segunda-feira, 31 de outubro de 2011

PT do Guarujá lança plano de governo



Participo nesta noite, no Diretório do PT do Guarujá, do seminário Plano de Governo do PT do Guarujá - O jeito petista de governar. Falamos sobre as experiências de governo, dos resultados colhidos, dos desafios e das perspectivas para o partido no Estado nas eleições de 2012 e 2014.

Compõem a mesa de debates comigo o vereador Edilson Dias, Dr. Sidney Aranha, Jair Tatto, Milton (presidente do PT do Guarujá), Iduigues (da Executiva Estadual, Secretário de Assuntos Institucionais), vereador Nelsomar, Emerson (coordenador da Macro Baixada), Parizoto (presidente do PT Itanhaém), vereadora Regina (PT Itanhaém) e Janaina Ballaris (presidente do PT Praia Grande).

CLIQUE AQUI E VEJA ÁLBUM DE FOTOS DO EVENTO.

Diadema investe em novos ônibus adaptados

A Prefeitura de Diadema, na região do ABCD paulista, anuncia para o dia 27 de novembro próximo, a substituição de todos os ônibus antigos por veículos 100% adaptados para pessoa com mobilidade reduzida.

A intenção da administração municipal é acabar com filas de cadeirantes à espera de ônibus adaptado. "Qualquer veículo terá um elevador para as pessoas com problema de mobilidade", disse o secretário de Transportes de Diadema, Ricardo Peres.

As informações são do jornal ABCD MAIOR.

Prefeitura de SP não faz a lição de casa


Do Jornal da Tarde

Prefeitura cria lei que não segue

ADRIANA FERRAZ


"Quando a nova lei das calçadas entrar em vigor, nos próximos dias, a gestão Gilberto Kassab (PSD) vai ter de fazer a lição de casa, se quiser dar exemplo. Em toda a cidade, há buracos e obstáculos que dificultam a passagem em frente a escolas municipais, postos de saúde, prédios de subprefeituras e em calçadões históricos, como o do Vale do Anhangabaú.

Os exemplos mostram que caminhar por calçadas de endereços que abrigam equipamentos públicos não é tarefa fácil em São Paulo, apesar de a nova legislação focar apenas imóveis particulares, que poderão ser fiscalizados até por funcionários terceirizados. Em novembro, o morador que não consertar um buraco em frente à sua casa correrá o risco de pagar multa mínima de R$ 300". Leia mais.

domingo, 30 de outubro de 2011

Atividades com o grupo de Toninho Kalunga


Boa parte das minhas atividades políticas deste domingo se concentram em evento na Câmara Municipal de Cotia, na Grande São Paulo, com pessoas ligadas ao mandato do vereador Toninho Kalunga (PT). O parlamentar é pré-candidato a prefeito da cidade pelo PT e um dos mais respeitados nomes da região por conta da sua atuação firme no legislativo.

No evento organizado pela equipe do Toninho minha fala é sobre a conjuntura atual, as estratégias do PT para consolidar nomes importante para a disputa 2012 e os reflexos desse processo na sucessão estadual de 2014.

Em seminário sobre programa de governo, destaquei a ideia de consolidar a ação de prefeitos, vereadores e lideranças petistas, além de representações dos movimentos sociais, para fortalecimento do partido nestas disputas que se avizinham.

No caso de Cotia, frisei "que a cidade merece um governo que respeite o povo, e que tenha como centro de sua meta de ação a melhoria da qualidade de vida da maioria da população".

Sobre a famosa mania de perseguir de José Serra


Da Folha de S. Paulo

Deixei PSDB porque Serra me perseguia, diz Chalita

VERA MAGALHÃES - BERNARDO MELLO FRANCO


"O pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita, diz que foi perseguido pelo ex-governador José Serra e que, por isso, trocou o PSDB pelo PSB.

Sempre conciliador, Chalita adota um tom mais duro quando vai se referir ao tucano, a quem atribui um suposto retrocesso nas políticas educacionais no Estado". Leia mais.

sábado, 29 de outubro de 2011

É sempre bom refletir: Titãs

Aumenta confiança do consumidor na economia

Do Jornal da Tarde

Consumidor se mantém confiante


"Apesar da crise econômica internacional, o otimismo do consumidor brasileiro aumentou pelo segundo mês consecutivo, revela pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada ontem. Em outubro, o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) cresceu 0,5% na comparação com setembro, quando o indicador já havia crescido 0,4%, em relação a agosto". Leia mais.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Um bela canção sertaneja!

Casa de caboclo - Nono e Naná

A economia se prepara para o Natal 2011


Do IG Economia

Lojistas fazem fila para entrar em shopping centers


"A poucas semanas da abertura da nova temporada de vendas de Natal, em novembro, não há espaços vazios nos shoppings centers brasileiros. Em alguns deles, nos mais bem localizados pelo menos, os lojistas precisam até mesmo entrar na fila para conseguir um ponto disponível, dependendo do tipo de negócio e do tamanho da área de venda.

Ao contrário dos Estados Unidos, onde as marcas da crise econômica são visíveis nos centros de compra, a taxa de ocupação dos shoppings no Brasil atingiu recentemente o recorde histórico de 98,4%, segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce)". Leia mais.

Do fundo do baú

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Nova exposição no Espaço Cultural da ALESP


O Espaço Cultural da Assembleia Legislativa prepara a abertura de uma nova exposição ao público. Desta feita, serão pinturas de autores cearenses - na mostra intitulada "Gente do Ceará". A produção é de artistas da Universidade do Ceará. Será aberta ao público a partir de 31 próximo. Ficará na ALESP até o dia 12 de novembro.

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS DA EXPOSIÇÃO NA ALESP.

Movimento popular e o 'enterro' das investigações

MANIFESTAÇÃO POPULAR COBRA CPI DA VENDA DAS EMENDAS NA ALESP

Entidades da sociedade civil organizada realizam ato público em frente à Assembleia Legislativa pedindo a abertura de uma CPI para investigar as denúncias de venda de emendas parlamentares. O tema domina o noticiário há algum tempo, mas o governo do Estado e sua base de apoio na ALESP tentam impedir qualquer investigação dos desvios denunciados por integrante da própria base de sustentação do governo Geraldo Alckmin (PSDB).

GOVERNISTAS MANOBRARAM PARA ENTERRAR AS INVESTIGAÇÕES

Antes do início da manifestação popular em defesa da CPI das emendas, deputados governistas fincaram pé na ideia de "enterrar" qualquer possibilidade de investigar este grave problema. A bancada do PT na ALESP protestou contra essa manobra do PSDB e aliados no Conselho de Ética da Casa e cobra transparência total na destinação e aplicação do dinheiro público.

Suspensa eleição para nova diretoria da ASHC

A Justiça suspendeu o processo eleitoral na Associação dos Servidores do Hospital das Clínicas (ASHC). A chapa Novo Rumo, encabeçada por Sérgio de Oliveira, conseguiu liminar que suspende processo sucessório marcado para começar hoje e terminar amanhã no Complexo HC.

O judiciário acolheu os argumentos da chapa "Novo Rumo" de que as regras eleitorais favoreciam o atual presidente, Gerson Bastista. Desse modo, será marcada nova assembleia para definir nova data e regras para o pleito.

Serra atrasa ainda mais a vida do PSDB


Do Estadão Online

PSDB perde direito de veicular programa nacional


"O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) condenou hoje o PSDB à perda do direito de veicular o próximo programa nacional da legenda e também 12,3 minutos de inserções ao longo da programação televisiva. As propagandas deveriam ser transmitidas entre o final deste ano e o início do próximo. O programa nacional seria veiculado na primeira metade de 2012.

O TSE decidiu punir o partido ao concluir que a propaganda veiculada pela sigla no primeiro semestre de 2010 foi usada com o objetivo de promover a candidatura de José Serra, que disputou no ano passado a Presidência da República. O espaço é reservado aos partidos para divulgação da atividade das legendas e não para propaganda de candidatos. O tribunal também decidiu multar o PSDB em R$ 50 mil e José Serra em R$ 20 mil". Leia mais.

Ato pedirá CPI da venda de emendas na ALESP


Nesta quinta-feira, às 14h, diversas entidades da sociedade civil organizada realizam ato em frente a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo para exigir a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI da venda de emendas. O escândalo do governo tucano foi denunciado por integrante da própria base de apoio do governador Geraldo Alckmin.

O ato é promovido pelas entidades: CUT, CMP, UMM, MMM, FLM, Afubesp, Comitê Lutar não é Crime, Apeoesp, PT, PCdoB, Psol e PDT.

Crédito deve avançar em ritmo acelerado

Do jornal Valor Econômico

Crédito pode avançar mais de 19% no ano


"A expansão do estoque de crédito em 2011 ultrapassará os 17% projetados pelo Banco Central (BC), caso a variação mensal registrada em setembro se repita na média dos últimos três meses do ano. Se o crescimento for em média de 1,8% ao mês no último trimestre, a taxa de expansão de 2011 passará de 19%, ficando mais próxima dos 20,6% vistos em 2010". Leia mais.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Experiência e renovação no PT de Barra Bonita

DR. CELSO ARANHA, EU E O PRESIDENTE DO PT, MARCELO CAVINATTO

Recebi hoje a visita do médico Celso Aranha e do presidente do PT de Barra Bonita, Marcelo Cavinatto. Nossa conversa girou em torno da escolha do nome do Dr. Celso como pré-candidato a prefeito da cidade pelo Partido dos Trabalhadores no ano que vem. O blog ouviu o médico de Barra Bonita.

ENTREVISTA DR. CELSO ARANHA:

O blog conversou com Celso Aranha, que é médico e ex-vereador de Barra Bonita. Ele vê um bom momento para o PT também na região por conta das políticas inclusivas implementadas no país nos governos do presidente Lula e da presidenta Dilma, cujas mudanças a população sente de perto. Leia abaixo trechos da entrevista:

Blog - Quais perpectivas o senhor vê para o PT na região?

Celso - As políticas do governo federal se consolidaram. A qualidade de vida do povo melhorou, a renda é mais alta e isso é algo que se vê em todos os lugares. Além disso, o PT está mais maduro e isso fica claro na receptividade da população quando falamos de política futura na cidade. Isso demonstra que as propostas do PT vem ao encontro do desejo popular.

Blog - O senhor tem uma ligação histórica com a esquerda e o seu nome é bastante conhecido. Isso ajuda numa eventual disputa com outros nomes também conhecidos na cidade?

Celso - Tenho um trabalho antigo no setor público da região e contato direto com a população. Percebo que o sentimento popular aponta para o crescimento da aprovação do PT, que tem lideranças renovadas e comprometidas com as políticas públicas. Isso nos diferencia historicamente.

Blog - O PT pode sair mais forte na disputa de 2012?

Celso - É para isso que o partido está trabalhando, todo mundo engajado para que nossas propostas possam encontrar ressonância na sociedade.

A pré-candidatura do Fiúza em Monte Mor


Em visita recente que fiz à cidade de Monte Mor, na região de Campinas, participei de encontro do PT municipal que escolheu Cícero Fiúza (foto) como pré-candidato à prefeitura daquela cidade em 2012.

Veja abaixo reprodução de matéria do jornal Todo Dia sobre a decisão tomada pelo PT local.



Cícero Fiúza escolhido como candidato a prefeito pelo PT na cidade

Por THOMAZ FERNANDES - MONTE MOR
Foto: PAULO R. SANTOS - TODO DIA IMAGEM

"Cícero Fiuza foi escolhido ontem como pré-candidato do PT para a disputa à Prefeitura de Monte Mor ano que vem. Encontro da legenda que inicialmente seria uma disputa entre o presidente da sigla, Fiuza, e o comerciante Marinaldo Ribeiro, se tornou um ato para referendar um acordo entre ambos.

A decisão de antecipar o anúncio, que normalmente é feito meses antes do pleito, foi tomada para que o partido comece a costurar alianças com outras legendas. “Vamos buscar coligações com partidos da base de governo em âmbito federal. Já temos conversas com PTB e PSB; o PMDB acena com um candidato próprio. Mas a ideia é articular alianças com todos”, afirmou Fiuza.

O PT definiu que só não vai tentar conversar com legendas que fazem oposição ao PT em âmbito nacional, como PSDB, PPS e DEM.
Para o pré-candidato, o ideal seria que ocorressem prévias no começo de 2012. Ele considera que haveria mais tempo de debates sobre planos de governo e propostas para o município, mas o problema, segundo Fiuza, é que o processo já foi antecipado. “Outros pré-candidatos já estão na rua em contato com o eleitorado, não podemos ficar atrasados”, completou.

O encontro reuniu cerca de 200 pessoas e contou com a presença do deputado estadual João Antônio (PT), que no ano passado recebeu 1,6 mil votos em Monte Mor. “Vim acompanhar a escolha e tenham certeza que vou voltar antes da eleição.”

Novembro: Frente Parlamentar da Coleta Seletiva


Meu mandato prepara para o mês que vem o lançamento da Frente Parlamentar pela Implantação de uma Política Estadual de Coleta Seletiva. A intenção da frente é fomentar o debate para que a coleta seletiva seja ampliada como política de Estado em todos os municípios paulistas.

DADO E POLÍTICA DE ESTADO - Das 645 cidades paulistas, segundo dados do Compromisso Empresarial pela Reciclagem (Cempre), apenas três têm pleno acesso a programas de coleta seletiva. Os municípios do Estado onde a coleta é plena são São Bernardo do Campo, Santo André e Santos.

A cerimônia de lançamento da frente acontecerá dia 25 de novembro deste ano, a partir das 19h 30, no Auditório Franco Montoro, na Assembleia Legislativa. O evento é aberto à participação de todos os interessados.

Visitando a cidade de Mairiporã

Visitei na manhã desta quarta-feira a cidade de Mairiporã, a convite do prefeito Antônio Aiacyda. Debatemos sobre temas de interesse do município. Coloquei meu mandato à disposição para colaborar com a administração local no que diz respeito a projetos que melhorem a infra-estrutura da cidade.

CONCURSO PÚBLICO - A Prefeitura de Mairiporã abriu hoje as inscrições para concurso público para preenchimento de 114 vagas em 63 cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 564,93 a R$ 1.831,50. As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de novembro pelo site www.consesp.com.br.

Mais crédito para microempreendedores


Do jornal Valor Econômico

Caixa reserva R$ 64 milhões para microempreendedores neste ano


"Disponível nas 2.250 agências da Caixa Econômica Federal (CEF), o Crescer -Programa Nacional de Microcrédito Orientado (PNMPO) oferece empréstimos a microempreendedores de diversos ramos. As linhas de financiamento têm teto de R$ 15 mil, com taxa de juros de 0,64% ao mês ou 8% ao ano. O tíquete médio varia de R$ 1 mil a R$ 2 mil, com prazo de pagamento de 4 a 24 meses. "A média das operações deverá ficar na casa dos R$ 2 mil. A expectativa é de fechar 56 mil contratos até dezembro, num total de R$ 64 milhões", afirma Ivan Domingues das Neves, superintendente nacional de programas sociais da CEF". Leia mais.

Os números oficiais e suas contradições

Depois de polêmicos casos na área da segurança pública - com denúncias de manipulação de informações dos boletins de ocorrência -, nunca é demais ficar com um pé atrás em relação aos números oficiais do governo de São Paulo quando se trata de dados sobre criminalidade.

Veja trecho de reportagem da Folha de S. Paulo

SP tem alta nos casos de latrocínio e queda de homicídios em 2011
:

"O número de latrocínios nos primeiros nove meses do ano subiu 4,43% em relação ao mesmo período de 2010 no Estado de São Paulo, de acordo com dados da SSP (Secretaria de Segurança Pública) divulgados nesta terça-feira. Segundo a secretaria, foram 203 casos de roubo seguido de morte entre janeiro e setembro de 2010, contra 212 casos em 2011.

O número de homicídios no Estado, no entanto, caiu se comparados os nove primeiros meses de 2011 com o mesmo período do ano anterior. De acordo com a secretaria, foram registrados 3.218 homicídios dolosos (quando há intenção de matar) entre janeiro e setembro de 2010, contra 3.056 casos em 2011 --uma queda de 5,03%". Leia mais.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sobre a polêmica das emendas orçamentárias

Em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa na noite desta terça-feira falei sobre a polêmica das emendas parlamentares que toma conta do noticiário há bastante tempo. Questionei a histórica falta de transparência na execução orçamentária do Estado de São Paulo em sucessivos governos do PSDB.

Na minha fala, lembrei o papel fundamental do Estado, que é promover o bem-comum, e que os ocupantes dos cargos de direção do aparelho estatal deveriam ser permeáveis aos interesses da população.

Outro ponto que abordei diz respeito ao caráter autorizativo do orçamento que é votado pelos deputados estaduais. Frisei que o governador tem o poder de remanejar 40% dos recursos orçamentários - o que classifico como "absurdo". Lembrei também que a maior parte do orçamento não pode ser remanejada, uma vez que é "carimbada" (para pagar salários etc). Desse modo, sobra pouco dos 100% da peça orçamentária que podem ser objeto de alteração. Assim, o governador monopoliza praticamente todo o orçamento, tornando-o uma verdadeira "peça de ficção".

Finalizei meu proncunciamento apelando para uma mudança na postura da Assembleia Legislativa para que cumpra seu papel de fiscalizar o poder executivo. Isso evitaria com que o governador tivesse em mãos um verdadeiro "cheque em branco" com o dinheiro público, uma vez que controla a parte que pode ser remanejada e não ouve a sociedade em suas principais demandas. Lembrei que já passou da hora dos deputados reagirem ao controle que o executivo tem deste importante poder que é o legislativo.

Presidente do BNDES na ALESP


Assembleia recebe presidente do BNDES

Imprensa PT ALESP


"As comissões de Infraestrutura e de Atividades Econômicas , com o apoio da Bancada do PT, realizam nesta quarta-feira (26/10), às 10h, no auditório Paulo Kobayashi , mais um ciclo de diálogos sobre a participação das entidades de fomento do governo federal nos investimentos públicos e privados no Estado de São Paulo.

Desta vez o convidado é o presidente do Banco Nacional de Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho.

Os desembolsos do BNDES atingiram R$ 55,8 bilhões no primeiro semestre deste ano. Embora a expectativa do Banco seja de estabilidade nas liberações, os números do semestre mostram uma intensificação dos financiamentos aos projetos de infraestrutura e ampliação do apoio às empresas de menor porte. O suporte dado à economia por estes investimentos, menos suscetíveis ao impacto de crises externas, é um grande diferencial do Brasil em relação ao cenário internacional

O desempenho das micros pequenas e médias empresas, com participação crescente nos desembolsos totais do Banco, foi o grande destaque no primeiro semestre do ano. As liberações às MPMEs somaram R$ 23,2 bilhões em janeiro/junho último, representando 42% do total. Em 2010, essa participação era de 32% e, em 2009, havia sido de 22%".

Memória da Oposição Sindical Metalúrgica de SP

Fico feliz com o resgate de uma história que é de todos nós. Trata-se do Projeto Memória da Oposição Sindical Metalúrgica de São Paulo. Tem fotos, revista, vídeos e outros materiais que mostram a organização popular em seus melhores dias. São lutas que fazem parte da minha formação política e de toda uma geração.

Diz a apresentação do Projeto Memória:

"O objetivo do Projeto Memória da Oposição Sindical Metalúrgica de São Paulo é resgatar o que foi essa experiência. Pelo testemunho vivo dos sujeitos dessa História, dirigentes, militantes, apoiadores e simpatizantes, de todas as tendências e correntes políticas que tiveram participação nesse processo, sem nenhum tipo de censura ou discriminação".

Saiba mais acessando o site do PROJETO MEMÓRIA.

Clique abaixo e assista ao vídeo do encontro realizado recentemente em SP.

Cena urbana: família que vive da reciclagem

A foto abaixo foi captada pela sensibilidade de Devanir Amâncio, presidente da ONG Educa São Paulo, em suas andanças pelas ruas e avenidas de diversos bairros da capital. No texto abaixo, ele fala de uma família que vive da reciclagem.


A vida que vem da reciclagem:

"O sem-teto Luiz Adauto Alves de Oliveira, de 36 anos, cresceu na rua, mora em um prédio 'ocupado' no centro de São Paulo e sustenta sua família com a reciclagem. Quando não está trabalhando, passeia com os filhos Camile, 5, Wesley, 4, Adauto, 3, e Wendel,2, todos dentro da carroça.

Adauto diz que é feliz e não se importa em dividir o que compra com moradores de rua. Cristina Felomena Marcos Aparecida, 34, esposa de Adauto, é animada e sempre veste as crianças com as cores do Brasil
".

Devanir Amâncio


FRENTE PARLAMENTAR DA COLETA SELETIVA

A propósito do tema, meu mandato está preparando a instalação da Frente Parlamentar em Defesa da Implantação de uma Política Estadual de Coleta Seletiva. A intenção da Frente da Coleta Seletiva de Lixo é ampliar esse serviço para todos os municípios paulistas, transformado-o em política de Estado.

A Frente Parlamentar da Coleta Seletiva de Lixo será instalada na Assembleia Legislativa de São Paulo no dia 25 de novembro próximo, a partir das 19h 30, no auditório Franco Montoro.

Mais uma pane paralisa trens da CPTM e Metrô

Trabalhadores da capital e cidades da Grande São Paulo sofrem mais uma vez com a inoperância da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) do Metrô. É que as linhas 12 (Safira, da CPTM) e Lilás (do Metrô) tiveram nova pane e pararam de circular. Milhares de pessoas foram obrigadas a sair das composições e enfrentam atrasos nos seus compromissos para chegar ao trabalho ou voltar para casa.

A linha Safira da CPTM está parada desde o início da manhã de hoje, prejudicando usuários que precisam desse transporte para se deslocar entre as estações Brás e Calmon Viana (na Grande São Paulo).

É a repetição de um problema que se soma a outros que as companhias sob responsabilidade do governo do Estado apenas "pedem desculpas" formais, mas não tomam medidas técnicas para evitar que se repitam.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

A CEF e os investimentos federais em São Paulo


A audiência pública com Jorge Hereda (foto), presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), reuniu lideranças de várias regiões de São Paulo na Assembleia Legislativa (ALESP). Ao lado de parlamentares da Bancada do PT, Hereda ouviu reivindicações dos representantes dos movimentos de moradia e detalhou sobre os investimentos federais no Estado.


Brasil: canteiro de obras até 2016


Do Correio Braziliense

R$ 1,5 trilhão em obras


"O crescimento econômico incluiu o Brasil definitivamente na rota dos grandes investimentos de infraestrutura, transformando o país todo em um verdadeiro canteiro de obras. O avanço nos gastos públicos dos últimos cinco anos foi incrementado com o reforço da iniciativa privada e o impulso da agenda de grandes eventos esportivos — Copa do Mundo e Olimpíadas.

Das 50 maiores construções tocadas pelo mundo, 14 estão em solo brasileiro, levando os analistas mais otimistas a estimarem a aplicação de R$ 1,5 trilhão em empreendimentos do gênero até 2016. O gigantismo dos números, no entanto, não esconde a carência do país, sobretudo nas áreas de saneamento e de transporte. Se considerada a perspectiva de expansão econômica e os milhares de projetos engavetados ou em atraso, ainda há muito o que fazer". Leia mais.

Sinal vermelho

Da Folha Online

Paulistanos estão bebendo mais antes de dirigir, diz polícia


"Os motoristas da cidade de São Paulo estão bebendo em quantidade cada vez maior antes de dirigir. É o que revelam dados da Polícia Militar". Leia mais.

domingo, 23 de outubro de 2011

Presidente da Caixa fala na ALESP nesta 2ª feira

Da Assessoria Coletiva da Bancada do PT na ALESP

Assembleia recebe Jorge Hereda presidente da Caixa Econômica Federal


A Comissão de Atividades Econômicas da Assembleia Legislativa, com apoio da Bancada de deputados estaduais do PT, realizam nesta segunda-feira (24/10), às 9h, no auditório Teotonio Vilela, o debate" Programas e Investimentos das Entidades de Fomento do Governo Federal no Estado de São Paulo", com a presença do presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda.

Na ocasião, entre outros temas, Hereda vai abordar a ampliação da capacidade de atendimento do banco aos municípios. A Caixa vai inaugurar em novembro mais 12 gerências de desenvolvimento urbano em todas as regiões do país. A reestruturação vai reduzir as distâncias entre a instituição e os gestores municipais.

Argentina caminha para consolidar Kirchnerismo


Do Estadão Online

Rumo à reeleição, Cristina Kirchner deve consolidar poder neste domingo


"BUENOS AIRES - "Hegemonia kirchnerista" e "hiperpresidencialismo" são as expressões que integrantes da oposição argentina usam para definir o cenário político que surgiria neste domingo com a virtual reeleição da presidente Cristina Kirchner. Segundo as pesquisas, Cristina venceria com uma proporção que oscilaria entre 51% e 57% dos votos, embora alguns analistas afirmem que poderia chegar aos 60%". Leia mais.

sábado, 22 de outubro de 2011

O caderno - Uma obra prima de Toquinho!

Insegurança nos parques da capital paulista

Do Jornal da Tarde

Parques não têm seguranças

Por Diego Zanchetta, Rodrigo Burgarelli e Denize Guedes


"Parques municipais de São Paulo estão sem seguranças. E a situação deve piorar a partir de quinta-feira, quando a Prefeitura finaliza o processo de rescisão dos contratos com a empresa que cuida da segurança de 36 áreas verdes. Como a administração ainda não contratou ninguém para fazer o serviço, parques como o Ibirapuera e o Guarapiranga sequer têm previsão de quando vão receber novos vigilantes". Leia mais.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

ABCD: integração gratuita ameaçada pelo PSDB

Matéria de capa da edição de hoje do jornal ABCD Maior informa que a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), do governo do Estado, estuda acabar com a integração grauita das linhas de ônibus municipais com o trólebus. A passagem única entre os terminais da cidade de Diadema e do bairro de São Mateus, na capital, está na mira do governo Geraldo Alckmin (PSDB).

A organização do PT para a disputa em Mogi

A TV Estadão entrevistou o advogado Marco Soares, presidente da OAB de Mogi das Cruzes. Ele é o nome que o PT deve apresentar para a disputa à prefeitura daquele município no ano que vem. Continuamos as conversas para a consolidação desta estratégia em Mogi e em outras cidades da região do Alto Tietê. Assista!

Sebrae: mais empresas resistem em SP

Do Jornal da Tarde

Mais micro e pequenas empresas sobrevivem em SP
:

"Do total de micro e pequenas empresas que abriram as portas em 2006 no Estado de São Paulo, 77% permaneceram abertas nos dois anos seguintes. Isso é o que mostra o censo apresentado ontem pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em relação a sobrevivência dos empreendimentos". Leia mais.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

PT de Monte Mor realiza encontro dia 23

O Diretório Municipal do PT de Monte Mor, na região de Campinas, realiza neste domingo (23) o Encontro Municipal do PT. Na pauta do evento, a conjuntura política e o processo eleitoral de 2012 na região.

O encontro começa às 15h, na sede do PT local.

Supremo barra voto impresso

Do Valor Econômico

STF derruba voto impresso aprovado pelo Congresso


"O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou, ontem, a impressão do voto nas eleições, que deveria vigorar a partir de 2014. A medida foi aprovada pelo Congresso, em 2009, durante reforma eleitoral. Ontem, ela caiu por decisão unânime dos nove ministros que estavam na Corte. Eles consideraram argumentos jurídicos e pragmáticos para retirar o artigo 5º da Lei 12.034, que determinou a impressão dos votos com o objetivo de permitir a conferência do funcionamento do sistema eletrônico de votação pelos partidos políticos". Leia mais.

Do fundo do baú

ESPERANÇAS PERDIDAS - OS ORIGINAIS DO SAMBA - GRANDE CLASSICO DO SAMBA

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Empregos: 2 milhões gerados em 9 meses

Do Portal Terra

Brasil gera 2 milhões de empregos nos 9 primeiros meses do ano


"De janeiro a setembro deste ano foram gerados 2,079 milhões de empregos com carteira assinada, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta terça-feira pelo Ministério do Trabalho. Este é o terceiro melhor resultado para o período desde 2003. O resultado confirmou as previsões do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, que afirmou no início do mês que seriam geradas mais de 2 milhões de vagas". Leia mais.

Lula, cidadão do mundo


Da Folha.com

"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se encontrou ontem em Madri, na Espanha, com o candidato a primeiro-ministro espanhol pelo governista Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Alfredo Pérez Rubalcaba. Segundo a assessoria do ex-presidente, Lula e Rubalcaba discutiram a crise europeia e a situação política da Espanha".

Por que SP fica debaixo d'água todo verão


SP deixou de gastar R$ 770 milhões contra cheias

FABIANO NUNES
TIAGO DANTAS
do Jornal da Tarde


"A Prefeitura de São Paulo deixou de investir, nos últimos três anos, cerca de R$ 770 milhões em obras de combate a enchentes e prevenção de tragédias em áreas de risco. Levantamento feito pelo Jornal da Tarde mostra que apenas metade dos cerca de R$ 1,5 bilhão destinado a essas finalidades nos orçamentos de 2009, 2010 e 2011 havia sido gasto até 30 de setembro.

A reportagem levou em conta obras ligadas a drenagem, como canalização de córregos, limpeza de galerias, bueiros e bocas-de-lobo. Também foram contabilizados gastos com contenção de encostas e muros de arrimo. A Prefeitura informou que o dinheiro usado com habitação e varrição de ruas também deveria ser levado em conta. Isso, porém, não altera a parcela do orçamento que deixou de ser usada.

“O problema não é falta de dinheiro. Creio que é uma questão de má gestão ou de um planejamento mal elaborado. As prioridades não estão claras”, critica Maurício Broinizi, coordenador da Secretaria Executiva da ONG Movimento Nossa São Paulo". Leia mais.

Crise não afeta exportações brasileiras


Trecho de nota da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo:

BALANÇA RECORDE

"O Brasil deve bater hoje todas as exportações de 2010. No ano passado, as vendas de janeiro a dezembro ao exterior somaram US$ 201,9 bilhões. O volume registrado neste ano, só até agora, já chega ao mesmo valor. A média diária de exportação do país é de US$ 1 bilhão".

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Festival celebra música e natureza na capital


A cidade de São Paulo terá no dia 30 próximo a final do Festival da Canção Arte da Natureza, promovido pela Fundação Mokiti Okada. Segundo a entidade, "evento é voltado para a divulgação e promoção musical com o tema ARTE DA NATUREZA". Seu objetivo é promover um evento democrático que incentive a prática da música como expressão artística e contribuindo para a difusão cultural.

A grande final do festival terá a participação dos cantores Jair Rodrigues, Jair Oliveira e Luciana Mello, a partir das 16h, no Ginásio do Ibirapuera. Diversos órgãos públicos da capital e do governo estadual apoiam a iniciativa.

Mais informações, clique aqui acesse o site da Fundação Mokiti Okada.

O avanço da terceirização em SP

Do Valor Econômico

Total de trabalhadores terceirizados duplica em São Paulo em sete anos


"O número de trabalhadores terceirizados em empregos formais duplicou em sete anos no Estado de São Paulo, segundo a pesquisa Trajetórias da Terceirização, do Sindicato dos Empregados em Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros (Sindeepres). Entre 2003 e 2010 (dado mais recente considerado pelo estudo), a quantidade de empregados pulou de 346,7 mil para 700,2 mil. No mesmo período, o número de empresas de terceirização cresceu 65%, chegando a 5.346 no ano passado". Leia mais.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Rodoanel e seus problemas recorrentes


Matéria da revista CartaCapital desta semana mostra um dos inúmeros problemas que envolvem a construção do Rodoanel pelo governo de São Paulo: o reassentamento de famílias desapropriadas em moradias de baixa qualidade e sob sérios riscos de desabamento. Além disso, os reassentados não conseguem tirar escritura definitivamente dos imóveis.

Leia aqui a matéria na CartaCapital.

Especulação põe água no moinho de Aécio


"Serra não terá nova chance"

Brasil Confidencial - Octávio Costa - Istoé


"Ainda faltam três anos, mas a cúpula do PSDB já bateu o martelo em relação à sucessão presidencial de 2014. O candidato tucano será mesmo o senador Aécio Neves (PSDB-MG), seja qual for o adversário petista. O nome de José Serra (PSDB-SP) está definitivamente descartado. Explica-se que o ex-governador de São Paulo foi derrotado nas duas oportunidades que concorreu ao Planalto e agora a palavra de ordem no PSDB é renovação. Argumenta-se também que o partido tem oito governadores e não pode continuar atrelado às determinações dos políticos paulistas. Quanto à reação de José Serra, nenhum tucano de alta plumagem acredita que ele troque de legenda".

Sem investimento SP vai sofrer com as enchentes



Do Jornal da Tarde

FABIANO NUNES
TIAGO DANTAS

"Nenhuma obra estrutural foi feita nos pontos da capital que alagaram mais vezes na última temporada de chuvas. Paulistanos temem ver novamente, em frente a suas casas, carros boiando, pessoas ilhadas, trânsito bloqueado, lixo acumulado e outros transtornos causados pelas inundações.

O Jornal da Tarde visitou na semana passada os 12 locais que mais apareceram na lista de pontos de alagamento intransitáveis do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) entre 1.° de outubro de 2010 e 30 de abril deste ano.

Pouca ou nenhuma ação do poder público foi percebida nos últimos meses, de acordo com os moradores. Durante as chuvas do final de semana, quatro desses pontos voltaram a alagar, como a Rua Romão Gomes, Avenida Alcântara Machado, Marginal do Tietê e Avenida do Estado.

Na Marginal do Tietê, a via que mais teve bloqueios causados por enchentes na última temporada – 22 vezes – o governo do Estado está retirando entulho e sujeira da calha do rio desde maio. O próprio governador Geraldo Alckmin (PSDB) já admitiu que o desassoreamento não garante que o Tietê ficará livre de transbordamentos.

Na Avenida Marquês de São Vicente, na Barra Funda, zona oeste, onde foram registrados cinco alagamentos que não permitiam a passagem de veículos, vizinhos relataram que a Prefeitura limpou, em setembro, uma boca-de-lobo que sempre está entupida.

Nos outros dez locais visitados, porém, não havia obras nem houve relato de limpeza constante de bueiros. Até setembro, a Prefeitura gastou 8% da verba destinada ao combate a enchentes no ano todo (R$ 57,1 milhões), segundo reportagem publicada pelo JT sexta-feira – 22% dos recursos foram reservados". Leia mais


Comentário: Reconheço que a solução para as enchentes na região metropolitana de São Paulo é complexa e exige uma solução de longo prazo. O que não dá para entender é o motivo de tanta inoperância dos governos paulista e paulistano no enfretamento, com determinação, desta matéria.

Em matéria recente o Jornal da Tarde publicou: "segundo dados da execução orçamentária atual, a reserva de recursos mencionada por Kassab alcança apenas 22% do total previsto para o combate às enchentes na capital. E, dessa verba, só 8,3% foi gasto efetivamente, ou R$ 57,1 milhões de um total de R$ 683 milhões". Como se vê, sobra dinheiro e falta ação no combate as enchentes.

Como neste caso eu não acredito que seja má-fé, só pode ser incompetência!

domingo, 16 de outubro de 2011

Um difícil sonho de liberdade


Do Estadão Online

Distante de tucanos, DEM ameaça voo solo em 2014
:

"Lutando pela sobrevivência, o DEM ameaça abandonar a aliança tradicional com o PSDB e lançar um candidato próprio nas eleições presidenciais de 2014. O partido foi o maior perdedor com o surgimento do PSD do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e não vê nos dois principais presidenciáveis do parceiro, o senador Aécio Neves e o ex-governador José Serra, a expectativa de um projeto conjunto de poder". Leia mais.

Titane: talento a toda prova


Intérprete por excelência, TITANE faz parte da geração que renovou a MPB nos anos 80. Em seu repertório comungam, em estado sempre híbrido, músicos da nova geração de Minas, clássicos da MPB, temas instrumentais, canções tradicionais e influências do congado mineiro, manifestação artístico-religiosa de raízes afro-brasileiras.

Nos anos 80, gravou seu primeiro disco, Titane (1987), com músicas de autores de sua geração, em sua maioria inéditos, como Luiz Tatit e Juca Filho, que contrastavam com temas tradicionais da cultura popular brasileira. A sonoridade partia principalmente de instrumentos acústicos e percussão.

Já nos anos 90, assinou contrato com a gravadora Eldorado para gravar seu segundo disco, Verão de 2001 (1990), produzido por Zuza Homem de Mello, onde assumiu a interpretação de autores clássicos da MPB, como Milton Nascimento e João Bosco. Até 1992, viveu em conexão constante entre Minas e São Paulo. Depois, começou a produzir o espetáculo Inseto Raro, que teve vida longa, circulou pelo Brasil e pela Europa e resultou no disco de mesmo nome, gravado ao vivo em Ouro Preto, em 1996, licenciado para o selo Atração Fonográfica, de São Paulo.

A partir de 2000, passou a ser acompanhada por banda formada pelos músicos Weber Lopes, Ivan Corrêa e Sérgio Silva. Com eles, criou o disco Sá Rainha (2000), com canções de compositores de identidade afro-mineira, como Maurício Tizumba e Pereira da Viola, além de outros músicos da geração de Titane, como Chico César e Zeca Baleiro. O disco foi licenciado para o selo Lapa Discos, de Belo Horizonte. Leia mais

sábado, 15 de outubro de 2011

Sobre a disputa paulistana em 2012

Frase da seção Tiroteio, da coluna Painel da Folha de S. Paulo de hoje:

"São tantos os candidatos novos na disputa pela prefeitura que a verdadeira novidade na eleição paulistana hoje é mesmo a incerteza sobre quem polarizará com Marta Suplicy."

DO DEPUTADO ESTADUAL JOÃO ANTONIO (PT)

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A crítica de Bresser Pereira ao ideário neoliberal


"Em entrevista exclusiva à Carta Maior, o economista e cientista político Luiz Carlos Bresser Pereira recusa-se a transformar a política fiscal dos governos petistas em vilã de um futuro sombrio. “Existem dois tipos de economistas horríveis: os ortodoxos, para os quais todos os problemas do mundo se resolvem com mais ajuste fiscal, e os keynesianos vulgares, para quem tudo se resolve com mais gasto público”, afirma. Para ele, desde 1998, o Brasil não descuida da questão fiscal. Outro mito que Bresser derruba é o de que a autonomia do Banco Central é fundamental para a administração da crise". Leia aqui a entrevista.

Sobra dinheiro e falta ação contra enchentes em SP


Do Jornal da Tarde
Por Felipe Frazão e Rodrigo Burgarelli

"A Prefeitura de São Paulo economizou a verba destinada ao combate de enchentes nos nove primeiros meses deste ano. Ontem, durante vistoria às obras de reconstrução das galeria de águas pluviais da Água Branca, na zona oeste, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) afirmou que as demais intervenções previstas no Orçamento deste ano ficarão para 2012.

Apesar disso, garantiu que a cidade está “bem preparada” para enfrentar as chuvas do verão.

“O importante é que o recurso está reservado. Agora, é uma questão de definir projeto, de fazer a licitação e depois de realizar a obra. Temos a expectativa de que, em dois anos, tenhamos tudo solucionado em relação a todas as intervenções”, disse.

Mas, segundo dados da execução orçamentária atual, a reserva de recursos mencionada por Kassab alcança apenas 22% do total previsto para o combate às enchentes na capital. E, dessa verba, só 8,3% foi gasto efetivamente, ou R$ 57,1 milhões de um total de R$ 683 milhões.

Os serviços mais prejudicados pelo baixo índice de investimentos estão relacionados à drenagem das águas das chuvas e à limpeza mecânica de córregos. Até áreas que comumente alagam, como a Bacia do Anhangabaú, no centro, não foram contempladas com obras neste ano.

Nem as obras da galeria da Rua Germaine Burchard, na Água Branca, zona oeste, ficarão prontas até o próximo verão, a tempo de evitar alagamentos em toda a região da Lapa". Leia mais


Comentário: Cuidar do dinheiro público para que seja aplicado em função do bem comum é um dever de todos que conduzem a coisa pública. A finalidade primeira do Estado é promover a desenvolvimento integral da pessoa humana, e não é possível um resultado exitoso nesta direção sem uma gestão eficiente dos recursos provindos do povo.

Porém, nem sempre guardar dinheiro é sinônimo de gestão eficiente, pois dinheiro público não é para ser aplicado no mercado financeiro e sim para ser investido em ações que vão ao encontro dos interesses do povo. No caso em tela, o que está ocorrendo é uma aberração, ou melhor, um descaso com a cidade e beira a irresponsabilidade.

Deixar o dinheiro aplicado no mercado financeiro em detrimento de ação eficiente de combate as enchentes na cidade de São Paulo está mais para inoperância do que para zelo com a coisa pública. Mais triste ainda é ouvir do alcaide a frase: “A cidade está preparada para enfrentar as enchentes”. Alguém acredita nisso? A temporada de chuvas está chegando: quem viver, verá!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Ampliação da velha indústria das multas em SP


Arrecadação com multas de trânsito mais que duplica nos últimos 4 anos

Do Estadão Online

Bruno Ribeiro e Rodrigo Burgarelli


"Se as previsões da Prefeitura de São Paulo se concretizarem, a cidade vai quebrar uma marca simbólica no fim da atual gestão do prefeito Gilberto Kassab (PSD). No intervalo de quatro anos de seu mandato, a quantia arrecadada em multas de trânsito deverá mais do que dobrar, passando de R$ 386,1 milhões em 2008 para R$ 832,4 milhões em 2012. É como se cada dono de veículo registrado na capital fosse pagar R$ 117 em multas no ano que vem". Leia mais.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Recordando a década de 80 - Marcos Sabino

Transporte público e coleta seletiva são prioridades


Do jornal da Tarde
CRISTIANE BOMFIM
FELIPE TAU

"As principais reivindicações da população não são prioridade da Prefeitura de São Paulo. Em consulta pública feita pela Rede Nossa São Paulo em parceria com a Câmara Municipal com 33.430 pessoas, o descompasso fica evidente, sobretudo quando o assunto é transporte público e coleta seletiva de lixo. Os dois itens foram os mais mencionados pelos participantes.

Para 77,41% deles, corredores de ônibus e pontualidade nas paradas deveriam ser olhados com mais atenção. “O ônibus demora muito para passar e quando chega ao ponto está superlotado”, reclama a aposentada Walkyria Solange Hochmülher, de 56 anos. No plano de metas da Prefeitura, chamado Agenda 2012, a maioria das promessas para transporte ainda não foi cumprida. Exemplo é a construção de 66 quilômetros de corredores de ônibus. Nenhum foi feito. Em julho, o prefeito Gilberto Kassab admitiu que não conseguirá cumpri-la.

Por outro lado, a administração municipal vem investindo no transporte individual. Seis dos dez túneis prometidos na Agenda 2012 já estão prontos e R$ 3,5 bilhões devem ser aplicados na construção de outros cinco.


Em relação ao lixo, 75,3% dos entrevistados consideram que a coleta seletiva e reciclagem em toda a cidade deveria ser prioridade. O assunto também ganhou espaço no plano de metas, mas não saiu do papel. Nenhum dos mil postos de entrega voluntária prometidos foi construído". Leia mais

Malabarismo brincante perfeitamente coreografado

Pedido da CPI dos Pedágios protocolado


Da Liderança do PT na Assembleia Legislativa

PT protocola pedido de CPI dos Pedágios na Assembleia


A Bancada do PT na Assembleia Legislativa acaba de protocolar o pedido de CPI dos Pedágios. Este pedido havia sido protocolado logo no início desta legislatura, mas alguns deputados da base do governo que assinaram o pedido, recuaram e retiram o apoio à iniciativa da oposição depois de sofrerem pressão do governo.

O pedido de autoria dos deputados Antonio Mentor e Enio Tatto requer a investigação dos valores das tarifas cobradas pelas concessionárias nas rodovias paulistas.

No documento protocolado os deputados destacam que o governador Geraldo Alckmin, então candidato no passado, durante os debates chegou a admitir a necessidade de revisão dos valores das tarifas cobradas nas rodovias do estado de São Paulo. “ Há a necessidade de aferir se os valores praticados e os critérios definidos nos editais de licitação e os contratos firmados, estão em consonância com a Lei Federal que rege as concessões de obras e serviços públicos”.

“Os deputados petistas defendem que as tarifas sejam justas e que não onerem excessivamente os bolsos da população paulista que paga os pedágios mais caros do Brasil”, ressaltam os autores.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

O que diferencia o PT dos chamados "liberais"


No último final de semana, tive a grata oportunidade de fazer uma análise de conjuntura para membros do PT do Vale do Paraíba, na cidade de Taubaté. Minha argumentação serviu para mostrar o que diferencia a história e a prática política do Partido dos Trabalhadores dos nossos adversários.

Leia abaixo notícia publicada sobre minhas considerações no site do PT de Taubaté:

O PT é um partido que pensa no Ser Humano

Por Assessoria DM PT Taubaté


"O deputado estadual e secretario estadual de Organização do PT, João Antonio, fez uma analise de conjuntura durante o encontro municipal do partido na qual ele enfatizou as características que diferem o Partido dos Trabalhadores de seus adversários políticos.

Enquanto os partidos que seguem o modelo Liberal prezam “pela lei do mais forte”, que promovem a exclusão de diversas camadas de nossa sociedade, o PT se difere por ter um conceito amplo de democracia, por fortalecer um estado que fomenta o desenvolvimento econômico e social da população". Leia mais.

Dirceu fala sobre fator Marta e unidade em SP


Do jornal Valor Econômico

Para Dirceu, vitória em São Paulo passa por Marta


"O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT) afirmou que o PT precisa chegar a acordo com a senadora Marta Suplicy (PT) se quiser vencer a eleição para a Prefeitura de São Paulo em 2012. "Não há vitória sem a Marta. É só ir na periferia e nos bairros e ver a força dela com a comunidade", disse o petista ontem, no lançamento de seu livro, "Tempos de Planície", em São Paulo.

Dirceu defendeu que o PT trabalhe para evitar que as prévias deixem sequelas nos pré-candidatos. "O importante é que o [senador Eduardo] Suplicy, o [deputado federal Carlos] Zarattini, o [deputado federal] Jilmar [Tatto], a Marta e o [ministro da Educação, Fernando] Haddad estejam juntos depois da prévia ou, se conseguirem um acordo, antes", disse". Leia mais.

Maior queda do juro ao consumidor no Brasil

Do Estado de S. Paulo

Juro ao consumidor é o menor em 16 anos


"A taxa de juros cobrada do consumidor atingiu em setembro o menor nível em 16 anos e caiu pelo segundo mês consecutivo. Desde janeiro de 1995, quando a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) começou a pesquisar juros mensalmente, a taxa não era tão baixa.

Em setembro, os juros médios atingiram 6,69% ao mês, com queda de 0,06 ponto porcentual em relação a agosto. Todas as linhas de crédito pesquisadas - lojas, cheque especial, CDC bancos e empréstimo pessoal de bancos e financeiras -, exceto cartão de crédito, caíram em setembro na comparação com agosto. No cartão de crédito, os juros, que já são mais elevados em relação a outras linhas de financiamento, foram mantidos no último mês". Leia mais.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

No lançamento do livro do Zé Dirceu em SP

PRESTIGIANDO O COMPANHEIRO JOSÉ DIRCEU NO LANÇAMENTO

Participo do lançamento do livro "Tempos de Planície", do ex-ministro José Dirceu, na Livraria Cultura em São Paulo. Muitas personalidades do PT, dos movimentos sociais e companheiros de longa data vieram abraçar Dirceu e prestigiar sua obra.

EMÍDIO DE SOUA, PREFEITO DE OSASCO (SP): PRESENÇA NA CULTURA

COMPANHEIROS LUTA DE LONGA DATA NO EVENTO DO ZÉ DIRCEU

MUITA GENTE NA FILA DO AUTÓGRAFO PRESTIGIANDO A OBRA DO ZÉ

No Estado, mais dinheiro e menos investimento


Do portal PT ALESP, da Liderança do PT na Assembleia Legislativa

Governo Alckmin reduz 57% investimentos no Estado
:

"O primeiro ano de governo de Geraldo Alckmin no Estado de São Paulo está sendo marcado pela redução nos investimentos.

O relatório de execução orçamentária referente ao segundo quadrimestre mostra que de janeiro a agosto deste ano os investimentos sofreram redução de 57,4% em relação aos R$ 4,9 bilhões aplicados em investimento no mesmo período do ano passado. Este ano os investimentos somaram R$ 2,09 bilhões.

Em contrapartida, houve crescimento da receita corrente, que no mesmo período teve alta de 7,8%. Esse crescimento foi sustentado basicamente pelo aumento da receita tributária, que teve elevação de 10,2%". Leia mais.

Orçamento de subprefeituras de SP na contramão

Um desvio crônico na história das administrações paulistanas se repete desde que o ex-governador José Serra (PSDB) passou pela prefeitura: a redução de verbas para os bairros da periferia, regiões onde a população mais precisa dos serviços públicos. Somente nos governos do PT é que conseguimos reverter essa tendência, retomada com força pelos que nos sucederam.

Veja matéria do Estadão Online que aponta o privilégio dado pela gestão Gilberto Kassab a regiões que já contam com infra-estrutura melhor:

Subprefeituras da periferia terão orçamento menor

"No último ano de sua gestão, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) quer concentrar os recursos destinados a obras de zeladoria no centro expandido de São Paulo, que funciona como uma espécie de vitrine da cidade, por onde grande parte da população passa todos os dias. A peça orçamentária proposta para 2012 também prevê que áreas nobres tenham, em relação a este ano, mais verba porcentual para executar serviços de limpeza, poda de árvore e outras ações que as regiões periféricas.

A comparação com o Orçamento atual ainda mostra que praticamente todas as subprefeituras vão ter de economizar no ano que vem - caso a projeto enviado à Câmara Municipal seja aprovado pelos vereadores sem muitas modificações. Apenas oito das 31 subprefeituras receberam incremento de verbas, apesar de a previsão de arrecadação da Prefeitura ter crescido 7%, chegando a R$ 38 bilhões.

Ao todo, o valor total repassado às subprefeituras vai cair 13,8%, de R$ 1,16 bilhão em 2011 para R$ 1 bilhão no ano que vem". Leia mais.

domingo, 9 de outubro de 2011

Uma nova roupagem para a música Rehab de Amy Winehouse. Linda!


De ritmo totalmente latino, o The Jolly Boys me encantou com seu mento jamaicano – primeiro ritmo popular na Jamaica. Uma mistura de ritmos dos mais charmosos “nego véio” formado nos anos 50 do século passado, e continuam na ativa até hoje.

Formado pelos simpáticos Albert Minott (vocais e guitarra), Joseph ‘Powder’ Bennett (backing vocals, maracas e “bolador”), Derrick ‘Johnny’ Henry (marumba box e backing vocals), Allan Swymmer (percussão), Egbert Watson (banjo) e os novos integrantes Donald Waugh no banjo, Lenford ‘Brutus’ Richards na guitarra e Dale Virgo na percussão, o The Jolly Boys regravou o clássico contemporâneo na voz da polêmica Amy Winehouse, Rehab.

No último álbum da banda – Great Expectation – lançado em 2010, os caras reeditaram também, canções como Blue Monday do New Order e You can’t always get what you want dos Rolling Stones.

Rehab - The Jolly Boys ( Modern Mento version of Amy Winehouse's hit)

sábado, 8 de outubro de 2011

Belchior interpreta "Canteiros" acústico

Receita Federal libera consulta a superlote dia 10

Do UOL Economia

IR terá maior lote de restituição da história; consulta é liberada na segunda-feira


"A Receita Federal libera na segunda-feira (10) a consulta ao quinto lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), com declarações do exercício de 2011 e a malha fina de 2008 a 2010. Neste lote, serão pagos R$ 2,5 bilhões em restituições para 2.690.743 contribuintes. O valor é o maior já pago pela Receita". Leia mais.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Ações melhoram qualidade de vida na V. Nhocuné


Parcerias entre o meu mandato, lideranças e comunidade estão melhorando a qualidade de vida na Vila Nhocuné, na zona leste da capital. Um exemplo disso foi a construção de uma praça com playground e de um Ecoponto na região. As obras foram feitas por meio de emenda ao orçamento municipal do meu recente mandato de vereador em São Paulo. Inauguramos, permitindo que a comunidade pudesse desfrutar de condições melhores para lazer, cultura e meio ambiente.



Parabéns a todos que participaram conosco da luta e da inauguração destes equipamentos públicos na Vila Nhocuné!