quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Câmara aprova contas do TCM de 1992 e 1993

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou na tarde desta quarta-feira (31) dois pareceres favoráveis do Tribunal de Contas do Município (TCM) às contas do próprio TCM dos anos de 1992 e 1993.

Na votação do parecer de 1992, foram 30 votos favoráveis, 5 abstenções (3 do PSDB, 1 do PV e 1 do PPS) e nenhum voto contrário. Já as contas de 1993 foram aprovadas por 32 vereadores, com o registro de 3 abstenções (2 do PSDB e 1 do PPS).

15 contas antigas do TCM ainda continuam pendentes de votação na Casa.

Partidarização x interesse público

A decisão da Prefeitura de São Paulo de não mais rescindir os contratos do lixo - matéria de destaque em todos os jornais de hoje (31) - é apenas uma demonstração do quanto a partidarização é nefasta ao interesse público. Os contratos firmados pela gestão da ex-prefeita Marta Suplicy atendiam a todos os requisitos legais e sua manutenção só prova que estes estavam de acordo com o que a cidade necessitava.

Todos se recordam do verdadeiro "carnaval" que o então prefeito José Serra (PSDB) fez em relação aos contratos, alegando seres estes "viciados" e "superfaturados". O tempo e as investigações do Ministério Público se encarregaram de provar o contrário. O que aconteceu, na verdade, foi uma partidarização descarada de um ato administrativo acertado que a ex-prefeita havia adotado à época. Parte da imprensa até entrou nas tais "alegações" do atual governador.

A cidade acaba sempre perdendo quando os governantes confundem interesse público com interesses partidários ou do governante de plantão. O resultado de toda essa confusão criada por Serra e mantida por um bom tempo pelo prefeito Gilberto Kassab foi que a Capital retardou a construção de novos aterros sanitários e enfrenta problemas ambientais - a chamada crise do lixo.

Diante disso, a Bancada do PT vem a público reafirmar a licitude dos contratos e denunciar o uso político-partidário da questão do lixo por Serra e Kassab. Ambos trataram com desprezo os interesses da população paulistana.

Por que Zico Presidente (6)


O meu convidado desta quarta-feira (31) é o vereador petista Maninho, de Diadema, que tem uma ligação histórica com o nosso candidato a presidente do Diretório Estadual do PT, José Zico Prado. Saiba por que Maninho apóia Zico Presidente:

"Meus primeiros contatos com o companheiro Zico foram na luta da oposição sindical. A trajetória de luta dele lembra um pouco a história do presidente Lula, pela capacidade de negociação e pela condução das ações sindicais. Na Câmara Municipal de Diadema o Zico tem o meu apoio e de outros vereadores para conquistar a presidência do PT Estadual".

Vereador Manoel Eduardo Marinho (Maninho) - PT de Diadema

41 mil crianças voltam para casa

Em conjunto com estados e municípios, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) lança um programa para garantir que 41 mil crianças e adolescentes – cerca de 35% dos 120 mil abrigados - retornem aos seus lares. O projeto "Caminho para casa" irá identificar esses meninos e resolver o problema imediato das famílias por meio dos programas sociais, já que eles só não voltam ao convívio familiar por conta da pobreza.

As prefeituras farão um estudo detalhado de todos os casos. Alguns deveriam ser colocados para adoção, outros precisam de apoio psicossocial, mas uma boa proporção dos abrigados necessita apenas de transferência de renda ou uma ajuda direta, como a construção de mais um cômodo na casa, reforma de telhado ou encanamento, ou mesmo a compra de uma cama. Leia mais.

O combate à lavagem de dinheiro

A líder do PT, Ideli Salvatti (PT-SC) propôs no projeto aprovado em primeiro turno pelo Senado, que aperfeiçoa o combate à lavagem de dinheiro, a inclusão dos representantes dos servidores da Previdência Social no Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). A senadora defende que, para ocorrer uma ampla comunicação entre os órgãos e entidades financeiras do país e os responsáveis pelas investigações, as empresas de inteligência financeira serão obrigadas a conhecer adequadamente o perfil dos seus clientes. E, para isso, deverão adotar medidas rígidas para comunicar qualquer operação suspeita ao Coaf e juntas comerciais, agenciadoras de atletas e empresas de transporte.

As informações do conselho serão usadas como prova nos processos judiciais. As empresas terão que manter registros de toda transação financeira em moeda nacional ou estrangeira, títulos e valores mobiliários, títulos de crédito, metais, ou qualquer ativo que possa ser convertido em dinheiro. Leia mais.

Prefeitura vai pagar R$ 1,4 milhão a mais por serviço de varrição na zona oeste

Do jornal Folha de São Paulo hoje (31)

A Prefeitura de São Paulo vai pagar R$ 1,384 milhão a mais por ano pelo serviço de varrição na zona oeste -regiões de Pinheiros, Lapa e Butantã.

Portaria do secretário municipal de Serviços, Dimas Ramalho, publicada ontem no "Diário Oficial" da Cidade, transfere da Evolu Servic para a Delta Construções o contrato para a execução do serviço na área.

O contrato foi rompido porque a Evolu desistiu de manter os recursos judiciais que lhe davam o direito de explorar o serviço desde novembro de 2006. A desistência ocorreu por pressão da prefeitura, que alegava que a Evolu não cumpria todas as cláusulas previstas.

A Delta, que está sendo contratada, foi a terceira colocada na licitação vencida pela Evolu. Porém, o preço que a empresa está cobrando é maior do que o oferecido pelo segundo lugar, a Construtora Gomes Lourenço. Assinante leia mais.

Deputado explora resort em área da Sabesp

Do jornal Folha de São Paulo hoje (31)

O deputado estadual Celino Cardoso (PSDB) utiliza há mais de três anos áreas da Sabesp (companhia de saneamento básico do governo do Estado) para explorar um resort em Mairiporã, na Grande São Paulo.

Ele obteve a cessão dos terrenos às margens da represa Paiva Castro em comodato (tipo de empréstimo gratuito), na gestão do então governador Geraldo Alckmin (PSDB), após ser acusado por fiscais da própria estatal de cometer irregularidades ou ações prejudiciais ao ambiente na região.

Entre elas, a retirada de vegetação e, em parte das áreas da Sabesp do entorno, intervenções sem autorização, como construção de muro de pedras, instalação de plataforma flutuante e rampa para barcos, segundo relatórios internos.

No total, quatro terrenos, que estão em região de Mata Atlântica e de preservação ambiental, foram cedidos pela estatal ao deputado entre 2002 e 2003, somando 40 mil m2 (cerca de 150 quadras de tênis).

Ele usa como atrativo do seu hotel Refúgio Cheiro de Mato, com diárias de R$ 500 por casal, especialmente duas áreas.
Uma delas é contígua à sua propriedade, às margens da represa, que faz parte do sistema Cantareira. Nela Cardoso fez uma estrutura para lazer dos seus hóspedes, com grama, cadeiras, iluminação, rampa para barcos, jet-ski e a formação de uma pequena praia artificial.

A outra fica do lado oposto da represa. Ela serve, conforme consta do site do resort, para permitir "uma chegada cinematográfica" ao estabelecimento. Lá os hóspedes deixam os carros no estacionamento protegido por portão e segurança, dentro do terreno público, e atravessam a água "em um charmoso passeio de barco". Assinante leia mais

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Câmara pauta 17 contas antigas do TCM

A Câmara Municipal de São Paulo colocou em pauta na tarde de hoje (30) 17 contas antigas do Tribunal de Contas do Município (TCM). Essa medida foi adotada pelos vereadores depois de anos sem apreciação das contas daquele tribunal.

Eram necessários 19 votos para a aprovação das contas - que acabaram ficando pendentes de nova votação. O resultado em plenário foi o seguinte: 16 votos favoráveis e duas abstenções.

A Bancada do PT votou pela aprovação das contas do TCM.

Contra a visão estreita dos tucanos

Recomento a leitura do artigo Só polícia não resolve (para assinantes da Folha/UOL), de Sérgio Salomão Shecaira, professor de Direito Penal da USP, publicado na Folha de S. Paulo de hoje (30).

Trata-se de uma reflexão recheada de números e de argumentos que põem por terra o discurso fácil tucano sobre a queda nos índices de criminalidade registrada nos últimos anos em São Paulo. Para o tucanato, "a eficiência policial" baixou o número de mortes violentas - enquanto o professor Salomão mostra a combinação de políticas públicas dos governos Marta e Luiz Inácio Lula da Silva como fatores primordiais para essa mudança salutar.

É, sem dúvida, uma reflexão contra a visão estreita dos tucanos. Vale a pena ler!

Por que Zico Presidente (5)

Nesta terça-feira (30) publico o depoimento do companheiro Osvaldo Eloy Nery Filho, presidente do Diretório Municipal do PT de Sumaré. Ele diz por que está com José Zico Prado para a Presidência do PT Estadual e fala sobre a disposição da militância de Sumaré de somar forças à nossa candidatura.

"O Governo do Estado de São Paulo tem se mostrado ao longo da história a tarefa mais difícil para o Partido dos Trabalhadores. Entendemos que neste momento é preciso ter na presidência do partido alguém que possa ter liberdade para preparar nossa instituição em todo Estado, com experiência, com tempo e disposição para esta tarefa. Aqui em Sumaré entendemos que o companheiro Zico tem este perfil e certamente no PED nossa cidade demonstrará que estamos no caminho certo - garantindo sua vitória no município. Precisamos garantir em 2008 a reeleição de vários companheiros nos municípios e conquistar outros fazendo inclusive sucessão como no caso de Araraquara e consequentemente, sem duvida nenhuma, nos levar a vitória no Estado em 2010".

Osvaldo Eloy Nery Filho - Presidente do Diretório Municipal de Sumaré

Brasileiros saem da pobreza em 2006

Brasília - O pagamento de benefícios da previdência e da assistência social foi responsável por tirar 21,9 milhões de brasileiros da linha da pobreza em 2006. O número foi divulgado hoje (29) pelo Ministério da Previdência Social, que apresentou um estudo com o impacto dos mecanismos de proteção social sobre a população do país, com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Leia mais.

Continua o caos no transporte

É no bolso que os passageiros estão sentindo os efeitos da reestruturação das linhas de ônibus da Zona Sul. A mudança completou um mês ontem e, para a maioria dos usuários, não dá mais tempo de utilizar o bilhete único no prazo de duas horas - pagando uma passagem, é possível utilizar mais de um transporte - nos trajetos de ida e volta do trabalho. Então, é preciso arcar com mais R$ 2,30 até chegar ao destino final. Por dia, isso pode significar um gasto adicional de R$ 4,60 com transporte - que no final do mês, trabalhando-se cinco dias por semana, chega a R$ 92. Leia mais.

Meu comentário: O transporte público está piorando a cada dia na cidade de São Paulo. É verdade que na Zona Sul da cidade o caos se instalou, porém basta uma breve visita aos terminais em horário de pico para constatar o enorme transtorno por que passam os usuários em todo o sistema. Pelo visto, a troca de secretário de nada adiantou: continua péssima a gestão do sistema de transporte em nossa cidade.

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Diário repercute nota do blog sobre TCM

Sexta-feira passada (26) escrevi aqui uma nota falando sobre propostas dos vereadores para sistematizar a legislação relativa ao Tribunal de Contas do Município (TCM). Acesse aqui a nota que publiquei.

Hoje (29), o jornal Diário de S. Paulo repercutiu o assunto na coluna Diário Paulista, assinada pelo jornalista João Carlos Moreira.

Veja abaixo o teor da nota do Diário:

Tribunal na mira

"Depois da proposta para limitar os poderes do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico (Conpresp), parte dos vereadores paulistanos ensaia agora uma tentativa de enquadrar o Tribunal de Contas do Município. A Mesa Diretora da Câmara Municipal nomeou uma comissão de estudos para analisar os projetos que alteram as regras de funcionamento do TCM, órgão encarregado de dar pareceres técnicos sobre a prestação das contas públicas municipais, inclusive do Legislativo paulistano. Entre as mudanças em estudo, há propostas que fixam prazos para a emissão dos pareceres e a obrigação de o tribunal submeter aos vereadores decisões que acarretem a suspensão de licitações, obras e demais atos do Executivo. Na briga da Câmara com o Conpresp, Gilberto Kassab ficou do lado do conselho. Ainda não se sabe que posição o prefeito adotará na queda de braço dos vereadores com o TCM".

Crescimento com distribuição

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (29), em seu programa de rádio Café com o Presidente, que chamou os principais empresários a investir no país, durante encontro que teve na semana passada, no Palácio do Planalto. Segundo Lula, o setor encarou com otimismo o convite.

O presidente afirmou que a economia está em expansão e citou, como exemplo, a grande procura da construção civil por cimento, o que levou à falta do produto em algumas regiões. Segundo Lula, esse é o momento para o empresariado incrementar os investimentos.

“Precisamos agora estimular os empresários brasileiros a fazer os investimentos necessários para que a economia brasileira cresça mais, geremos mais empregos, mais distribuição de renda e ver se isso dura por 15 ou 20 anos para o Brasil recuperar as duas décadas perdidas no passado”, disse no programa de rádio Café com o Presidente. Leia mais.

Por que Zico Presidente (4)

Hoje quem escreve apoiando a candidatura de José Zico Prado à Presidência do Diretório Estadual do PT é o companheiro José Luiz Gonçalves, Coordenador da Macrorregião do PT Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte. Leia o depoimento dele em apoio ao Zico:

"Conheci o companheiro Zico Prado, hoje deputado estadual do PT, no inicio desta longa caminhada para construir um partido que representa os interesses dos trabalhadores e que luta para transformar o Brasil numa grande nação.

Militávamos no movimento sindical na luta para derrotar o peleguismo, eu no Vale do Paraíba e o Zico na Capital. Ao mesmo tempo em que organizávamos os trabalhadores nas fábricas também fundávamos e organizávamos núcleos e diretórios do PT.

Foram tempos de muita solidariedade e sacrifícios, de disputas e debates intensos no nosso partido na busca de caminhos que levassem os trabalhadores à vitória, essas batalhas internas e externas forjaram nosso partido e foi com a solidez forjada na luta que pudemos responder ao ataque da direita e da imprensa que decretaram o fim do PT e tiveram que engolir a expressiva votação do PT a reeleição do LULA.

Nosso compromisso com a candidatura do Zico Prado está lastreada nesta longa caminhada, mas temos que olhar para a frente, organizar nosso partido, preparar nossa militância e derrotar o PSDB em São Paulo é nosso principal objetivo. O Deputado Zico Prado pode conduzir o partido nessa grande tarefa pela sua experiência, pelo seu conhecimento e ele não estará sozinho nesta caminhada - contará com centenas de militantes e dirigentes do nosso partido espalhado pela capital e interior do nosso estado. Apoio e convoco você a entrar nesta corrente para elegermos o Deputado Zico Prado no dia 2 de Dezembro presidente estadual do PT".

José Luiz Gonçalves - É filiado ao PT de São José dos Campos e é Coordenador da Macrorregião do PT no Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte.

Seminário no Diretório Municipal do PT

Do Boletim PT Câmara SP:

PT debate programa para a eleição municipal de 2008

Um seminário sobre Programa de Governo será promovido hoje à noite pelo Diretório Municipal do PT/SP. O objetivo é debater as bases de uma proposta partidária para a eleição municipal de 2008.

O seminário será no auditório do Sindicato dos Engenheiros. O DM pede aos interessados em participar que confirmem presença através do e-mail presidência@ptdm-sp.org.br ou pelo telefone (11) 3215-1313.

domingo, 28 de outubro de 2007

CPI para investigar os pedágios em SP

Duas notas do Painel da Folha de S. Paulo deste domingo (28) falam da iniciativa do deputado estadual petista Rui Falcão que visa investigar a "farra dos pedágios" promovida pelos tucanos em São Paulo. Veja as notas abaixo:

"Óleo na pista 1. O deputado Rui Falcão (PT) inicia amanhã a coleta de assinaturas para instalar na Assembléia paulista a CPI dos Pedágios, que terá como gancho a prorrogação em até oito anos dos contratos de concessão das rodovias do Estado à iniciativa privada, feita no apagar das luzes da gestão Alckmin-Lembo, em 2006".

"Óleo na pista 2. O petista larga com 25 dos 32 nomes necessários. Como o governo Serra está teoricamente fora do escopo da investigação e Gilberto Kassab (DEM) mantém amigos na Casa, cresce a chance de Falcão atingir a meta. Alckmin, vale lembrar, ameaça atrapalhar o projeto reeleitoral do prefeito".

sábado, 27 de outubro de 2007

Geração de emprego bate recorde em São Paulo

A geração de empregos com carteira assinada este ano no Estado de São Paulo vem sendo a maior da história, com uma ampliação de 682.049 postos no mercado formal entre janeiro e setembro - número que representa 42% do saldo nacional de 1,6 milhão de vagas.

O resultado supera em 92 mil empregos o registrado no mesmo período do ano passado, quando o estado fechou o mês de setembro com uma expansão de 590.476 vagas.

O Estado é de longe o que mais gera empregos celetistas no país, absorvendo quatro em cada dez vagas formais criadas este ano no Brasil - seu saldo é quase quatro vezes maior do que o de Minas Gerais (173.178), segundo estado no ranking de empregos formais. Só na capital paulista houve um aumento de 183.607 postos, mais do que toda a Região Centro-Oeste (126.888). Leia mais.

Entrada de divisas deve bater recorde

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, disse que a entrada de divisas no país deve bater recorde neste ano, chegando a cerca de US$ 4,9 bilhões.

Ela não descartou os problemas provocados pela crise aérea, que vem afetando especialmente os hotéis brasileiros, mas ressaltou que os números positivos, como o aumento de quase 9% no desembarque de turistas estrangeiros no país em setembro, em relação ao mesmo período do ano passado, mostram um vigor à prova de crises.

Marta Suplicy aproveitou para divulgar o Viaja Mais Terceira Idade, programa que oferece financiamento de viagens para idosos, aposentados e pensionaista do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Ela informou que a primeira avaliação do programa será feita em dezembro, mas disse que a tendência é que o número de pacotes vendidos acabe aumentando gradualmente. Leia mais.

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Dica de vídeo do blog para o final de semana

Por Celina Sales, com informações do portal Cineclick:

VALENTIN (Valentin, Argentina/ Holanda, 2002)

Sinopse: 1960, Buenos Aires. Valentin (Rodrigo Noya) é um menino de nove anos que vive com sua avó (Carmem Maura). Sua mãe desapareceu quando tinha apenas três anos de idade e seu pai é um homem distante, incapaz de assumir responsabilidades. Valentin é uma criança solitária, em uma busca constante por amor e afeto. Ele tem duas obsessões: tornar-se astronauta e que o pai o leve ao encontro de sua mãe. Mas seu pai não quer remexer no passado e, além de tudo, está mais preocupado com seus relacionamentos passageiros. Até a chegada de Letícia (Lulieta Cardinali), a quem o menino se apega imediatamente. Valentin faz o papel de cupido, tentando juntá-los e assim ter uma mãe de verdade. (www.cineclick.com.br)

Elenco: Julieta Cardinali, Carmem Maura, Alejandro Agresti, Rodrigo Noya, Jean Pierre Noher.

Por que Zico Presidente (3)


O convidado do blog desta sexta-feira para dar seu depoimento a favor da candidatura do deputado estadual José Zico Prado à Presidência do PT Estadual é o presidente do diretório municipal de São Paulo, vereador Paulo Fiorilo. Saiba o que pensa o vereador que preside o diretório do partido da maior cidade da América do Sul.

“Conheço o Zico desde que ele era presidente do Diretório de Itaquera/São Mateus, quando mostrou extrema capacidade para articular o partido na ação regional e, principalmente , na defesa dos direitos do trabalhador.
Zico representa muito bem o PT, uma vez que desenvolve um trabalho ativo em todo o estado e conhece em profundidade as mais variadas facetas e demandas regionais. O Zico é a cara do PT
”.

Paulo Fiorillo – Presidente do PT na cidade de São Paulo.

Câmara sistematiza projetos sobre o TCM

O presidente da Câmara Municipal de São Paulo nomeou uma Comissão de Estudos da qual eu faço parte, e cuja tarefa será analisar e sistematizar os diversos projetos de lei que tramitam na Casa versando sobre mudanças no Tribunal de Contas do Município (TCM). Em sua segunda reunião, realizada ontem (25), os vereadores debateram uma série de propostas que visam melhorar a ação deste tribunal - que é um órgão auxiliar da Câmara em sua tarefa de fiscalização.

As principais propostas apresentadas por nós e apreciadas na reunião de ontem foram as seguintes:

1 - COMISSÃO ESPECIAL - Propusemos a criação - na Câmara Municipal - de uma Comissão Especial de Fiscalização e Controle para fiscalizar os atos dos órgãos da administração direta e indireta, do TCM e da própria Câmara.

2 - MUDANÇA NA LOM - Outra proposta é alterar a Lei Orgânica do Município (LOM) no tocante à obrigação imposta ao Executivo de responder no prazo de 30 dias aos requerimentos de informação dos vereadores. A idéia é que o TCM - que hoje não tem prazo algum estabelecido - também seja obrigado a responder aos questionamentos legais no mesmo prazo estabelecido para o Executivo.

3 - APRECIAÇÃO DAS CONTAS - Para evitar que o processo de apreciação e de votação das contas dos prefeitos de São Paulo continue sofrendo atrasos, propusemos uma mudança salutar: a Câmara Municipal terá de apreciar as referidas contas do ano anterior até 31 de dezembro do ano subseqüente. Já o Tribunal de Contas será obrigado a enviar até setembro do ano subseqüente o seu parecer para votação pelos vereadores.

4 - SUSPENSÃO DE ATOS - Outro problema sério que as propostas que apresentamos pretendem corrigir é o seguinte: o TCM, hoje, acaba suspendendo atos da administração municipal sem apresentar justificativas legais. Pela proposta apresentada, toda vez que o TCM suspender algum ato (licitação etc) da administração direta ou indireta este terá de enviar à Câmara Municipal - no prazo de 30 dias - a motivação (justificativa legal) para a suspensão. Esta será apreciada pela Comissão de Fiscalização e Controle da Casa. Caso a referida comissão concorde com a motivação do TCM, manteria a suspensão. Não havendo concordância, a comissão da Câmara terá de emitir um parecer ao plenário, este terá o prazo máximo de 5 sessões aprová-lo ou reijeitá-lo.

Todas essas propostas visam, efetivamente, dotar o Tribunal de Contas do Município de instrumentos mais claros para que possa auxiliar ainda mais a Câmara Municipal na sua tarefa de fiscalizar os atos do poder público municipal, conforme estabelece a nossa Lei Orgânica.

Canção da Despedida

Composição: Geraldo Azevedo e Geraldo Vandré

Já vou embora, mas sei que vou voltar
Amor não chora, se eu volto é pra ficar
Amor não chora, que a hora é de deixar
O amor de agora, pra sempre ele ficar
Eu quis ficar aqui, mas não podia
O meu caminho a ti, não conduzia
Um rei mal coroado,
Não queria
O amor em seu reinado
Pois sabia
Não ia ser amado
Amor não chora, eu volto um dia
O rei velho e cansado já morria
Perdido em seu reinado
Sem Maria
Quando eu me despedia
No meu canto lhe dizia

Clique aqui para ouvir esta linda canção.

Crescimento reduz desemprego

Do Jornal do Brasil hoje (26)

A expansão dos investimentos começou a reduzir o desemprego no país. Todos os setores da economia criaram mais vagas entre agosto e setembro, conforme apurou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O órgão divulgou ontem que 9% da População Economicamente Ativa (PEA) das principais capitais estavam desocupados em setembro. É o menor nível de desemprego do ano e o mais baixo para esse mês. Em agosto, a desocupação atingira 9,5% da PEA, a mesma taxa de julho.

Dicas de Shows

RODA DE CHORO COM DANILO BRITO No encontro mensal coordenado pelos membros do Clube do Choro de São Bernardo, músicos interessados em demonstrar seu trabalho podem se inscrever no ato. 90 min.www.centrocultural.sp.gov.br. Centro Cultural São Paulo - sala Adoniran Barbosa (r. Vergueiro, 1.000, Liberdade, região central, tel. 3383-3402). 631 lugares. 19h. Retirar ingr. c/ uma hora de antecedência.

---------------------------------------------------------------------------------

Yusa: Centro Cultural da Espanha em São Paulo e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional e Desenvolvimento trazem o show Yusa - a nova geração da música cubana. Sala Adoniran Barbosa, dia 27 (sábado) às 24h.
Entrada franca. Acesse o site.

Sobre a artista:

Nascida no boêmio bairro cubano de Buena Vista, Yusa esteve durante toda a sua vida em contato mais variados sons. Quando criança, nos anos 1970, escutava músicas de artistas como Los Van Van, Elena Burke, Irakere, Silvio Rodriguez e Pablo Milanês. Por meio das rádios norte-americanas ouvidas em Cuba, conheceu Led Zeppelin, Earth Wind and Fire, Tina Turner, The Police e Barry White, entre outros. Ao iniciar seus estudos musicais em um conservatório, a cantora teve seu primeiro contato com a música brasileira ouvindo discos de Egberto Gismonti, Elis Regina e Chico Buarque.

PT cobra mandato de Soninha

Do Jornal da Tarde hoje (26)

"O presidente municipal do PT, vereador Paulo Fiorilo, disse ontem que, com base na decisão do Tribunal Superior Eleitoral, o partido deve pedir na semana que vem a vaga da vereadora Soninha, que trocou a legenda pelo PPS, de olho em disputar a Prefeitura em 2008.

“Amanhã (hoje) vamos nos reunir com advogados do partido e preparar o material para embasar o pedido. Semana que vem, devemos ir à Justiça Eleitoral”, afirmou. Um dos documentos que deve ser anexado à representação, como o JT revelou, é uma carta assinada por Soninha antes de 2004, admitindo que, em caso de mudança de legenda, ela admitia que o PT recorresse para obter de volta o mandato".

800 ônibus abandonados

Do Jornal da Tade hoje (26)

Enquanto paulistanos sofrem com a falta de ônibus, uma garagem da São Paulo Transportes (SPTrans) abriga cerca de 800 veículos, que estão apodrecendo, na Avenida Guido Caloi, Zona Sul. No local estão estacionados aproximadamente cem trólebus desativados após a retirada da rede elétrica aérea em alguns pontos da Capital e 700 ônibus de empresas desativadas ou descredenciadas, que aguardam o fim de processos judiciais para irem a leilão. Leia mais.

Meu comentário: Basta visitar um ponto final de ônibus na periferia para perceber o quanto o transporte público piorou nesta administração. Os ônibus, em sua maioria, estão com mais de dez anos de uso e o tempo de intervalo entre uma viagem e outra aumentou, o que acarreta uma superlotação causando o desconforto para os passageiros.

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Por que Zico presidente (2)


O convidado do blog desta quinta-feira para dar seu depoimento a favor da candidatura do deputado estadual José Zico Prado à Presidência do PT Estadual é o prefeito da cidade de Osasco, Emídio de Souza. Saiba o que pensa o prefeito de uma das mais importantes cidades da Grande São Paulo governadas pelo PT acerca do processo sucessório em curso no Partido dos Trabalhadores.

"Sou amigo de longa data do deputado estadual José Zico Prado, por isso conheço o trabalho que ele desenvolve com muito empenho e seriedade. O respeito de José Zico à valorização das macro-regiões do Estado mostra uma visão política ampla e amadurecida, digna da admiração de todos nós. Por sua trajetória brilhante e atuação obstinada, declaro meu apoio incondicional a sua candidatura a presidente do PT Estadual de São Paulo".

Emídio de Souza é prefeito da cidade de Osasco.

Universidade Federal em Osasco

Dia 29 de agosto o prefeito Emidio de Souza esteve em Brasília para dar continuidade às tratativas com o governo federal pela instalação da Universidade Federal em Osasco.

Na ocasião, o prefeito de Osasco esteve reunido com o ministro de Estado da Defesa, Nelson Jobim, em seu gabinete, e entregou documento solicitando sua intervenção para que o Exército transfira uma área de sua propriedade, localizada na cidade, ao Ministério da Educação para implantação do campus.

O projeto vai beneficiar a população de Osasco e de toda a região Oeste da Grande São Paulo, suprindo o décifit de vagas para alunos do ensino superior público.

O projeto, que conta com apoio do ministro da Educação, Fernando Haddad e do presidente da Republica, Luiz Inácio Lula da Silva, dentre outras autoridades políticas, faz parte de um projeto do governo federal para expansão do ensino superior gratuito. No caso de Osasco, a universidade seria um campus da Unifesp (Universidade Federal do Estado de São Paulo), mesma instituição que mantém a Escola Paulista de Medicina. Leia mais.

Fim da prescrição retroativa de crimes

Do jornal O Globo hoje (25)

"O Senado aprovou ontem um projeto que acaba com a prescrição retroativa, regra que contribui hoje para que crimes sejam extintos caso a Justiça perca o prazo para determinar a sentença dos réus. A prescrição é hoje um artifício usado amplamente por advogados, que aproveitam a morosidade da Justiça para arrastar os processos até que eles não tenham mais validade.

Com o fim da regra, o prazo para a prescrição de um crime passará a contar somente a partir do início do processo penal, ou seja, quando o Ministério Público oferece denúncia à Justiça. Hoje, o prazo conta desde o fato, ou seja, o suposto crime. Por isso, a regra em vigor chama-se prescrição retroativa. Os prazos de prescrição variam de acordo com as penas previstas no Código Penal. O projeto vai agora à sanção do presidente Lula".

Kassab: mais R$ 16 mi em propaganda

Do Jornal da Tarde hoje (25)

"À s vésperas do ano eleitoral de 2008, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) aumentou em R$ 16 milhões a verba destinada a propaganda do governo em 2007. Graças a outros acréscimos feitos durante o ano, o orçamento para o setor, que havia sido previsto em R$ 35,5 milhões no início do ano, chegou a R$ 67,75 milhões, ou 90,84% a mais". Leia mais.

Meu Comentário: O desejo de continuar na prefeitura é tanto que o prefeito Kassab não mede as conseqüências: no intuito de tornar sua candidatura viável nas eleições de 2008, torra o dinheiro público em propaganda para se promover. Aliás, a chance dele ser o candidato de uma aliança dos tucanos com o "DEMO" (ex PFL), é justamente tentar chegar em março do próximo ano com melhores índices de aprovação nas pesquisas de opinião. As conseqüências desta política irresponsável o povo paulistano já está sentindo na pele: 90% a mais de gastos com propaganda.

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Por que Zico presidente (1)


Posto a partir de hoje (24) uma série de depoimentos de personalidades importantes da política que apóiam a candidatura do deputado estadual José Zico Prado à Presidência do PT Estadual. O nosso primeiro convidado é o deputado estadual Carlinhos Almeida, atual secretário de Comunicação do PT paulista.

"A eleição do Zico para presidência do DR (Diretório Regional) representa uma nova etapa no processo de construção do PT em nosso Estado. Zico é um deputado estadual atuante com forte presença na grande São Paulo e no interior. Sua experiência será fundamental para organizarmos o partido para a vitória nas eleições municipais do ano que vem. Sua combatividade será decisiva no trabalho de oposição ao governo Serra. Sua habilidade e história no PT garantirão as condições para que possamos construir um projeto para ganharmos o governo do Estado em 2010!"

Carlinhos Almeida , deputado estadual (região de São José dos Campos).

Acordo para imóveis do PAR

Foi assinado acordo entre o Ministério das Cidades, a Secretaria de Estado da Habitação do estado de São Paulo e a Caixa Econômica Federal para a compra de até 2.639 moradias pelo Programa de Arrendamento Residencial (PAR), na Baixada Santista. São 15 conjuntos residenciais em fase de conclusão de obras nos municípios de Santos, São Vicente, Itanhaém, Peruíbe e Praia Grande, com investimento estimado em R$ 100 milhões. Os imóveis serão destinados a famílias que vivem em favelas, áreas de risco ou de preservação ambiental. A cerimônia aconteceu em São Paulo, durante o 2º Seminário Regional (Sudeste) para elaboração do Plano Nacional da Habitação (PlanHab).

Indústria das multas segue a todo vapor

Da Folha de S. Paulo desta quarta-feira (24):

Trânsito de São Paulo bate recorde histórico de multas

Foram aplicadas 404 mil punições em agosto na cidade, uma a cada 6,6 segundos

"A cidade de São Paulo teve em agosto seu recorde histórico de multas de trânsito aplicadas em um só mês: 404 mil, uma a cada 6,6 segundos.
A quantidade de infratores flagrados no município por equipamentos eletrônicos, por marronzinhos e por policiais militares foi mais de 30% superior à do mês anterior ou à do mesmo período de 2006". Leia mais (para assinantes da Folha/UOL)

Comentário: Como se vê, a chamada indústria da multa ganha espaço cada vez maior para engordar o caixa da Prefeitura - que até setembro passado tinha aplicados R$ 5 bilhões em bancos privados. Os problemas no trânsito só se agravam, pois a administração não tem projeto algum para sequer minimizar os efeitos do caos na cidade. O principal gargalo está nos transportes públicos, cada vez mais deficitários e causadores de transtornos aos paulistanos.

Mais professores

Do Jornal da Tarde hoje (24)

Matemática é a disciplina que mais tem vagas entre as 8.506 que a Secretaria de Estado da Educação começa a preencher a partir da próxima segunda-feira nas escolas estaduais da Capital. No total, serão convocados 1.711 professores para a matéria. Física tem 703 vagas. Língua portuguesa, 630. O ensino fundamental contará com 2.827 novos professores (veja ao lado todas as vagas na Capital).

No total, serão convocados 21.508 educadores de todo o Estado aprovados em concurso público para preenchimento de 17.315 vagas nas escolas estaduais, com início de trabalho previsto para 2008. Leia mais.

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Mais um prefeito declara apoio a Zico

O prefeito Baquin, da cidade de Sumaré na região de Campinas, acaba de declarar apoio ao deputado estadual Zico Prado para presidente do PT de São Paulo. Essa adesão significará um grande reforço a esta candidatura que nasceu forte naquela região, pois conta com apoiadores ilustres tais como: O deputado estadual Antonio Mentor, Larguesa que é o atual coordenador da Macroregião, de vereadores e da maioria dos diretórios municipais locais.

Quero parabenizar o prefeito Baquin que faz uma grande administração na cidade e que com certeza será reeleito em 2008. Quero também parabenizar todos os apoiadores do Zico na região que terão um importante papel na vitória de nossa candidatura. Zico presidente é a garantia de um PT forte no estado e a região de Campinas será beneficiada com a eleição de uma numerosa bancada de vereadores e de um grande número de prefeitos nas próximas eleições.

A revisão do Plano Diretor

Recebi ontem (22)em meu gabinete uma comissão representativa de entidades que compõem a Frente Popular pelo Plano Diretor Participativo. Estavam presentes representantes da Central de Movimentos Populares, Instituto Polis, Movimento Defenda São Paulo, União dos Movimentos de Moradia entre outros.

O que motivou a conversa foi a proposta de revisão do Plano Diretor que está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça, por mim presidida com muita honra. Informei a todos que a Comissão de Justiça não analisa o mérito da propositura, cabe aos vereadores - membros da comissão - fazer o controle preventivo de constitucionalidade, impedindo a contaminação do nosso ordenamento jurídico.

Os representantes dos movimentos ficaram de apresentar à Comissão de Justiça um estudo apontando as inconstitucionalidades materiais que seus advogados julgam existerem no projeto do executivo. Deixei claro meu interesse em analisar os seus argumentos jurídicos. Sendo eles consistentes, com certeza deverão ser considerados por todos os integrantes da referida comissão.

Aproveito para recomendar a leitura do Editorial do Jornal da Tarde de hoje (23) que versa sobre a revisão do Plano Diretor. Uma abordagem bastante crítica a forma como está se dando o debate sobre esta matéria. Leia: "Não começou bem a revisão do Plano Diretor Estratégico (PDE) da Capital, de acordo com projeto enviado pela Prefeitura à Câmara Municipal. Porque não houve o necessário debate sobre a matéria e porque há claros sinais de que algumas importantes mudanças propostas favorecem mais o setor imobiliário do que os interesses da população”.

A Prefeitura havia solicitado à Câmara prorrogação do prazo de envio do projeto que vencia no dia 2 de outubro para março do próximo ano. Embora a maioria dos vereadores tivesse dado garantias de que o pedido seria aprovado, o Executivo decidiu se antecipar e entregar a proposta de revisão sem a esperada divulgação. Portanto, uma pressa injustificável. “Recebemos a minuta desse projeto em cima da hora e sem os mapas e tabelas”, afirmou a arquiteta e urbanista Lucila Lacreta que integra a Comissão Municipal de Política Urbana (CMPU) como representante da organização não-governamental Defenda São Paulo. Leia mais.

Decisão lamentável! Uma matéria de tal importância para o ordenamento urbano da capital deveria ser amplamente debatida com a comunidade.

Os efeitos de uma política correta

O jornal O Globo de hoje (23) destaca os efeitos da política nacional de segurança conduzida pelo governo federal, especialmente com a implantação do Estatuto do Desarmamento. Veja dois trechos da reportagem:

Número de mortes por arma de fogo caiu 12%

"Pesquisa recém-concluída pelos ministérios da Saúde e da Justiça informa que o número de assassinatos, especialmente homicídios cometidos com armas de fogo, vem caindo gradativamente no país nos últimos anos. Pelos dados do governo, o número de mortes por armas de fogo, que em 2003 foi de 39.325, caiu para 34.648 ano passado, ou seja, uma redução de 12%. O número geral de homicídios também diminuiu: passou de 51.043 para 44.663, uma queda de 12,4% no mesmo período. O estudo aponta a queda da violência em 16 estados, entre eles o Rio de Janeiro.

O estudo atribui a contenção da violência ao recolhimento de armas a partir da aprovação do Estatuto do Desarmamento, à distribuição de recursos da Secretaria Nacional de Segurança (Senasp) e à implementação de políticas articuladas entre governos e organizações não-governamentais, entre outros fatores. "Primeiro fator apontado pelas análises como significativo na redução dos homicídios no Brasil foi o impacto da criação do Estatuto do Desarmamento e das ações de recolhimento de armas nos óbitos por arma de fogo", sustentam os responsáveis pelo levantamento. Os técnicos fizeram um cruzamento entre índices de homicídios e a campanha do desarmamento".

Governo Lula investindo em habitação em SP

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva destina um grande volume de recursos para o setor de habitação - coisa que os tucanos negligenciaram seguidamente durante seus governos. Veja um trecho de uma nota publicada hoje no Boletim PT Câmara SP sobre a destinação de verbas do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) para a Capital:

São Paulo deve receber até R$ 700 milhões do PAC para habitação

A cidade de São Paulo deve receber até R$ 700 milhões de recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Habitação, para investimento em obras de urbanização e regularização fundiária. A informação foi dada ontem por Inês Magalhães, secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, durante seminário conjunto realizado pelas Bancadas de vereadores e de deputados estaduais do PT. O evento aconteceu na Câmara Municipal.

Em junho, o presidente Lula assinou um acordo de cooperação com o governo estadual no valor de R$ 7,39 bilhões. Os recursos (R$ 4,92 bilhões provenientes dos cofres da União), provenientes do PAC, são destinados a obras de saneamento e urbanização em todo o Estado.

No início de outubro, o ministério e a Prefeitura de São Paulo assinaram sete contratos com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 413,6 milhões, para repassar recursos do PAC para a capital paulista destinados à execução de várias melhorias.

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Plenária de prestação de contas no Ipiranga


O meu mandato deu início à realização de uma série de encontros com as comunidades e suas lideranças em diversos bairros da Capital. São as Plenárias de Prestação de Contas - atividade que sempre realizei na vida política. Inaugurei esse ciclo ontem (21) no bairro do Ipiranga.

Foi um encontro que reproduziu o meu estilo de fazer política: olho no olho das pessoas que compareceram em pleno domingo para ter uma noção ampliada do que o mandato de um vereador pode e deve realizar na cidade. Expus um resumo das ações políticas do mandato, além de levantar propostas e sugestões da comunidade.

Mais de cem pessoas compareceram a esse que foi o primeiro de uma série de encontros que estão programados para este ano nos bairros paulistanos.

Parabéns às lideranças ligadas ao meu mandato no Ipiranga e a todos que compareceram a esse encontro proveitoso!

A arrancada para a vitória de Zico


O lançamento da candidatura do deputado estadual José Zico Prado à Presidência do PT Estadual foi uma bela demonstração da força da militância. O encontro dos apoiadores da candidatura Zico aconteceu no sábado passado (20), na Quadra dos Bancários, no centro de São Paulo, e teve números expressivos: cerca de 1,5 mil militantes de diversas macorregiões do Estado, além de 6 deputados federais, de 9 deputados estaduais, vereadores e 17 coordenadores das 19 Macroregiões existentes no estado declararam seu apoia a candidatura do deputado Zico.

Vale ressaltar também o apoio, já declarado, de 24 prefeitos do PT de várias cidades paulistas que estão com Zico para o Diretório Estadual no próximo Processo de Eleições Diretas e que fizeram questão de comparecer ao evento.

A candidatura Zico se fortalece cada vez mais!

Tucano mineiro cada vez mais enrolado

Do Jornal do Brasil, hoje (22):

Auditoria complica situação de Azeredo

"Auditorias da Secretaria da Fazenda de Minas, feitas de 1997 a 2000 e que examinaram os gastos de publicidade do governo do tucano Eduardo Azeredo (1995-1998), apontaram despesas irregulares de R$ 9,97 milhões - entre os quais prevalecem pagamentos às agências SMPB e DNA, de Marcos Valério. O prejuízo ficou em aberto na contabilidade estatal de 2000 a 2004, quando, já no governo Aécio Neves (PSDB), foi reduzido a R$ 1,5 milhão, por conclusão de inspeção do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Minas, confirmada pela Auditoria Geral do Estado.

A pendência ainda depende de julgamento definitivo do TCE-MG, tribunal que tem entre seus sete conselheiros dois ex-deputados beneficiados (segundo a Polícia Federal) por recursos do valerioduto tucano, um ex-líder do PSDB na Assembléia e a mulher de Clésio Andrade (ex-vice de Aécio e ex-sócio de Valério).

O valerioduto tucano, segundo a PF, foi um esquema operado por Valério, por meio de suas agências, para ocultar origem e destino de ao menos R$ 28,5 milhões em recursos públicos desviados e verbas privadas não-declaradas à Justiça que financiaram, em 1998, a campanha à reeleição de Azeredo, hoje senador, e aliados.

Entre as irregularidades apontadas nas cinco auditorias, acessadas pela Folha e que não são citadas no relatório da PF, estão pagamentos a mais, promoção de autoridade em publicidade estatal, gastos sem empenho prévio, apresentação de fatura como comprovante de despesa (o correto é nota fiscal) e serviços sem comprovação".

O Brasil vive uma revolução silenciosa

"Recentemente ouvi uma expressão que me marcou profundamente. "No calor da batalha, não se tem a dimensão da revolução que se está fazendo", dizia o autor. Pois me parece que é exatamente isto que está ocorrendo conosco, petistas.

No ambiente político belicista que vivemos, mal percebemos o tamanho da revolução social, cultural e econômica que o Brasil está empreendendo sob liderança especial de um retirante do sertão nordestino, que é também, para desconforto das elites, um operário metalúrgico que não tem a origem palatável dos seus antecessores mandatários da Nação, nos séculos de domínio dos poderosos ou de seus representantes".

O trecho acima é de um artigo do deputado estadual do PT Ivar Pavan do Rio Grande do Sul, publicado no site do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores. Leia mais.

Favorecimento de ONG ligada a tucanos

Do jornal O Estado de São Paulo Hoje (22)

"O Ministério Público Estadual investiga as relações do Instituto de Desenvolvimento, Logística, Transportes e Meio Ambiente (Idelt) com o governo paulista e prefeituras. O Idelt é uma organização não governamental criada por Alberto Goldman (PSDB), vice-governador paulista, Frederico Bussinger, ex-secretário municipal de Transportes de São Paulo, e Thomaz de Aquino Nogueira Neto, atual presidente da Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa), entre outras pessoas ligadas ao setor de transporte público e ao PSDB. É presidido pela mulher de Bussinger, Vera Bussinger. E recebeu pelo menos R$ 5 milhões dos cofres públicos nos últimos sete anos.

Promotores querem saber se houve superfaturamento dos contratos e favorecimento da organização não governamental ligada ao PSDB. São analisados ao menos 16 contratos e aditamentos, parte sem licitação, com Dersa, Sabesp, Secretaria Estadual do Trabalho, prefeituras de São Paulo e Carapicuíba, segundo publicações do Diário Oficial do Estado. As contratações referem-se a cursos de qualificação profissional como assistente administrativo, reciclagem de lixo, conservação, limpeza e formação de mão de obra para fazer calçadas (calceteiro), além de assessoria técnica em transporte público e programas de água de reúso. A Dersa alega que não havia necessidade de licitação pelo fato de o instituto ter notória especialização nos setores em que atua.

Um dos inquéritos foi aberto no fim de setembro pela Promotoria da Justiça e Cidadania e apura quatro contratos e três aditamentos feitos entre o Idelt e a Dersa, que somam mais de R$ 450 mil. O outro, em andamento desde o ano passado, analisa contrato de R$ 948 mil com a Prefeitura de São Paulo, firmado na gestão de José Serra (PSDB).

Nos dois casos não houve licitação para contratação, apesar de existirem outras instituições capazes de fornecer tal tipo de serviço, como a Escola de Sociologia e Política de São Paulo, a Fundação Tide Azevedo Setúbal, o Instituto Paradigma, a Cosmética Beleza e Cidadania, entre outras ONGs e instituições. Estas três últimas mantêm atualmente parcerias com a Prefeitura da capital". Leia mais.

domingo, 21 de outubro de 2007

Um pouco de Vinicius de Morais

Soneto da Fidelidade

E tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meus pensamentos
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento
E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive)
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

Clique aqui e ouça Eu Sei Que Vou Te Amar (Vinicius de Morais)

Kassab X Alckmin

Do jornal O Estado de São Paulo hoje (21)

"A um ano das eleições municipais paulistanas, o impasse entre as potenciais candidaturas do prefeito Gilberto Kassab (DEM), por um lado, e do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), por outro, paralisa a aliança de 13 anos que junta tucanos e o antigo PFL, e imobiliza os adversários, que aguardam uma definição na disputa para se posicionar. Há duas semanas Alckmin ganhou um inesperado presente: o governador Aécio Neves (PSDB), de Minas, prometeu-lhe total engajamento em sua candidatura à Prefeitura de São Paulo em 2008.

A preocupação em definir um rumo para a aliança juntou num jantar de exploração de hipóteses, na última terça-feira, o ex-presidente do DEM, ex-senador Jorge Bornhausen (SC), e Alckmin. Na sexta, Aécio, o senador Tasso Jereissati (CE), presidente do PSDB, e o governador José Serra (PSDB) tiveram um encontro em São Paulo para discutir a CPMF e, no entremeio, conversar sobre a eleição municipal de 2008. Serra apóia a candidatura do atual prefeito, Gilberto Kassab, à reeleição, mas muitos tucanos questionam a inexperiência de Kassab em disputas eleitorais". Leia mais.

sábado, 20 de outubro de 2007

ZICO, O PRESIDENTE COM A CARA DO PT

"O melhor nome para presidir o PT no Estado de São Paulo é o do companheiro deputado estadual Zico Prado. Sob seu comando firme, nosso partido vai organizar uma eficiente e programática oposição ao PSDB, que governa de maneira desastrosa o estado há 15 anos. Basta ver a realidade caótica da educação, da saúde e da segurança no estado mais rico da nação.

Com sua experiência das lutas sindicais e populares e o trabalho competente que exerce a cinco mandatos na Assembléia Legislativa, Zico está preparado para unir e organizar o PT para conquistar um grande resultado nas eleições municipais de 2008. É chegada a hora do nosso partido superar suas fragilidades organizativas no estado de São Paulo, recuperando importantes prefeituras, ampliando nosso quadro de vereadores e avançando em todas as regiões do estado.

Com Zico presidente nosso partido em São Paulo será renovado para que sua real força política e social possa, enfim, expressar-se na ocupação de destacados postos institucionais, de modo a prepararmos o caminho para em 2010 elegermos pela primeira vez um governador petista para comandar o estado. Para tanto, vamos fortalecer a organização do PT a partir de suas bases municipais e regionais".

O texto acima é do manifesto de apoio a canditatura do deputado estadual Zico Prado a presidência do PT de São Paulo. A partir de hoje (20), será distribuido para todos os filiados do PT paulista.

Planejamento habitacional no Sudeste

São Paulo sedia a partir de quinta-feira (18) o 2° Seminário Regional de Elaboração do Plano Nacional de Habitação (PlanHab) Sudeste, que irá discutir políticas e captação de recursos para o setor. O evento acontece no auditório da Secretaria de Habitação do Estado/CDHU e vai reunir, além de pesquisadores da área, representantes dos três níveis do governo, do poder legislativo e da sociedade civil dos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

A secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães, abre o Seminário, com a apresentação dos objetivos do Plano Nacional de Habitação. Em seguida, a diretora da Secretaria Nacional de Habitação, Júnia Santa Rosa, fala sobre a Política e o Sistema Nacional de Habitação. Leia mais.

Dengue aumenta na Capital

A contaminação por dengue na cidade de São Paulo cresceu 409% entre janeiro e setembro de 2007, na comparação com igual período do ano passado. Nos primeiros nove meses deste ano, foram registrados 2.349 casos de pessoas contaminadas pelo vírus da dengue, segundo reportagem publicada ontem no jornal Diário de S. Paulo. Leia mais.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Pão e Tulipas na dica de vídeo

Por Celina Sales, com informações do portal Cineclick:

PÃO E TULIPAS (Pane e Tulipani, Itália/ Suíça, 2000)

Sinopse: A dona de casa Rosalba (Licia Maglietta) está viajando em uma excursão de ônibus com sua família. Ao parar em um restaurante à beira da estrada, ela é esquecida pelo marido e pelos filhos. Uma situação propícia para que possa fazer o que sempre quis: conhecer Veneza. Pede carona, deixando apenas um evasivo recado na secretária eletrônica do marido: "Férias". Mas incidentes transformam a rápida escapada em algo mais duradouro. Enquanto isso, o marido contrata um encanador fanático por histórias de detetive para ir atrás da mulher. Mas Rosalba já organizou sua nova vida: arrumou um emprego, divide um apartamento com um garçom finlandês, ganhou a amizade da vizinha, voltou a tocar acordeão. Quando o encanador-detetive a encontra, ele também percebe que a vida pode ser muito mais divertida do que parece.

Elenco: Licia Maglietta, Bruno Ganz, Giuseppe Battiston, Marina Massironi, Antonio Catania, Felice Andreasi, Vitalba Andrea, Tatiana Lepore.

Bom fim de semana!

O talento de Xangai

Eugênio Avelino, popularmente conhecido como Xangai (Vitória da Conquista, Bahia, 20 de março de 1948) é um cantor, compositor e violeiro brasileiro. Filho e neto de violeiros, ainda menino fixou-se com os seus pais na cidade de Nanuque, no norte de Minas Gerais. Xangai é descendente direto do bandeirante João Gonçalves da Costa. Seu pai era proprietario de uma sorveteria chamada Xangai, dai se originando o seu apelido e atual nome artistico.

Clique aqui e ouça a música Gabriela de Elomar Figueira de Mello cantada por Xangai

Ainda sobre as concessões das rodovias federais

O ex-ministro Delfim Netto, no jornal “Valor Econômico” de 16/10, comentou o resultado do leilão nos seguintes termos: “Merece, certamente, uma reflexão mais profunda o fato de os grandes grupos nacionais, com enorme experiência em construção e administração, terem feito propostas que, queiramos ou não, gostemos ou não, colocam numa ‘saia justa’ e ajudam a levantar suspeitas sobre a ‘qualidade’ das concessões anteriores, a começar, aliás, pelos números da ANTT para o último leilão. É certo que as condições do Brasil eram outras, que os riscos eram outros, mas não é menos certo que os diferenciais de custo de pedágio por quilômetro (que pode chegar a seis vezes) precisam ser esclarecidos. O simples apelo ao diferencial da ‘qualidade’ dos serviços (que provavelmente existe) não vai acalmar os ânimos dos que têm reclamado, inclusive o governo”.

Quem (como é o meu caso) criticou várias vezes a demora em colocar na rua as concessões (esperamos desde 1996), na suposição que ela era devida menos a dificuldades técnicas (decidir se recuperar o valor da estrada ou o menor pedágio) e mais um viés ideológico (a fobia às privatizações dos petistas jurássicos), tem que reconhecer que demorou, mas saiu bem feito. E, mais, que a segunda hipótese era felizmente equivocada. Teve toda a razão o presidente Lula, quando comemorou o resultado como ‘espetacular’. Primeiro para seu próprio governo, e segundo, para o bem do Brasil. Agora já não há mais dúvida: quando projetados com inteligência e executados com transparência, os leilões são uma forma eficaz e segura de transferir para o setor privado o que ele pode fazer melhor e, ao mesmo tempo, proteger o consumidor”.

O ex-ministro Delfim Netto, neste texto deu uma lição de humildade. Fez uma autocrítica, sem medo e sem mácula, sem abrir mão de continuar a exercer seu direito de pensar criticamente. Outros poderiam seguir seu exemplo. Mas nem todos fazem isso.

Já é tempo dos tucanos aqui de São Paulo fazerem autocrítica.

Três bairros ficam sem ônibus na Zona Sul

Do Jornal da Tarde hoje (19)

"Como se já não bastassem todas as dificuldades da vida na periferia, cerca de 50 mil moradores dos jardins Paranapanema, Jangadeiro e Morro do Índio, na Zona Sul da Capital, estão reféns do transporte público. Não existem mais ônibus para atender a comunidade. Os passageiros dizem que isso está acontecendo desde que a Cooperauhton foi descredenciada pela Prefeitura há 19 dias, depois de três acidentes graves (leia mais abaixo). A SPtrans nega e afirma que se trata de uma reestruturação das linhas". Leia mais.

Meu comentário: A qualidade do transporte público na cidade de São Paulo só tem piorado nesta administração. Na Zona Sul da cidade o caos aumentou depois da decisão intempestiva do atual secretário de transporte de descredenciar a Cooperauhton, deixando três bairros sem transporte público: Paranapanema, Jangadeiro e Morro do Índio. O pior é que a situação está se arrastando por várias semanas e a prefeitura não apresenta nenhuma solução.

Ministros batem boca no plenário

Do Blog do Josias de Souza

"Quando um juiz obtém uma cadeira no Supremo, tudo o que se imagina é que terá uma vida que calma. Trabalhosa, mas calma. Verifica-se, porém, o oposto. Aos pouquinhos, os magistrados vão demonstrando que nada separa mais os homens do que a convivência. Leia-se abaixo, a propósito, o relato da repórter Silvana de Freitas (assinantes da Folha):

“Os ministros do STF travaram novo bate-boca e um dos protagonistas, Eros Grau, saiu do plenário por minutos em protesto contra intervenções sistemáticas dos colegas, principalmente de Cezar Peluso e Joaquim Barbosa.

Eles discutiam um processo cujo desfecho pode resultar na exoneração de 126 defensores públicos de Minas Gerais contratados sem concurso. Grau, relator do caso, sugeriu que eles permaneçam por mais 24 meses. Ao final, Grau desabafou: "Ainda bem que minha mãe já se foi, porque, se ela estivesse assistindo a isso, quando eu chegasse em casa levaria uns tapas por ter sido mal-educado, mas não fui sozinho".
Inicialmente, ele ameaçou: "Se os senhores não me deixarem falar, vou embora".

Minutos depois, saiu. Marco Aurélio pediu que ele ficasse. A presidente do STF, Ellen Gracie, tentou contornar o mal-estar. Coube a Carlos Alberto Menezes Direito, amigo de Grau, atuar como bombeiro. Ele saiu do plenário no mesmo instante e convenceu Grau a retornar. Anteontem, o mesmo processo já havia provocado bate-boca entre Grau e Peluso. O julgamento deverá ser concluído na quarta-feira.”

Meu comentário: Até no STF?

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Um pouco de Ray Charles

"Eu nasci com a música dentro de mim. Ela me era tão necessária quanto a comida ou a água." (Ray Charles)

Clique aqui e ouça Georgia On My Mind (Ray Charles)

Um laptop por aluno

Do Jornal da Tarde hoje (18)

"Após uma novela de mais de dois anos, o governo federal pretende fazer em novembro a licitação para a compra das primeiras 150 mil máquinas do projeto Um Computador por Aluno (UCA), menina-dos-olhos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A idéia de distribuir laptops para todas as crianças matriculadas em escolas públicas sofreu sucessivos adiamentos desde 2005, principalmente por culpa dos fabricantes, que demoraram muito tempo para desenvolver equipamentos portáteis de baixo custo". Leia mais.

Meu comentário: O Lula está no caminho certo. Hoje é impossível pensar em uma escola eficiente sem o elemento da informatização. A inclusão digital é fundamental para a democratização do conhecimento. Parabéns governo federal!

Financiamento para estudantes

Os estudantes que não têm condições financeiras para arcar com os custos de uma universidade particular já podem comemorar. O Senado aprovou ontem o Projeto de Lei 5 de 2004 que muda as regras do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) e permite financiar integralmente os estudos - atualmente o limite máximo concedido é de 50%. O crédito também poderá ser usados para custear estudos de mestrado e doutorado, modalidades até então não permitidas pelas regras do Fies. Leia mais.

Orçamento das subprefeituras na contramão

Mantendo uma tradição inaugurada pelo atual governador e ex-prefeito tucano José Serra, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) destinará também em 2008 recursos menores para bairros que necessitam mais das ações governamentais. Essa tendência de manter as subprefeituras na contramão do que ocorria no governo Marta Suplicy (PT) - de quem eu fui líder na Câmara Municipal - é demonstrado em estudo publicado na edição de hoje (18) do Jornal da Tarde. A opção do governo dos tucanos e aliados foi aprofundar a exclusão social com a destinação de mais dinheiro para áreas onde os índicadores sociais são melhores e a diminuição dos recursos onde o povo mais precisa. As subprefeituras foram esvaziadas, na prática.

Veja abaixo dois trechos da reportagem do JT:

Verbas divididas de forma desigual

Critério adotado não leva em conta nº de habitantes

"O recurso destinado às 31 subprefeituras da Capital, R$ 875, 3 milhões, é fatiado de forma desigual. O orçamento per capita da Capela do Socorro, Zona Sul, representa metade da verba destinada aos moradores de Pinheiros, Zona Oeste, e Vila Mariana, Zona Sul - os dois distritos que somam os melhores indicadores sociais da Cidade. O levantamento do orçamento deste ano feito pelo Movimento Nossa São Paulo mostra que não é a carência nem a densidade populacional que ditam as regras na distribuição dos recursos.

“A Prefeitura gasta mais nos locais em que a infra-estrutura é melhor e a população tem renda alta”, disse o economista e ex-vereador Odilon Guedes, coordenador do estudo. O especialista em orçamento público, Wilson Villas Boas vê no estudo um indicador da má distribuição dos recursos. “Ficaria mais explícito com os dados das outras secretarias e da receita municipal.” Leia aqui a reportagem completa.

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

A polêmica sobre o Conpresp

Recentemente se instaurou na cidade uma polêmica sobre as atribuições do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Ambiental e Cultural da Cidade de São Paulo (Conpresp). Em nenhum momento a Câmara Municipal quis limitar o poder do Conpresp, muito menos redefinir seus atributos de proteção do nosso patrimônio histórico. A crítica por parte dos vereadores é de que o referido órgão invade a competência do legislativo paulistano ao mudar o Zoneamento, alterando o gabarito de construção do chamado “entorno” dos imóveis tombados.

A questão Zoneamento é tão importante que a nossa Lei Orgânica do Município estabeleceu um processo legislativo mais dificultoso para sua aprovação ou modificação: para qualquer alteração são necessárias no mínimo duas audiências públicas abertas à participação de todos os interessados e duas votações em plenário (dois turnos) com no mínimo 37 votos de vereadores.

Para alterar zoneamento na Câmara o processo é rígido e o Conpresp altera o chamado entorno, em raio de até 300 metros, com crítérios bastante subjetivos e decisões pouco transparentes com o voto de apenas 5 de seus membros. Isso não é correto.

Não tenho nada contra aqueles que compõem o atual Conselho, aliás, não tenho conhecimento de nada que os desabone, portanto, presumo serem os atuais conselheiros agentes de conduta ilibada. Porém, eles não possuem mandato vitalício. Ao legislador cabe elaborar e aprovar normas perenes, que sejam para todos e que previnam práticas não condizentes com o interesse público. É claro que de modo geral é mais fácil influenciar negativamente cinco conselheiros do que trinta e sete vereadores

Não tenho dúvidas: a cidade não pode ficar à mercê dos interesses imobiliários. A lógica do mercado é fundamentalmente o lucro. Ao poder público cabe disciplinar o mercado, impor regras claras e transparentes que possam combinar desenvolvimento econômico, qualidade de vida, preservação ambiental e do nosso patrimônio histórico.

Por que tanta resistência em submeter ao controle da sociedade as decisões de um órgão que cuida de interesses econômicos e da coletividade?

O que é o Conpresp - O Conpresp, órgão da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), foi criado em 1985 e tem como atribuições deliberar sobre o tombamento total ou parcial de bens móveis e imóveis, de propriedade pública ou particular; comunicar o tombamento de bens aos cartórios de registro para a realização dos competentes assentamentos, bem como aos órgãos estadual e federal de tombamento; formular diretrizes e estratégias necessárias para garantir a preservação de bens culturais e naturais; e definir área de entorno do bem tombado a ser controlado por sistemas de ordenações espaciais adequadas.

Um pouco de Tom Jobim

"Digo que minha música vem da natureza, agora mais do que nunca. Amo as árvores, as pedras, os passarinhos. Acho medonho que a gente esteja contribuindo para destruir essas coisas." (Tom Jobim)

Clique aqui e ouça Passarim (Tom Jobim)

Arrancada para a vitória!

Os apoiadores da candidatura do deputado estadual Zico Prado para a presidência do PT estadual farão um ato de lançamento com apoiadores de todo o estado. O evento vai demonstrar vigor, força política e determinação para construir uma direção que seja capaz de levar o PT à vitória em 2008 e preparar o PT no estado para 2010.

Por uma direção capaz de conduzir o PT à vitória no Estado;

Por uma direção plural, democrática e compartilhada;

Por uma direção presente nas macrorregiões, no diretórios municipais e zonais, Zico presidente.

O lançamento será na quadra dos bancários, na rua Tabatingüera, no centro de São Paulo, sábado às 10 horas da manhã.

A diferença está no bolso do usuário

“O TUCANO É UM animal estranho. Quando se discorda dele, repete a explicação. Afinal, se alguém ousa divergir, deve ter entendido mal”. O trecho em negrito é do artigo publicado hoje (17) no jornal Folha de São Paulo pelo colunista Elio Gaspari.

O artigo traz uma análise comparativa do modelo de concessão de rodovias dos tucanos com o modelo implementado recentemente pelo o Lula nas rodovias federais: “A principal diferença entre os dois métodos está nas luvas que São Paulo exige e o governo federal dispensa. Os tucanos que condenam esse caminho e o atribuem a Lula não fizeram a lição de casa ou, o que é mais comum, acham que os outros são bobos”, diz Elio Gaspari. E continua: “Nunca será demais repetir que, se um cidadão viajar de Belo Horizonte para São Paulo, pagará à OHL R$ 1,42 para cada 100 quilômetros. Caso prossiga para o Rio, o pedágio sobe para R$ 7,58".

Não foi o governo federal quem fixou os pedágios baratos. Foram as empresas, na livre competição do mercado, que baixaram os preços. Se houvesse apenas dois interessados na Fernão Dias, um pedindo R$ 4,00 (o teto aceito pela União) e outro deixando os 100 quilômetros por R$ 3,99, o segundo ficaria com a concessão. A OHL ofereceu-se para operar a R$ 1,42 e levou-a.
No caso dos próximos leilões paulistas a situação se complica. Primeiro, porque se o cidadão que veio pela Fernão Dias resolver ir a Santos, pagará R$ 13,10 para cada cem quilômetros”.
Concluo esta postagem com uma frase que deu início ao referido artigo: “José Serra terá que decidir qual será o custo político da fúria arrecadadora tucana”.

Comentário: O artigo é muito bom! Recomendo a sua leitura. Assinantes clique aqui e leia-o

Alckmin tentando despistar 2008?

Do jornal Valor Econômico de hoje (17):

Em viagens pelo país, Alckmin nega candidatura

"Com uma agenda intensa de viagens pelo país, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato derrotado à Presidência em 2006, comemorou o segundo lugar em pesquisa de intenção de voto para a sucessão presidencial de 2010. Em pesquisa CNT/Sensus divulgada segunda-feira, José Serra lidera a sondagem com 12,8%, das intenções de voto, seguido por Alckmin, com 11,6% e Aécio Neves, com 9,8%. O ex-governador, entretanto, negou a possibilidade de disputar novamente o cargo e desconversou sobre candidatura à Prefeitura de São Paulo no próximo ano, sem descartar a hipótese.

Ontem, em uma palestra sobre a conjuntura brasileira em São Paulo, organizada pelo Centro de Integração Empresa Escola (Ciee), Alckmin animou-se ao comentar a pesquisa, positiva para o PSDB. Ele destacou que não disputará com Aécio e Serra pela vaga. "Vamos trabalhar para unir o partido. Não me coloco como candidato", disse. Para ele, a antecipação do debate eleitoral só foi feita porque o governo "não tem projetos". Sobre a eleição de 2008 e a possibilidade de disputar o governo paulista em 2010, limitou-se a um "tudo tem seu tempo". "Não tenho nenhuma decisão quanto a ser candidato. Nem a prefeito, nem a presidente. Também não acho que tem de ser decidido agora".

Enquanto o Legislativo não faz...

Da Folha de S. Paulo desta quarta-feira (17):

TSE decide que fidelidade vale para todos os cargos

"O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu estender a senadores, governadores, prefeitos e presidente da República a regra da fidelidade partidária de deputados e vereadores, pela qual quem troca de partido após as eleições perde o mandato. A decisão teve apoio unânime dos sete ministros.

Ao confirmar deliberação anterior do TSE contra o troca-troca na Câmara, no último dia 4, o STF (Supremo Tribunal Federal) abriu o caminho para a aplicação desse entendimento a todos os políticos, porque ressaltou a importância do partido para todas as candidaturas, tanto no sistema proporcional quanto no majoritário.

Ontem, os ministros do TSE deixaram em aberto a data a partir da qual essa decisão será válida. Ela poderá ser fixada pelo próprio TSE, na próxima semana, quando irá aprovar a resolução que definirá o rito dos processos de perda do mandato contra cada político, que irão tramitar na Justiça Eleitoral. Há duas possibilidades para a definição da data: ontem ou 27 de março". Leia mais (para assinantes da Folha/UOL).

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Uma bela música para o seu dia

"A música é o remédio da alma triste." (Walter Haddon)

Clique aqui e ouça: Valsa Fascinação

Não é golpismo

"Uma ampla reforma é essencial para a superação da atual crise de representatividade, legitimidade e funcionalidade de nosso sistema político-eleitoral. Diante das dificuldades do Congresso para realizar mudanças significativas, uma das saídas é uma Constituinte específica e soberana, exclusivamente para tratar da reforma política.

O PT defende a convocação de um plebiscito sobre a necessidade ou não da Constituinte exclusiva, via projeto de iniciativa popular, que precisa de pelo menos um milhão de assinaturas. A coleta de assinaturas começa no dia 2 de dezembro, no primeiro turno do Processo de Eleições Diretas do PT".

O trecho acima é do artigo publicado no site do PT nacional de autoria de Luis Sérgio lider do PT na Câmara dos deputados. Recomendo a sua leitura. Clique aqui e leia-o

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Pedágios de São Paulo reajustados em 204%

Os baixos preços de pedágios obtidos na concessão feita pelo governo Lula no último dia 9 de outubro de sete trechos de rodovias federais realçou o absurdo dos valores dos pedágios paulistas.

"O Estado de São Paulo ao onerar as tarifas de pedágio está aumentado o custo Brasil e custo de vida para todos os brasileiros a maioria das cargas passa pelo Brasil", apontou o líder do PT Simão Pedro, que protocolou no dia 11/10, no Tribunal de Contas do Estado, pedido de uma auditoria especial e a repactuação dos contratos firmados e a anulação de aditamentos ocorridos no final do ano passado.

No período 1995-2006 os pedágios das rodovias federais tiveram aumento de 45% em média acima da inflação, segundo o Ipea tomando como comparativo o IPC-Fipe. No período de julho de 1994 a julho de 2006 em São Paulo os pedágios tiveram reajuste de 204% acima da inflação. A diferença resulta do indexador utilizado para reajuste das tarifas, enquanto em São Paulo, a tarifa indexada ao IGP-M, que sofre grande impacto da variação do dólar, nos primeiros pedágios federais, como na Dutra, o reajuste é feito em função de uma cesta de bens rodoviários. Leia mais.

Seminário sobre o PAC da Habitação em SP

Do Boletim PT Câmara SP:

Seminário debate investimentos federais para habitação em SP

Na próxima segunda-feira (22), as bancadas de vereadores e deputados estaduais do PT/SP promovem um seminário sobre o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Habitação. O seminário vai debater os investimentos no setor que o governo federal está fazendo em São Paulo.

Além dos parlamentares do PT, o evento terá a participação de Inês Magalhães, titular da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades. Foram convidados para debater o assunto os secretários estadual e municipal de habitação, lideranças de movimentos sociais e entidades empresariais.

O seminário será realizado na Câmara Municipal, no plenário 1º de Maio.

Rei está nu

Recomendo a leitura da matéria sobre o ranking dos salários dos professores em nosso país publicado pelo jornal Folha de São Paulo. Segue um resumo do excelente quadro comparativo que o citado jornal publica hoje (15):

”Os professores em início de carreira da rede estadual paulista recebem salário 39% menor do que os do Acre. Enquanto um docente com formação superior e piso inicial de São Paulo ganha R$ 8,05 por hora, o colega acreano recebe R$ 13,16. Se levado em conta que o custo de vida lá é menor, a diferença aumenta para 60%.

O ranking dos salários do país mostra que o Acre lidera a lista dos Estados que pagam melhor seus professores em início de carreira, seguido por Roraima, Tocantins, Alagoas e Mato Grosso. São Paulo vem em oitavo lugar, apesar de ter o maior Orçamento do país. Pernambuco tem o pior salário.

O salário um pouco melhor no Acre começa a dar resultado. Prova disso pode ser a análise do Saeb (exame do MEC que avalia estudantes), divulgada em fevereiro. Na comparação entre 2003 e 2005, o Acre foi onde às médias dos alunos de 4ª série mais evoluíram. Em português, houve aumento de 13,8 pontos (de 156,2 para 170). Já São Paulo melhorou 1,1 ponto (de 176,8 para 177,9).

Em São Paulo, a situação se agrava se levado em conta o custo de vida. Um professor que trabalha 120 horas por mês (30 por semana) tem salário de R$ 966 e consegue comprar 4,9 cestas básicas. Já o do Acre recebe R$ 1.580 e compra 12,6. Ou seja, a diferença do salário/ poder de compra chega a 60%”. Assinantes leia mais.

Meu comentário: Há 12 anos governando o Estado de São Paulo os tucanos não foram capazes de sequer amenizar o caos que reina em nosso estado em matéria de educação. O item salário, em que pese sua destacada importância, é apenas um elemento dentre outros tantos que se somam para a situação de calamidade do ensino em nosso estado. O PSDB paulista não pode argumentar falta de tempo para justificar sua incompetência de gestão e de metodologia em matéria de ensino público.

Meus parabéns à repórter Daniela Tófoli que assina a matéria acima. Belo trabalho!

domingo, 14 de outubro de 2007

Eleições na Argentina

BUENOS AIRES, 14 Out 2007 (AFP) - A primeira-dama Cristina Fernández irá suceder seu marido, Néstor Kirchner, na presidência argentina, ganhando no primeiro turno, de acordo com seis pesquisas de opinião publicadas pela imprensa de Buenos Aires neste domingo, a 14 dias das eleições gerais.

As sondagens foram feitas por Carlos Fara e Associados (dando 46,4% das preferências para a candidata da situação), por Ricardo Rouvier & Associados (44,2%), por Opinión Autenticada (36,8%) e pela Universidade Aberta Interamericana (37,2%). Leia mais.

Fidel "ao vivo"

Do portal UOL

"Fidel Castro conversou "ao vivo" neste domingo (14) com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, no programa "Alô, Presidente", apresentado por este último semanalmente, e que foi transmitido excepcionalmente pela televisão cubana, direto de Santa Clara, cidade em que estão os restos mortais de Che Guevara.

Fidel afirmou que ficou emocionado ao ver Chávez no início do programa, quando o colega venezuelano cantou uma música "diante dos restos mortais de Che e seus companheiros" no túmulo em Santa Clara". Leia mais.

Até os bombeiros sofre com os tucanos em SP

Do Jornal da Tarde hoje (14)

"Os bombeiros sempre são vistos como heróis, mas a população desconhece o que eles têm de improvisar para salvar vidas, combater incêndios e cumprir as demais tarefas. O JT visitou unidades do Corpo de Bombeiros em todas as regiões da Capital. As principais reclamações são quanto à falta e manutenção de viaturas, além de excesso de trabalho, salário baixo, além de falta de materiais básicos de primeiros socorros.

“Uso sempre esta frase: ‘o bombeiro é o profissional que ajuda a família dos outros e não consegue salvar a família dele porque não recebe um salário digno’. Porque o bombeiro que hoje trabalha na rua tem que trabalhar na raça, a tropa está abandonada pelo comando”, disse o presidente da Associação Desportiva dos Bombeiros, Antonio Carlos Alves". Leia mais.

Uma bancada de ‘mortos muito vivos’

Do Jornal da Tarde hoje (14)

"Alçado à (má) fama após ser apontado como “espião” de Renan Calheiros (PMDB-AL), o ex-senador Francisco Escórcio, o Chiquinho, integra bancada dos “mortos muito vivos”. São ex-parlamentares que, demitidos pelas urnas, arranjaram uma ‘boquinha’ e perambulam pelo Congresso. “Parecem almas penadas andando por aí”, diz o líder do PMDB no Senado, Valdir Raupp.

Um dos mais antigos dessa ‘bancada’ é o ex-deputado Nilson Gibson (PSB-PE), 72 anos, lotado na assessoria técnica da Diretoria da Câmara, com salário de R$ 8,7 mil. “Trabalho porque preciso de dinheiro para me sustentar”, diz.

Outro que arrumou emprego na Câmara depois de perder as eleições foi o ex-deputado Moroni Torgan (DEM-CE). Ex-delegado da Polícia Federal, ele ganha salário de R$ 8,7 mil dando consultoria ao DEM, na área de segurança". Leia mais.

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Dicas de Shows

GRUPO TARANCÓN Tocando pela primeira vez no palco do Magnólia, o grupo foca seu repertório em clássicos da música popular latino-americana, dos folclóricos aos mais dançantes. 90 min. 18 anos. Magnólia Villa Bar (r. Marco Aurélio, 884, Vila Romana, região oeste, tel. 3463-4994). 152 lugares. 22h. Couv. art.: R$ 10.

MERCEDES SOSA Via Funchal. 21h30. Ingr.: R$ 60 a R$ 160 (p/ estudantes: R$ 30 a R$ 80).

LADYFEST Dentro da programação do CCJ Independente, evento promovido pelo Centro Cultural da Juventude que busca reunir artistas independentes, as meninas dominam o palco na Ladyfest. A cantora Tiê, com seu ar retrô e pitadas de Bowie e Tom Waits, merece atenção. Comma, Las Juliettes e Cínica também tocam. 3h. www.centrodajuventude. prefeitura.sp.gov.br. Centro Cultural da Juventude - anfiteatro (av. Dep. Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha, região norte, tel. 3984-2466). 300 lugares. Sex. (dia 12): 16h30. Retirar ingr. c/ uma hora de antecedência

BOCATO Ao lado de sua banda, o trombonista percorre sua trajetória musical, mesclando composições inéditas com o repertório dos CDs "Samba de Zamba", "Bem Dito", "Acid de Samba" e "Antologia da Canção Brasileira Vol. 1". Diquinta (r. Baumann, 1.435, Vila Leopoldina, região oeste, tel. 5506-0100). 400 lugares. 24h e 2h. Ingr.: R$ 20 (mulher) e R$ 30 (homem). Há desc. c/ nome na lista. CC: M e V. Valet (R$ 12)

JOÃO TEIXEIRA O filho de Renato Teixeira seguiu o pai na paixão pelo folk, mas escolheu para o próprio repertório acordes bem mais psicodélicos, e chega a lembrar bandas como Neutral Milk Hotel e Of Montreal. 60 min. 18 anos. Funhouse (r. Bela Cintra, 567, Consolação, região central, tel. 3259-3793). 200 lugares. 1h. Ingr.: R$ 10 (mulher) e R$ 15 (homem).

A reprovação continuada dos tucanos

Do jornal Folha de São Paulo hoje (12)

"Dados do Saresp (sistema de avaliação da rede estadual de ensino) 2005 divulgados pela Secretaria de Estado da Educação revelam que 36,6% dos alunos que terminam a primeira série do ensino fundamental na cidade de São Paulo não sabem ler e escrever. Na segunda série, o índice é de 18,1%. Foram avaliados 180.887 alunos de primeira e segunda séries da rede estadual da cidade.

Para efetuar a análise, o Saresp usou o método de "correspondência sonora alfabética" -ouvir uma palavra e conseguir escrevê-la corretamente.

O quadro, considerado "alarmante" pela secretaria, faz parte do estudo que orienta o programa que o governo inicia neste semestre para tentar melhorar os índices de desempenho.

No início da noite de ontem, quando a Folha teve acesso aos dados, não havia ninguém para comentar o resultado, segundo a Secretaria de Educação". Assinantes leia mais.

Meu comentário: Aqui no estado de São Paulo as crianças não aprendem porque os profissionais da educação não são valorizados: salários baixos; salas super lotadas, ausência de política para reciclagem dos professores e falta de segurança nas escolas, são ingredientes que integram o cotidiano da rede de ensino. Tudo isso, somado a incompetência de gestão, tem como resultado a profunda degradação do ensino público no estado.

Já é hora dos tucanos que governam o Estado de São Paulo há 13 anos fazerem autocrítica de sua política educacional. É hora de mudar.

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

2 filmes para o feriado

Por Celina Sales

HAPPY FEET: O PINGÜIM (Happy Feet, Austrália/ EUA, 2006)

Sinopse:

Ganhador do Oscar de Animação deste ano, esta superprodução australiana abusa da tecnologia para retratar uma trama que se passa na Antártica. No mundo dos pingüins, os melhores cantores arrumam as melhores parceiras na hora do acasalamento. Mano (voz de Daniel de Oliveira na versão nacional) é um pingüim que nasceu sem a habilidade vocal, mas não desiste da dança do acasalamento. Sua habilidade, o sapateado, é reforçada ao conhecer um grupo de pingüins liderado por Amoroso. Vozes na versão original de Hugh Jackman, Nicole Kidman, Robin Williams e Elijah Wood. ( www.cineclick.com.br

Elenco: Vozes na versão original de: Carlos Alazraqui, Denise Blasor, Elizabeth Daily, Sonje Fortag, Khamani Griffin, Hugh Jackman, Nicole Kidman, Robin Williams, Elijah Wood, Brittany Murphy. Vozes na versão em português de Daniel de Oliveira e Sidney Magal.

----------------------------------------------------------------------------

ANJOS DA VIDA - MAIS BRAVOS QUE O MAR (The Guardian, EUA, 2006)

Sinopse:

Dirigida por Andrew Davis (Efeito Colateral), a grandiosa produção foca os profissionais da Guarda Costeira, cuja ação tornou-se notória mundialmente após a tragédia do furacão Katrina, que arrasou a cidade de Nova Orleans em agosto de 2005. A ação do filme é centrada em Ben Randall (Kevin Costner) e Jake Fischer (Ashton Kutcher). O primeiro é um veterano nadador da Guarda Costeira; o segundo é um arrogante candidato a nadador na Escola de Elite da Guarda Costeira no Estado de Louisiana ( www.cineclick.com.br)

Elenco: Jay Bingham, Benny Ciaramello, Kevin Costner, Shelby Fenner, Peter Gail, Ashton Kutcher, Damon Lipari, Neal McDonough, Scott Mueller.

Bom feriado!!!!

6 candidatos concorrem à presidência do PT/SP

O PT paulista está a todo vapor na preparação do processo eleitoral que pode levar às urnas 213 mil filiados aptos a votar no Estado. Os militantes escolherão, em dezembro, as direções partidárias em todos os níveis - zonal, municipal, estadual e nacional.

Seis candidatos concorrem à presidência do Diretório Estadual. São eles:
- José Zico Prado
- Edinho Silva
- Angélica Fernandes
- Pedro Alem Santinho
- Misa Boito
- Renato Simões

Um pouco de Edu Lobo

Filho do compositor Fernando Lobo, foi criado no Rio de Janeiro e na casa dos tios, em Recife, PE, onde passava as férias escolares. Seu primeiro instrumento foi o acordeon, que estudou dos oito aos 14 anos. Fez os cursos ginasial e colegial no Colégio Santo Inácio, e por essa época já tentava algumas composições.

Na PUC cursou Direito até o terceiro ano.

Clique aqui e ouça Vento Bravo (Edu Lobo)

A disputa para o Diretório Municipal do PT

Do Boletim PT Câmara SP:

PED 2007: quatro candidatos disputam presidência do PT/SP

Quatro candidatos – sendo dois vereadores – concorrem à presidência do Diretório Municipal do PT/SP no Processo de Eleições Diretas. O primeiro turno do PED está marcado para o dia 2 de dezembro.

Os candidatos a presidente são Bárbara Corrales, Fernando Ó Veloso, e os vereadores Chico Macena e José Américo.

Também estão inscritas para a disputa do DM seis chapas: A Esperança é Vermelha, Militante e Socialista; Movimento e Luta; Novo Rumo; Partido de Lutas e de Massas; Reconstrução; Terra, Trabalho e Soberania; e Um Partido Democrático e Socialista.

Indenização para filhas de Vinícius de Moraes

Do Estadão de hoje (11)

As três filhas do poeta, compositor e diplomata Vinícius de Moraes conseguiram direito de indenização contra a União por danos morais em razão da perseguição política que seu pai sofreu no final dos anos 1960. Segundo o site do Tribunal de Justiça do Rio, a decisão unânime da 6ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região confirma a medida proferida em primeiro grau e concede ainda a indenização de R$ 50 mil para cada uma delas. Leia mais.

Prefeito não prioriza revitalização do centro de SP

Do Jornal da Tarde, hoje (11):

"A proposta de Orçamento da Prefeitura para 2008, enviada por Gilberto Kassab (DEM) à Câmara Municipal, reserva menos verbas para o programa Ação Centro, que prevê obras, restauração de edifícios e estímulo à atividade econômica na região central da Capital. Em 2007, 11 dotações do programa têm previstos R$ 277 milhões - eram R$ 290 milhões no início do ano. Desse total, foram liquidados (quando a Prefeitura reconhece que o serviço foi feito) R$ 11,7 milhões, ou cerca de 4% dos R$ 277 milhões. Para 2008, o orçamento é de R$ 213 milhões, 23% menos que o orçamento atualizado deste ano". Leia mais.

Sobre o rodízio de automóveis em SP

Do Jornal da Tarde:

"Há 12 anos essa notícia seria improvável. Mas o caos no trânsito da Cidade chegou a tal ponto que o paulistano começou a pensar diferente. Divulgada ontem, a pesquisa do Movimento Nossa São Paulo sobre mobilidade na Capital mostra que boa parte da população 'está de bem' com o rodízio de automóveis, tanto que 41% já concordaria em ampliá-lo para dois dias.

Para o presidente do movimento, Oded Grajew, é uma prova de que os paulistanos estão mais conscientes em relação aos problemas da Cidade. 'As pessoas estão se dando conta de que essa situação é suicida e precisa mudar', disse. 'Ficamos surpresos com esse número".'Leia mais.

Pergunta do BLOG: Você concorda com a ampliação do rodízio de automóveis em São Paulo? Envie seu comentário.

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Isso é que é submissão!!

Do jornal Folha de São Paulo hoje (10)

O deputado federal Paulo Renato (PSDB-SP) submeteu à apreciação da presidência do banco Bradesco um texto assinado por ele e enviado anteontem à Folha para publicação. No artigo, ainda inédito, o deputado critica a intenção do governo federal de passar o Besc (Banco do Estado de Santa Catarina) para o controle do Banco do Brasil.

O texto foi enviado ao jornal por e-mail. Por engano, o corpo da mensagem trouxe uma correspondência eletrônica anterior, na qual o parlamentar escrevera ao presidente do Bradesco, Márcio Cypriano: "Em anexo, vai o artigo revisto. Procurei colocá-lo dentro dos limites do espaço da Folha. Por favor, veja se está correto e se você concorda, ou tem alguma observação. Muito obrigado, Paulo Renato Souza". Assinantes leia mais.

Orçamento com viés político-eleitoreiro

Da Folha de S. Paulo, hoje:

Serra tira verbas de programas criados na gestão de Alckmin

"No primeiro orçamento produzido em sua gestão, o governador de São Paulo, José Serra, emagreceu programas que foram vedetes do governo Alckmin, segundo levantamento apresentado pelo PT. Em 2008, o programa "Escola da Família" sofrerá, por exemplo, uma redução de 47,99%, passando de R$ 218 milhões para R$ 113,4 milhões.
Contemplado com R$ 62,6 milhões em 2007, o "Escola de Tempo Integral" não conta com dotação para o ano que vem. Outro destaque de Alckmin, o "Escola do Saber" passará de R$ 212,9 milhões deste ano para R$ 111 milhões em 2008. Leia mais (para assinantes da Folha/UOL).

Belo poema

A VIDA

A vida é uma oportunidade, aproveita-a.
A vida é beleza, admira-a.
A vida é beatificação, saborei-a.
A vida é sonho, torna-o realidade.
A vida é um desafio, enfrenta-o.
A vida é um dever, cumpre-o.
A vida é um jogo, joga-o.
A vida é preciosa, cuida-a.
A vida é riqueza, conserva-a.
A vida é amor, goza-a.
A vida é um mistério, desvela-o.
A vida é promessa, cumpre-a.
A vida é tristeza, supera-a.
A vida é um hino, canta-o.
A vida é um combate, aceita-o.
A vida é tragédia, domina-a.
A vida é aventura, afronta-a.
A vida é felicidade, merece-a.
A vida é a VIDA, defende-a.

Vale a pena acessar

Clique aqui e ouça Love Story

Uso do computador cresce 22%

O Brasil foi o país que registrou o maior aumento no uso de computadores entre 2002 e 2007, superando o crescimento em 35 países, inclusive Estados Unidos. Os dados foram divulgados pelo Pew Institute Research, dos EUA, depois de uma pesquisa global com mil entrevistados. O número de brasileiros com acesso à tecnologia subiu de 22% para 44%. Leia mais.

Serra eleva gasto com assessores

Do Jornal da Tarde hoje (10)

O gasto da equipe estratégica ligada diretamente ao governador José Serra (PSDB) deve aumentar 36% no próximo ano. Em 2007, o órgão que centraliza departamentos mais próximos do tucano, a Casa Civil, tem orçamento para pessoal de R$ 59 milhões. Para 2008, Serra compartimentou a estrutura, dividindo-a entre Secretarias de Gestão Pública, Comunicação e Relações Institucionais - já criadas no início do ano, mas que não constavam no Orçamento atual. Para o conjunto, prevê R$ 80 milhões de despesas.

Em ano eleitoral nos municípios, a previsão de gastos de Serra em fretamento de aeronaves para 2008 também chama atenção. Cresceu 156% em relação ao atual exercício. O item 4637 da proposta de Orçamento elaborada pelo tucano sugere que R$ 4,1 milhões serão investidos em aluguel de jatos particulares e ações relacionadas às viagens que o chefe do Executivo fará pelo Estado. Neste ano, o valor da mesma rubrica ficou em R$ 1,6 milhão. Leia mais.

Meu comentário: Este é chamado "choque de gestão" que os tucanos fazem no Estado de São Paulo: tiram das áreas sociais e aumentam o investimento em mordomias, propaganda e outros quesitos eleitoreiros.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Título de Cidadão para o Bispo Dom Joaquim


Aprovei na tarde desta terça-feira (9) o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) que concede o Título de Cidadão Paulistano a Dom Joaquim Justino Carreira (foto ao lado), Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo da região de Santana, zona norte. O religioso católico é natural da cidade de Santa Catarina da Serra, Portugal.

SOBRE A IMPORTÂNCIA DOS PDLs - A Câmara Municipal tem um instrumento chamado Projeto de Decreto Legislativo (PDL), pelo qual o vereador concede honrarias a pessoas que nasceram em outras cidades ou países, mas que prestaram relevantes serviços à Capital. As mais importantes honrarias concedidas pelo Poder Legislativo são o Título de Cidadão Paulistano, a Medalha Anchieta e a Salva de Prata.

Como vereador, procuro não banalizar a concessão de homenagens via PDL. Meu intuito é sempre conceder essas honrarias a pessoas que dedicaram sua vida à cidade de São Paulo.

Diretório Municipal do PT vai requerer mandato

O Diretório Municipal do PT de São Paulo decidiu na noite de ontem (8) requerer na Justiça Eleitoral o mandato da vereadora Soninha Francine - seguindo decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de que o mandato pertence ao partido e não ao eleito. Nesse caso, os parlamentares que mudaram de legenda podem ter seus mandatos devolvidos aos partidos que os elegeram.

A vereadora Soninha obteve pouco mais de 50 mil votos na eleição de 2004, enquanto que o coeficiente eleitoral para o partido obter uma cadeira na Câmara Municipal naquele pleito foi superior a 108 mil votos. Desse modo, ela não estaria eleita se não fosse a votação obtida pelo PT.

Além disso, um dos requisitos para ser candidato a vereador pelo PT - somado aos estabelecidos na legislação eleitoral - é a assinatura de uma carta-compromisso programático e de fidelidade partidária.

O Diretório Municipal não está fazendo mais do que o que determinou o STF e o que dispõem os estatutos do PT - nesse caso a lei à qual todos os filiados devem obediência.