é uma relação pragmática ou emocional, pelo contrário é um compromisso programático, onde o candidato a representante, para obter a confiança de seu futuro representado, faz juramento de compromissos com causas coletivas de curto, médio e longo prazo e, em troca, recebe a confiança do eleitor para conduzir, em seu nome, as coisas do Estado.

Seja criterioso na sua escolha. Vote consciente e faça uma boa escolha!

Bom domingo!

João Antonio é advogado e deputado estadual em São Paulo.

Uma bela canção do Chico!

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Serra censura jornal dos bancários de SP

Do Correio do Brasil

Serra censura publicação por expor seu “currículo”

"As informações que “denigrem” a imagem de José Serra (PSDB) e são capazes de provocar “dano irreparável” à sua candidatura para prefeito de São Paulo – segundo as palavras do despacho judicial que censurou e apreendeu a edição de quinta-feira do jornal Folha Bancária – estão em um texto de quatro parágrafos que resume a trajetória política e administrativa do tucano e informa, no final, que ele ainda não apresentou programa de governo.Leia mais.

Sandra tem forte apoio à reeleição em Registro

A prefeita Sandra Kennedy (foto ao lado) administra a cidade de Registro, no Vale do Ribeira, há quatro anos e vai à reeleição com forte apoio popular.

Participei na noite de ontem de comício em apoio à sua recondução à Prefeitura de Registro e pude comprovar a popularidade dela. Sua administração é um dos retratos do modo petista de governar, com parcerias com o governo federal e apoio por meio de programas sociais, investimentos em educação, saúde, esportes, lazer e cultura.

Registro está melhor com Sandra e deve continuar. Por isso apoio sua reeleição e acredito na sua vitória!

Novo teto de programa federal

Da Folha Online

Minha Casa, Minha Vida eleva limite de imóvel financiado para R$ 190 mil

"O conselho curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) elevou o valor máximo dos imóveis financiados de R$ 170 mil para R$ 190 mil pelo programa de habitação popular Minha Casa, Minha Vida. O novo teto vale para o Distrito Federal e para as regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro". Leia mais.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Viagens em campanha pelo interior

MEU APOIO AO DR. PEDRO NA CIDADE DE JACUPIRANGA, NO VALE DO RIBEIRA

Na reta final da campanha, dedico algumas horas para apoiar nossos candidatos pelo interior do Estado. Hoje vou às cidades de Registro e Jacupiranga, no Vale do Ribeira. Estamos fortalecendo o trabalho para garantir a ampliação da presença do PT em mais regiões do Estado de São Paulo.

Ontem à noite estive na campanha do candidato do PT à prefeitura de Campinas, Márcio Pochmann. Também acompanhei meu candidato a vereador na cidade, Gilberto Mineiro.

Sobre pesquisas e divergências

Do Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães

Datafolha e Ibope concordam e diferem simultaneamente em SP

"Pesquisa Datafolha divulgada ontem mostra tendência de dois candidatos a prefeito de São Paulo que diverge da que aponta o Ibope. Entre meados de setembro e o começo desta semana, o primeiro instituto aponta José Serra sempre acima de Fernando Haddad enquanto que o segundo os mostra embolados". Leia mais.

Boa notícia na saúde

Da coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo:

BOA FORMA

"Idosos que aderiram ao programa da ANS (Agência Nacional de Saúde) que dá bônus na mensalidade de planos de saúde a pacientes que deixam de fumar e passam a se exercitar já mostra resultados. Pesquisa entre os 1,2 milhão que aderiram à ideia mostra que a internação entre eles caiu 70%; 67% conseguiram deixar o cigarro e 62% perderam peso".

MPE de volta ao caso "Controlar" em SP

Da Folha Online

Kassab é denunciado por crime de responsabilidade no caso Controlar

"O Ministério Púbico de São Paulo denunciou à Justiça o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), sob acusação de crime de responsabilidade na contratação da Controlar para a implantação do programa de inspeção veicular. A Promotoria também apresentou denúncia contra Ivan Pio de Azevedo, o ex-presidente da empresa". Leia mais.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tracking do PT apura Haddad à frente de Serra

Do blog do jornalista Luis Nassif

Haddad abre 5 pontos sobre Serra no tracking do PT

"Último tracking do PT: Russomano: 29; Haddad: 21; Serra: 16; Chalita: 9".

Serra encurralado por vendedora no Metrô

Um Brasil cada vez melhor

Do jornal Valor Econômico

"Queremos um Brasil de classe média", afirma Dilma

"A 36ª presidente do Brasil inclina-se para frente e lança um olhar atento ao redor da mesa, certificando-se de que ninguém ignore a ideia simples, mas ousada, do que ela quer para o país. Após quase dez anos de governo do Partido dos Trabalhadores (PT), a maior economia da América Latina reduziu as taxas de pobreza e avançou bastante no caminho para a redução da desigualdade - uma tendência que contraria a ampliação do fosso em outros países.

"Isso é um avanço muito importante para o Brasil, ou seja, a transformação do país numa população de classe média", diz a presidente Dilma Rousseff em seu gabinete no Palácio do Planalto, em Brasília, a maravilha modernista de mármore projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. "Queremos isso, queremos um Brasil de classe média". Leia mais.

Será que o motivo é eleitoral?

A matéria abaixo é da Folha Online

Manutenção na rede de abastecimento de água na zona oeste de SP é adiada

"A manutenção na rede de abastecimento de água na avenida Engenheiro Heitor Antonio Eiras Garcia, no Jardim Esmeralda, zona oeste de São Paulo, foi cancelada, de acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

Em seu perfil no Twitter, a Sabesp informou por volta das 23h desta terça-feira (2) que "a manutenção programada para amanhã na zona oeste foi adiada".

A obra estava programada para ser realizada nesta quarta-feira (3) e deixaria 65 mil pessoas em 12 bairros paulistanos sem água entre às 8h e às 16h. A Companhia não informou o motivo do adiamento nem qual a nova data para a realização do serviço".

COMENTÁRIO DO BLOG - Estranho a Sabesp não informar o motivo do adiamento de algo que deve ser rotineiro. Mais estranho ainda que esta medida tenha sido adotada justamente a poucos dias das eleições municipais, quando o candidato tucano José Serra (ex-governador e ex-prefeito) patina nas pesquisas e corre o risco de não ir ao segundo turno.

Claro que ninguém gosta de suspensão de abastecimento de água, mas seria absurdo sabermos depois que a motivação teria caráter eleitoral. São Paulo não merece passar por algo assim!

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Vídeo: Isac do Carmo para prefeito de Taubaté

Justiça questiona contratos com OSs em SP

Notas da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, informam sobre a decisão judicial que decreta nulos os contratos feitos pelo governo com Organizações Sociais de Saúde (OSs), que administram hospitais e ambulatórios em São Paulo. Leia abaixo:

"Parcerias... A juíza Carla Kutby, da 3ª Vara do Trabalho de São Paulo, acatou pedido do Ministério Público e decretou a nulidade de todos os contratos de gestão firmados pela Secretaria da Saúde com Organizações Sociais.

... em xeque Na sentença, ela diz que os acordos promoveriam terceirização ilícita da saúde. Com isso, 37 hospitais e 50 serviços ambulatoriais correm o risco de parar".

Até o Viscome está com o Russomano

O ex -vereador Vicente Viscome (PRP), cassado e preso por pertencer à máfia dos fiscais no governo Celso Pitta, é candidato a vereador pela coligação que apoia o candidato a prefeito do PRB, Celso Russomano.

À Justiça Eleitoral, Viscome declara um patrimônio superior a R$ 13 milhões, distribuído entre casas, apartamentos, automóveis, contas e investimentos.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Estado precisa investigar assunto a fundo!

Da Folha Online

Arquivos de facção criminosa chegam a 'chefes' na prisão por pen drive

"Cerca de 400 documentos apreendidos em operações policiais obtidos pela Folha revelam que a organização criminosa PCC possui ramificações em 123 das 645 cidades do Estado e tem nas ruas um total de 1.343 bandidos.

Esse número equivale ao contingente de dois batalhões da Polícia Militar e é quase o dobro do número de homens da Rota -considerada a tropa de elite da polícia paulista.

A facção, que está espalhada por todas as regiões do Estado, é hoje a principal suspeita de cometer uma série de ataques contra as forças policiais do Estado. Até ontem, desde o começo do ano, 73 PMs foram assassinados". Leia mais.

Serra: quem conhece, não vota!

Muito boa a declaração de voto em Fernando Haddad (PT) do premiado escritor Fernando Morais. Ele disse que não vota no Serra "porque conhece o Serra". Veja o que ele diz e por que vota no Haddad:

Brasil prepara expansão da taxa de investimentos

Do jornal Valor Econômico

Governo quer expandir investimento em 10%

"O governo trabalha para aumentar a taxa de investimento da economia em 10% no próximo ano, elevando o estoque para algo próximo de 20% do Produto Interno Bruto (PIB). Essa taxa, medida pela Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), isto é, a compra de bens de capital (máquinas e equipamentos) e os gastos com construção civil, estava em 17,88% do PIB no segundo trimestre, a mais baixa desde o terceiro trimestre de 2009". Leia mais.

Eventos de rua em SP com Lula e Haddad

A coluna Painel, da Folha de S. Paulo, anuncia hoje que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu participar de diversos eventos de rua com o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad.

COMENTÁRIO - A estratégia visa reforçar o apoio de Lula e garantir a passagem de Haddad ao segundo turno na disputa municipal. A tendência do candidato petista no segundo turno é apontada por praticamente todas as pesquisas de intenção de votos.